Começa no Rio de Janeiro o Mundial ISF de Natação

Rio de Janeiro – O mal tempo que deixou a cidade maravilhosa acinzentada nos últimos dias deu lugar a um típico sol carioca que fez a temperatura subir nas águas do Parque Aquático Maria Lenk. Promovido pela Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF) e pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), o Mundial ISF de Natação recebe estudantes de várias nacionalidades para a sua disputa no Rio de Janeiro. Essa é a primeira vez que o Brasil sedia um campeonato internacional escolar desta modalidade. A última edição foi realizada em 2017 na cidade de Budapeste, na Hungria.

Na manhã desta segunda (20), tivemos oficialmente o início da competição. E na primeira série dos 100 metros livres, na categoria “escola”, estreava a atleta brasileira Sofia Rondel que saiu da piscina feliz com a sua exibição. “Fui muito bem na fase classificatória e agora vou me preparar para disputar os próximos desafios”. Logo em seguida, foi a vez da estudante Marcella Queiroz disputar a quarta série também dos 100 livres. A atleta brasileira ficou na segunda posição garantindo assim a vaga para disputar a medalha hoje à tarde.

Ainda nos 100 metros livres também na categoria “escola”, o brasileiro João Vitor Serrano revelou a emoção de representar o Brasil em uma competição internacional. Emocionado, o nadador que garantiu o tempo de 53.66, disse que independente dos resultados na piscina estar aqui é um sonho que o motiva a continuar treinando para poder melhorar seus índices pessoais.

Nos 100 metros costas a atleta Fernanda Celidônio terminou a série em primeiro lugar na fase classificatória. Na última Gymnasiade, na cidade de Casablanca, no Marrocos, a brasileira não conquistou medalhas, retrospecto que pretende mudar no Mundial do Brasil. “Fiquei na quarta posição na Gymnasiade, mas não desisti. Continuei treinando, me classifiquei para o Mundial aqui do Rio e estou pronta para fazer as minhas melhores marcas e quem sabe assim, garantir um lugar o pódio”, sentenciou.

Acompanhada pela torcida que gritava seu nome no Maria Lenk, a brasileira Julia Goes finalizou a 3ª série dos 100 metros costas em primeiro lugar. Com isso, segue para as finais de hoje à tarde com a expectativa de garantir um lugar de destaque na competição. Posição igual a do atleta Pedro Motta que disputou a mesma prova e também garantiu o primeiro lugar pela seleção masculina.

Nos 50 metros peito o brasileiro Nicolas de Souza conquistou o primeiro lugar na 4ª série da prova. Feliz com o resultado, vai disputar a medalha com a expectativa de subir ao pódio. “Quero ter a chance de ganhar uma medalha e ouvir o hino do Brasil”, revelou.

Clique AQUI e confira o balizamento completo das finais A e B de hoje.

Ascom – Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira do Desporto Escolar

Foto: Cláudio Franco

Brasil recebe vice-prefeito de Jin Jiang

Rio de Janeiro – O intercâmbio cultural e de conhecimentos é um dos principais trunfos proporcionado pelo esporte. Prova disso, é a vinda do vice-prefeito de Jin Jiang, na China, Wang Haifei, ao Rio de Janeiro para acompanhar a 13ª edição do Campeonato Mundial Escolar de Natação.
Jin Jiang será sede da próxima Gymnasiade, maior evento de esporte escolar do mundo, que acontecerá em 2020. A visita à cidade carioca, de acordo com o vice-prefeito, se deve à experiência do Brasil em eventos mundiais, como as Olimpíadas Rio 2016, a Copa do Mundo e agora o Mundial de Natação.

Wang foi recebido pelo vice-presidente da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), Robson Aguiar, que fez um passeio pelo Parque Aquático Maria Lenk, onde será realizado a competição. “Para nós é uma honra receber o vice-prefeito e poder mostrar o trabalho que temos feito no Brasil no que se refere à realização de eventos de grande porte. Pude conhecer Jin Jiang e tenho certeza de que a cidade também fará um magnífico evento da Gymnasiade”, ressaltou Aguiar.

Dia de treinos e reunião

Neste domingo (19), aconteceu a reunião técnica com a participação de todos os chefes das 17 delegações, junto à comissão técnica da Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF) e da CBDE. O dia também foi de treino para as equipes, que puderam fazer um melhor reconhecimento da piscina.

As provas terão início nesta segunda (20), com as classificatórias pela manhã e finais à tarde. A cerimônia de abertura será realizada às 14h, com entrada gratuita.

Sobre o evento

A 13ª edição do Campeonato Mundial Escolar de Natação é promovida pela Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF) e pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE). Cerca de 400 atletas, de 17 países, estarão na disputa pelos primeiros lugares do pódio.

Ascom – Confederação Brasileira do Desporto Escolar
Foto: Claudio Castro

Brasil recebe o Mundial Escolar de Natação

Rio de Janeiro – A cidade maravilhosa recebe a partir deste domingo (19), a 13ª edição do Campeonato Mundial Escolar de Natação, evento promovido pela Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF) e pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE). Cerca de 400 atletas, de 17 países, com idades entre 15 e 18 anos, estarão na disputa pelo primeiro lugar do pódio no Parque Aquático Maria Lenk, palco da natação nacional.

Neste sábado (18), as delegações já fizeram o treino de reconhecimento da piscina. Na parte da manhã deste domingo (19), será a vez da reunião técnica geral e na parte da tarde acontece a cerimônia de abertura. As competições serão realizadas entre os dias 20 e 21 e já contarão com premiações na sequência.

Embora sejam um dos favoritos à conquista do ouro, os atletas dos Estados Unidos, consideram que será uma competição difícil, conforme ressalta a atleta americana Harley Luvender. “Eu penso que será uma competição difícil. Há muitos atletas mais experientes do que eu, além disso, é a primeira vez que saio do meu país. Espero fazer uma boa prova”, destacou Harley.

Lance Freiman está mais confiante. “Tenho treinado bastante há alguns meses e estou muito feliz em representar os Estados Unidos. É uma grande responsabilidade em ser um dos favoritos, mas estou confiando que nosso time representará bem o nosso país”, ressaltou o atleta americano.

É primeira vez que o Brasil recebe uma competição como esta. A última edição, em 2017, aconteceu em Budapeste, na Hungria.

Países participantes

Alemanha, Bélgica, Brasil, Chile, China, China Taipei, Croácia, Emirados Árabes, Estados Unidos, França, Israel, Luxemburgo, Portugal, Romenia, República Checa, Sri Lanka e Turquia.

Ascom – Confederação Brasileira do Desporto Escolar
Foto: Cláudio Franco

Mundial ISF de Natação: estudantes irão competir nas águas do Maria Lenk

Brasília – Nascida em 15 de janeiro de 1915, a saudosa Maria Lenk jamais poderia imaginar que algumas décadas depois, se tornaria o maior nome da natação feminina do Brasil. Primeira brasileira a competir em uma Olimpíada, a de 1932, em Los Angeles, nos Estados Unidos, ao longo de sua história rompeu a barreira do preconceito, conquistou recordes mundiais e enquanto estava viva, jamais deixou de praticar o que mais gostava: a natação.

Mas quis o destino que em 2007, três meses após o anúncio de que um dos maiores ‘Parques Aquáticos’ do mundo levaria o seu nome, a mais importante estrela da natação brasileira falecesse. Mas o seu legado de conquistas e recordes continua até hoje incentivando a nova geração que sonha em seguir o seu caminho vitorioso no esporte.

Há 12 anos construído pela Prefeitura do Rio de Janeiro para sediar os Jogos Pan-Americanos, o Parque Aquático Maria Lenk até hoje é palco de grandes competições nacionais e internacionais, como o tradicional troféu que leva o nome de Maria Lenk, tido como um dos mais importantes torneios aquáticos do Brasil.

Repleto de histórias e conquistas, o principal palco da natação nacional abre suas portas para o Mundial Escolar da modalidade, evento promovido pelo Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF) e pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), que ocorre pela primeira vez no Brasil a partir de amanhã, com a chegada, credenciamento e o congresso técnico das delegações.

Capital Olímpica em 2016, a escolha do Rio de Janeiro como sede do Mundial Escolar de Natação comprova não só o prestígio internacional da CBDE, como a capacidade da Confederação em realizar grandes eventos esportivos.

Este ano, seguindo a previsão do nosso calendário, foram realizadas seis Seletivas Nacionais, entre as quais: futebol, basquete, orientação, natação, atletismo e, por último, combate games. O mesmo se aplica a participação do Brasil em torneios internacionais promovendo o esporte nas escolas fazendo com que sonhos se tornem realidade.

O Mundial ISF de Natação ocorre de amanhã (18), até a próxima quinta (23), com o retorno das delegações aos seus países de origem. A entrada no Parque Aquático Maria Lenk é franca e você é nosso super convidado a vir não só torcer, como incentivar os nossos competidores.

Jesus Filho
Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira do Desporto Escolar

Informações: +55: 061 99136-0090 / +55: 061 3967-7176
E-mail: imprensa@cbde.org.br
Endereço sede: Setor Bancário Norte, Quadra 2, Lote 12
Bloco F, Brasília – Distrito Federal

Tudo pronto para o início do Mundial ISF de Natação no Rio de Janeiro

Rio de Janeiro – Cercada por suas belezas naturais e pela simpatia de seu povo, a cidade conhecida em todo o mundo como maravilhosa recebe, a partir de amanhã, atletas escolares de diversas nacionalidades que desembarcam no Brasil para a disputa do Mundial Escolar de Natação.

Entre as cidades mais bonitas e visitadas do planeta, um dos pontos favoráveis para a escolha do Rio de Janeiro como palco do Mundial foi o legado que as Olimpíadas de 2016 deixaram para a cidade, como mobilidade urbana, hotelaria e, claro, a estrutura do complexo aquático Maria Lenk, que embora não tenha sido usado nos Jogos Olímpicos para as provas de natação, ainda sim é considerado o maior centro de referência aquática do mundo.

Promovido pela Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF) e pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), é a primeira vez que um Mundial ISF de Natação é realizado no Brasil. Parte disso em face do prestígio do Desporto Escolar Nacional que nos últimos anos tem tido um crescimento que não só incentiva o esporte nas escolas, como tem colecionado recordes de participantes, títulos e medalhas em competições nacionais e internacionais.

A escolha do Parque Aquático Maria Lenk como palco principal do Mundial revela a capacidade de gestão e o cuidado da CBDE para que os atletas possam competir em alto nível numa piscina que grandes campeões da modalidade um dia nadaram. Bem semelhante ao que se viu durante a etapa nacional, também disputada no Maria Lenk, que atraiu estudantes de todas as regiões do país em mais uma festa do Desporto Escolar.

O evento só começa oficialmente amanhã, com a chegada das delegações e o credenciamento, mas ontem, os primeiros competidores já desembarcaram no Brasil. A delegação dos Emirados Árabes aterrissou no Aeroporto Tom Jobim popularmente conhecido como Galeão e já está em solo brasileiro. Amanhã às demais equipes chegam, entre elas a dos Estados Unidos e também de Israel, duas reconhecidas potências da natação Mundial.

Você vai acompanhar a cobertura completa do Mundial ISF de Natação em todos os nossos canais de comunicação. As provas, que começam nesta segunda (20), serão transmitidas “ao vivo” através da fanpage da CBDE, no Facebook. A entrada no Parque Aquático Maria Lenk é franca e você é super convidado a vir torcer pelo Desporto Escolar Nacional.

Jesus Filho
Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira do Desporto Escolar

Informações: +55: 061 99136-0090 / +55: 061 3967-7176
E-mail: imprensa@cbde.org.br
Endereço sede: Setor Bancário Norte, Quadra 2, Lote 12
Bloco F, Brasília – Distrito Federal

Sucesso do Brasileiro Escolar de Natação repercute entre atletas e técnicos

Brasília Assim como o Cristo Redentor monumento conhecido em todo planeta por receber seus visitantes de braços abertos, o Rio de Janeiro assim o fez na maior edição já realizada em nosso país de um Brasileiro Escolar de Natação.

Entre os dias 21 e 24 de março, atletas escolares dos quatro cantos do Brasil se encontraram na cidade maravilhosa para flanar seus talentos nas águas históricas do Parque Aquático Maria Lenk, simplesmente o maior e melhor complexo aquático do Brasil.

O evento foi realizado pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), em parceria com a Federação de Esportes Estudantis do Rio (FEERJ) e atraiu, além dos alunos que disputavam na piscina as provas, pais, professores e técnicos que a cada braçada, das arquibancadas, incentivam aos gritos seus heróis.

Para o atleta Antonio Sabedotti, do Paraná, a expectativa para o anúncio dos alunos que irão representar o Brasil no Mundial gera uma ansiedade semelhante à vivida antes da estreia na etapa nacional. “Foi tudo lindo. Nadei motivado a melhorar minhas marcas e representar bem o meu Estado, minha escola e minha família. A CBDE está de parabéns por nos ter proporcionado algo nesse nível que só se vê lá fora”, destacou.

E o paraibano Vítor Souza ganhou literalmente um “presentão” ao estar no Rio. Feliz pela viagem e por ter a chance de participar do Brasileiro, o evento marcou sua vida não só pela qualidade apresentada a cada braçada, como também pelo fato dele ter completado 15 anos exatamente no dia em que esbanjava talento nas águas do Maria Lenk.

– Nem nos meus maiores sonhos pensei que um dia poderia estar aqui comemorando meu aniversário fazendo o que mais gosto, que é nadar. Felicidade é pouco para o que estou sentindo agora.

A estrutura oferecida durante o Brasileiro Escolar de Natação, contou com o legado deixado pelas Olimpíadas, tendo em vista que o Rio de Janeiro sediou os últimos jogos olímpicos em 2016. Embora não tenha sido utilizado para a “natação” na época, o Maria Lenk recebeu outras provas aquáticas além de, em 2007, ter sido palco dos Jogos Pan-Americanos.

O Mundial Escolar de Natação ocorre entre os dias 18 e 23 de maio no Brasil. E mais uma vez o Rio de Janeiro será palco de um evento que entrará para a história do Desporto Escolar Mundial. Mas enquanto a festa não começa, os coordenadores técnicos da natação fazem os últimos estudos para que se possam ser divulgados os nomes dos estudantes que estarão no Mundial em maio.

Não deixe de acompanhar todos os nossos canais de comunicação para que você possa saber quem serão os alunos que irão compor a delegação do Brasil na competição, além dos que já estão classificados na categoria “ESCOLAR”, tendo em vista as vitórias dos colégios: Santa Mônica, do Rio de Janeiro e, Amorim, de São Paulo.

Jesus Filho
Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira do Desporto Escolar

Informações: +55: 061 99136-0090 / +55: 061 3967-7176
E-mail: imprensa@cbde.org.br
Foto: CBDE/divulgação
Endereço sede: Setor Bancário Norte, Quadra 2, Lote 12
Bloco F, Brasília – Distrito Federal

Brasileiro Escolar de Natação começa amanhã no Rio de Janeiro

Brasília – Atletas escolares de todas as partes do país já estão em deslocamento para o Rio de Janeiro, cidade que vai sediar o Campeonato Brasileiro Escolar de Natação. Entre os dias 21 e 24 de março, alunos de escolas públicas e particulares entre 15 e 18 anos, disputam o ouro no Parque Aquático Maria Lenk, que fica no parque olímpico que recebeu a Olimpíada em 2016.

A etapa nacional é classificatória para o Mundial da modalidade que ocorrerá entre os dias 18 e 23 de maio, também na cidade maravilhosa. Um dos fatores positivos que credenciaram o estado é o legado deixado pelos jogos olímpicos entre os quais: mobilidade urbana, hotelaria e segurança, além da estrutura do Maria Lenk que foi utilizado, entre outros eventos, nos Jogos Pan-Americanos em 2007.

Segundo Walter Thiessen, presidente da Federação Sergipana de Desportos Escolares (FSDE) e coordenador técnico do evento, serão mais de 500 pessoas que certamente farão mais uma grandiosa festa do segmento no país.

– Está tudo pronto para a chegada das delegações. Nosso time de colaboradores deixou a casa arrumada para a realização deste que já é considerado o maior Brasileiro Escolar de Natação já realizado no Brasil. Claro que isso aumenta a nossa responsabilidade, mas estamos trabalhando para que tudo ocorra dentro do planejado para que os nossos alunos, que são as verdadeiras estrelas, possam brilhar.

O evento é realizado pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), em parceria com a Federação de Esportes Estudantis do Rio de Janeiro (FEERJ). As provas ocorrem no Parque Aquático Maria Lenk e a entrada é franca. Mas você também poderá acompanhar as provas ao vivo pra fanpage oficial da CBDE no facebook.

Confira a “Nota Oficial”, “Regulamento” e o “Boletim 1” do evento com todas as informações preliminares.

Jesus Filho
Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira do Desporto Escolar

Informações: +55: 061 99136-0090 / +55: 061 3967-7176
E-mail: imprensa@cbde.org.br
Foto: CBDE/divulgação
Endereço sede: Setor Bancário Norte, Quadra 2, Lote 12
Bloco F, Brasília – Distrito Federal

Rio de Janeiro vai sediar em maio o Mundial Escolar de Natação

Brasília – Uma das modalidades cujo o Brasil mais se destaca em competições internacionais é a natação. Nas duas últimas edições da Gymnasiade – maior competição escolar do mundo – nossos atletas fizeram a diferença com números impressionantes na piscina. O mesmo se aplica aos últimos mundiais da modalidade em que o Brasil ficou entre as principais potências aquáticas do planeta.

Mas essa tendência tende a ficar ainda mais expressiva nos próximos anos, pelo menos é o que atesta o professor Francisco Braz, vice-presidente da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE) que prevê mais um show dos brasileiros em 2019 no Rio de Janeiro.

– O que vimos nos torneios internacionais nos últimos anos não foi por acaso. As escolas têm se preparado para que seus alunos possam representar o Brasil lá fora reforçando a tese de que as seletivas nacionais terão um número maior de participantes e, consequentemente, de equilíbrio. Isso é bom pois chegaremos com tudo no Rio de Janeiro – disse.

Executado pela CBDE, mas promovido pela Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF), o Mundial Escolar de Natação deve reunir centenas de atletas escolares de várias nacionalidades que terão a oportunidade de conhecer a cidade que foi palco da última olimpíada.

A escolha do Rio para sediar o próximo Mundial ISF de Natação teve como base três fatores importantes: o prestígio da CBDE diante dos países que compõem o sistema ISF; a estrutura olímpica deixada como legado para a cidade e a mobilidade urbana que será preponderante durante a competição.

O Mundial Escolar de Natação será disputado entre os dias 18 e 23 de maio no Rio de Janeiro, mas a etapa nacional que definirá os alunos que irão formar a delegação brasileira no evento começa já no próximo dia 21 março, também na cidade maravilhosa.

Jesus Filho
Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira do Desporto Escolar

Informações: +55: 061 99136-0090 / +55: 061 3967-7176
E-mail: imprensa@cbde.org.br
Foto: Rafael Brais/ME
Endereço sede: Setor Bancário Norte, Quadra 2, Lote 12
Bloco F, Brasília – Distrito Federal