Jogos Escolares Brasileiros voltam à Brasília depois de 19 anos

Publicado em 27/10/2023

Categorias:

Por: Bê Viana e Mariana de Sá

Edição de 2023 dos Jogos Escolares Brasileiros – Os JEB’s marcam o retorno da maior competição escolar do País na capital federal, após intervalo de 19 anos. A competição será realizada entre os dias 26 de outubro e 9 de novembro e reunirá mais de 5 mil estudantes-atletas, com idades entre 12 e 14 anos, vindos de todos os Estados e promete ser uma edição histórica e repleta de trocas de experiências.

Mayna Nascimento / CBDE

A grande festa do desporto escolar nacional contará com 18 modalidades confirmadas, incluindo uma paradesportiva, além de duas modalidades de demonstração, esgrima e curling. Confirmando a grandiosidade das competições, os Jogos contarão com 19 subsedes, todas em Brasília (confira as listas de modalidades e sedes abaixo).

“A equipe CBDE está aqui em Brasília, nos últimos ajustes para recebermos as delegações dos 26 estados e o Distrito Federal que estarão visitando a capital federal para a realização dos jogos escolares brasileiro, uma competição esportiva educacional, que envolve estudantes, atletas de 12 e 14 anos”. Ressaltou o presidente da CBDE, Antônio Hora Filho.

Antônio Hora comentou também sobre alguns dos pilares de que sustentam a CBDE e norteiam as competições esportivas educacionais, como equidade de gêneros e a participação integral de todos os Estados.

“Os JEB’s são uns dos únicos eventos mundiais que conseguem manter uma igualdade de número de competidores entre os gêneros masculino e feminino, por uma política implementada pela CBDE e segue sendo um dos nossos pilares. Outro ponto estratégico que valorizamos é a garantia da participação de todos os Estados do Brasil, com custeio dos deslocamentos interestaduais para aqueles Estados que estavam com dificuldade”, complementou Antônio Hora Filho.

A última edição dos JEB’s foi realizada no Parque Olímpico da cidade do Rio de Janeiro, em outubro de 2022. Na ocasião, mais de 5 mil e 600 estudantes-atletas estiveram presentes na maior edição da competição, quando foram distribuídos mais de 2 mil medalhas e 195 troféus. O torneio contou com 469 árbitros e 353 voluntários.

Intercâmbio Cultural

Como já é tradição nos eventos realizados pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar – CBDE, os JEB’s 2023 contarão com diversas atividades diárias, que vão além das competições poliesportivas. Visam ampliar a integração e intercambio culturais, entre as delegações.

Uma das atividades fora das quadras de maior sucesso nos JEB’s é a Noite dos Estados, marcada para 4 de novembro, em que todas as delegações se reúnem em um momento de descontração e socialização. No evento, os estudantes-atletas apresentam a diversidade de suas culturas e trocam experiências, gerando grandes interações culturais.

A programação conta ainda com Cerimônia de Abertura, Momento JEB’s, atividades diárias no Centro de Convivência, Turismo Educacional e Cultural e Programação Educacional.

“É sempre uma honra fazer com que novas gerações de atletas tenham essa oportunidade ímpar, não apenas de participar de uma competição de alto nível, de excelência, mas também de terem a oportunidade de conhecer novas cidades, de trocar experiências e culturas com garotos e garotas de todas as partes do Brasil”, reforçou o presidente da CBDE, Antônio Hora.    Mayna Nascimento / CBDE

Competição.

Com o intuito de valorizar o desenvolvimento esportivo de todas as delegações, os JEB’s contam com quatro séries de disputas em cada modalidade (ouro, prata, bronze e cobre), com classificação e distribuição de medalhas em cada série. Com isso, após as primeiras rodadas, são definidas as divisões e os torneios continuam competitivos para todas as delegações, até o último dia.

“Nossa forma de disputa proporciona que todos os competidores iniciem a competição em igualdade de condições e nas fases seguintes, com o desenrolar da competição, a gente possa separar por nível de desempenho técnico. A ideia é fazer com que crianças consigam renovar a motivação dentro da própria competição. De tal forma, que o competidor participa de forma ativa até o último dia que ele permaneça na cidade”, ressaltou Antônio Hora.

O presidente da CBDE destacou a importância do apoio dos parceiros para a realização dos JEB’s, “o evento esportivo mais democrático do Brasil.”

“Estamos muito felizes em contarmos com o apoio do Governo Federal, Ministério do Esporte, Governo do Distrito Federal – Secretaria de Esporte e Lazer, além de contarmos com o apoio da empresa Vale, através de um projeto da lei de Incentivo ao Esporte. Agradeço também a todos os colaboradores e apoiadores. Aguardamos todos aqui, de braços abertos, para mais um evento histórico”.

Os Jogos Escolares Brasileiros são uma realização da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), com patrocínio da Fundação Vale – Lei de Incentivo ao Esporte e apoio do Governo Federal; Secretaria de Esporte e lazer do Distrito Federal; Secretaria de Turismo do Distrito Federal; Ministério do Esporte.

Modalidades:

Atletismo, Atletismo Adaptado, Badminton, Basquete, Ciclismo, Futsal, Ginástica Artística, Ginástica Rítmica, Handebol, Judô, Karatê, Natação, Taekwondo, Tênis de Mesa, Vôlei, Vôlei de Praia, Wrestling e Xadrez.
Modalidades Demonstrativas: Curling e Esgrima

Sedes:

Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB); Associação dos Empregados da Ceb (ASCEB); Associação dos Servidores do Banco Central (ASBAC); Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal (APCEF); Associação dos Servidores da Câmara dos Deputados (ASCADE); Centro Olímpico (Samambaia); Centro Integrado de Ed. Física (CIEF); Centro de Convenções Ulisses Guimarães; Clube Vizinhança (Asa Sul); Clube dos Subtenentes e Sargentos do Exército Brasileiro  (CSSEB); Colégio Fátima; Colégio Marista (Asa Sul Maristão); Colégio Marista (Asa Sul Maristinha); Colégio Mackenzie; Comando Militar do Planalto (CMP); Ginásio poliesportivo Cruzeiro Novo; Instituto Federal de Brasília (IFB); Parque da Cidade; Associação dos Servidores da Eletronorte ( ASEEL); Universidade de Brasília – Centro Olímpico (UnB).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo