Partidas coletivas e visita da embaixadora marcam primeiro dia de competição dos JEB’s 2022

Por: Marina Domene / Fotos: Guilherme Taboada e Felipe Pereira 

Foram as bolas de basquete, vôlei de praia e de futsal que marcaram início da edição de 2022 dos Jogos Escolares Brasileiros, com as partidas realizadas na tarde desta quarta-feira (02/11). Depois de meses de preparação, enfim chegou a hora de colocarmos em prática tudo que foi planejado e, junto aos 5.665 estudantes-atletas inscritos, e começarmos a escrever os novos capítulos que serão eternizados na história do desporto escolar brasileiro.

Abrilhantando ainda mais o primeiro dia de JEB’s, nosso estudantes-atletas viveram o especial momento de troca com a embaixadora do JEB’s e campeã mundial e olímpica, Rafaela Silva. A judoca participou das brincadeiras no Centro de Convivência, tirou fotos e participou de rodas de perguntas.

Após adaptação da tabela e remanejamento dos jogos da manhã para a parte da tarde, as partidas tiveram início no horário programado e seguiram como planejado. Antes disto, o Centro de Convivência e a área de alimentação foram as áreas mais visitadas pelos participantes.

Nas quatro quadras da Arena da Juventude, em Deodoro, foram realizadas as primeiras partidas do basquete. A Tv CBDE, no youtube, transmitiu todas as partidas da quadra principal e registrou amplo acesso.

No Parque Olímpico, as partidas de futsal, na Arena Banco do Brasil, e volêi de praia, animaram os torcedores que acompanharam os disputados confrontos tanto nas arquibancadas, quanto nas transmissões online.

Nesta quinta-feira estão programadas as competições de basquete, futsal, volêi de praia, karatê, xadrez, judô, taekwondo e ginástica artística.

Com a presença de Ministros de Estado, JEB’s 2022 é aberto oficialmente no Rio

Por: Mariana de Sá / Fotos Guilherme Tabuada e Felipe Pereira 

A Arena Olímpica da Juventude, em Deodoro, no Rio de Janeiro, foi palco da inesquecível Cerimônia de Abertura dos Jogos Brasileiros Escolares de 2022, realizada na noite desta quinta-feira (04/11). Com presenças de nomes importantes para o desporto nacional, entre personalidades políticas e atletas multicampeões, a noite foi marcada por reencontros emocionantes, diversão e muito interatividade.

Com a arquibancada lotada, os jovens estudantes-atletas contaram com uma programação intensa e puderam desfrutar das apresentações de danças típicas, desfile das delegações estaduais, revezamento da tocha Olímpica que culminou com o acendimento da pira dos JEB’s 2022.

Neste momento de grande expectativa a tocha usada nos Jogos de 2016 foi levada, em revezamento, pelos e embaixadores dos JEB’s: Rafaela Silva (judô), Giba (vôlei), Maurren Maggi (atletismo), Andre Domingos (atletismo) e os atletas de Mato Grosso do Sul, Nicole Antunes (taekwondo) e do Rio de Janeiro, Miguel Lima (futsal).

Compuseram o palco principal o presidente da CBDE, Antônio Hora filho; Ministro da Educação, Victor Godoy; Ministro da Cidadania, Ronaldo Bento; Secretário de Estado de Esporte e Lazer, Alessandro Carracena; Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social, Fabiola Molina;**

– Esse é evento é resultado de um sonho represado, que habitava o coração de várias gerações que sabiam da importância da união entre esporte e educação na formação das nossas crianças. Vocês só têm obrigação de aproveitar e se divertir ao máximo. – comentou Antonio Hora filho, presidente da CBDE.

O ministro da cidadania, Ronaldo Bento destacou a importância do JEB’s para fortalecer a inclusão e diversidade a vida dos jovens estudantes-atletas. “Esse evento é o retrato do esporte como meio de inclusão social de crianças e adolescentes. Fortalece atributos como disciplina, espírito de equipe, superação e atua na formação de cidadãos do futuro, que vão construir o nosso país”.

Ainda durante os ritmos cerimoniais, os presentes acompanharam as apresentações de ritmos típicos do rio de janeiro com as apresentações de samba de gafieira, cheerleaders, passinho e o desfile da Escola de Samba Academicos do Grande Rio, atual campeã do grupo especial do carnaval carioca.

Após o encerramento do evento, o presidente da CBDE cedeu entrevista para os telespectadores que acompanharam a transmissão ao vivo da cerimônia e reafirmou o compromisso da Entidade.

Delegações já estão no Rio de Janeiro para a disputa dos JEB’s

Por: Mariana de Sá / Fotos: Guilherme Taboada e Felipe Pereira 

Está chegando a tão esperada hora do início da edição de 2022 dos Jogos Escolares Brasileiros Escolares. Nesta segunda-feira (31/10), as primeiras delegações começaram a desembarcar no Rio de Janeiro e já desfrutaram das estruturas de treinamentos e entretenimento disponibilizadas para os mais de 5 mil estudantes-atletas inscritos.

Todas as equipes da organização dos JEB’s seguem trabalhando nos ajustes finais para proporcionar momentos inesquecíveis dentro das quadras, arenas e piscinas que irão receber as 17 modalidades que estarão em disputas nos próximos 15 dias.

Uma das atrações de maior sucesso entre os nossos participantes, o Centro de Convivência foi inaugurado pelos estudantes-atletas de Roraima que curtiram e aprovaram as atividades de confraternização e entretenimento disponibilizada.

Outro destaque que promete fazer sucesso é a “Noite dos Estados” que acontecerá na quinta-feira, dia 10 de novembro, no Parque Olímpico. Mais uma novidade desta edição, o evento foi idealizado para proporcionar interações entre todas as delegações. Nesta celebração, os objetos típicos que os participantes trouxeram serão ofertados na arena do seu Estado, amplificando assim a disseminação das culturas regionais.

Congresso de Abertura dos JEB’s reúne chefes de equipes no Rio

Por: Mariana de Sá 

Na fase final de preparação para os Jogos Escolares Brasileiros, a diretoria da CBDE, junto aos gerentes dos JEB’s reuniram-se com os representantes das delegações estaduais para realização do congresso de abertura, realizado no Parque Olímpico do Rio de Janeiro, no início da noite desta segunda-feira (31/10).

Iniciando a cerimônia e dando boas-vindas, o presidente da CBDE, Antônio Hora Filho, ressaltou a importância do trabalho coletivo para o sucesso do evento e reafirmou o comprometimento de toda equipe JEB’s em realizar a melhor e maior competição escolar do país. O presidente Hora também aproveitou a oportunidade para reforçar a importância de inclusão e participação do esporte escolar, que deve sempre falar mais alto que a competitividade que se encontra nas disputas do esporte em alto rendimento.

“É importante reconhecermos que apesar de termos trabalhado arduamente, antes de chegarmos aqui, para superarmos as adversidades que surgiram na edição anterior, novas questões irão surgir. Mas juntos vamos conseguir superar e realizaremos o melhor JEB’s de todos os tempos para os nossos estudantes-atletas e professores”, completou o presidente Hora.

Além das considerações gerais, soluções de dúvidas e orientações direcionadas, durante todo o congresso foram explanadas com detalhes as diversas operações dos setores de voluntariado e entretenimento; transporte e alimentação; hospedagem; arbitragem; assistência médica; comunicação e marketing, sendo essas apresentadas pelos respectivos responsáveis de cada área, coordenados pelo diretor do evento, Ítalo Aguiar.

Representando a comissão de atletas da CBDE, Ana Sofia esteve presente e reforçou a importância do trabalho da comissão junto a CBDE para o melhor desenvolvimento e reconhecimento do desporto escolar. “Tenho muito orgulho de poder representar os atletas. Para nós é muito importante termos voz e sermos ouvidos pela CBDE”, completou Ana Sofia.

Ainda durante as apresentações dos gerentes das áreas, o estudante-atleta e campeão mundial escolar na Gymnasiade de 2022, na prova de atletismo de 800m, Elias Santos, foi confirmado como reforço da equipe de comunicação. O Paraense de 18 anos conseguiu um espaço na sua apertada agenda de treinamentos para estar junto dos novos talentos do país e irá surpreender a todos com suas inserções nas redes sociais do JEB’s. 

– Estou muito feliz de estar aqui e quero agradecer ao Presidente Hora e a CBDE por estar de volta ao Rio de Janeiro e ao JEB’s. Estou um pouco nervoso mas animado e sei que vou me divertir e inspirar muito as crianças. – completou Elias “pitbull” como é conhecido nas arenas de competição.

Ainda na ocasião, Eduardo Augusto, presidente da Federação de Esportes Estudantis do Rio de Janeiro, anfitrião do evento, reforçou a importância de mais esta edição dos JEB’s na cidade maravilhosa. Também esteve com a palavra o Dr. Ramon Rocha, presidente da primeira comissão disciplinar do Superior Tribunal da Justiça Desportiva, que ressaltou a importância do trabalho da comissão no processo disciplinar.

Após passar todas as informações importantes sobre as mais diversas áreas que abrangem esta edição dos JEB’s, que já é recorde de participação, com 5.665 estudantes-atletas inscritos, o vice-presidente da CBDE, Robson Aguiar, encerrou a reunião, desejando boa participação a todos.

Fotos: Guilherme Tabuada/CBDE

CBDE e Governo do Rio apresentam detalhes sobre os JEB’s 2022

Por: Mariana De Sá

A convite do Governo do Estado do Rio de Janeiro, a Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), representada pelos seus dois vice-presidentes, Robson Aguiar, e Francisco Braz, marcou presença no salão nobre do histórico Palácio da Guanabara, sede oficial do órgão, em cerimônia voltada para a imprensa, na manhã desta sexta-feira (28/10).

Sendo tema do encontro matinal, a edição de 2022 dos JEB’s já entrou para a história dos eventos escolares, com o recorde de participação dos 5.665 estudantes-atletas, vindos de todas as 27 Unidades Federativas. Tendo 17 modalidades oficiais e três demonstrativas, o evento será realizado entre os dias 31/10 e 15/11, por jovens com idade entre 12 e 14 anos.

Com uma apresentação dos grandiosos números que fazem dos JEB’s 2022 o maior evento esportivo do Brasil, o Secretário de Estado de Esporte e Lazer, Alessandro Carracena, deu início a conversa com a mídia especializada ressaltando a importância da parceria entre o Governo Federal, Governo Estadual e CBDE, para o sucesso desta edição. “Esse evento é motivo de muita satisfação para o Estado. Acreditamos que não estamos só recepcionando e atendendo, como também estamos fomentando o sonho destes adolescentes”.

Em parceria com a CBDE, o Governo do Estado do Rio de Janeiro custeou a hospedagem de todas as delegações, dos 27 Estados do país, totalizando 63 mil diárias, com investimento de mais de 12 milhões de reais.

– O alinhamento do Governo do Estado com o Governo Federal foi fundamental para a realização dos Jogos. O Estado ofertou a hospedagem e o Governo Federal, através da Secretaria Nacional de Esporte, ofertou o translado e passagem aérea para todas as delegações chegarem ao Rio de Janeiro – salientou o Secretário Alessandro Carracena.

Na sequência o vice-presidente da CBDE, Robson Aguiar, reforçou a importância de mais uma edição do evento, tendo como sede para as disputas dos alunos-atletas os maiores palcos do desporto nacional. “Estamos muito gratos com esta segunda edição dos JEB’s, após o hiato de 17 anos, e esperamos que nos próximos dias todos sejam bem recebidos e façam bom proveito das novas experiências que irão viver. No ano passado o evento foi um sucesso e este ano já batemos recorde de participação com quase 6 mil atletas-estudantes inscritos. Somando toda a equipe de trabalho e departamentos técnicos, são mais de 10 mil pessoas envolvidas no evento” – complementou Aguiar.

Entusiasmado com a proximidade do evento, Robson aproveitou a oportunidade para estender seus agradecimentos aos parceiros da CBDE e ressaltou a importância do projeto JEB’s ser tratado com relevância pelo Governo Federal.

– Agradeço aos nossos parceiros SESC Rio, Banco do Brasil e a Vale, através da Lei de Incentivo, pois sem eles não seria possível esta realização dos JEB’s 2022. Não podemos esquecer do Governo Federal que abraçou a ideia de realizá-lo conjuntamente. Junto ao Secretário Marcelo Magalhães, a CBDE levou a proposta ao presidente e o evento virou um programa que está dentro das prioridades do Governo Federal – complementou Robson Aguiar.

Francisco Braz, segundo vice-presidente da CBDE, que também esteve presente ao evento, comentou sobre a relevância que esta experiência pode proporcionar para todos os jovens participantes.

– A expectativa é que nos próximos 15 dias as crianças possam desfrutar das melhores experiências de suas vidas, ao lado de seus colegas e professores. Com isso, os JEB’s e a CBDE seguem sendo parte das histórias de vida e contribuindo para a formação de milhares de cidadãos – complementou.

Com entrada gratuita e aberto ao público, as competições serão divididas entre os três polos principais de competição: Parque Olímpico da Barra da Tijuca, a Arena da Juventude de Deodoro, e a Universidade da Força Aérea (UNIFA).

Fotos: Guilherme Tabuada/CBDE

Antônio Hora se reúne com gerentes dos JEB’s para alinhamento final da competição

Os Jogos Escolares Brasileiros já começam a agitar o Parque Olímpico do Rio de Janeiro. A partir de hoje, delegações de todas as partes do país desembarcam na cidade maravilhosa para o início das disputas. 

Visando alinhar os últimos detalhes antes da competição começar, o presidente da CBDE, Antônio Hora Filho, se reuniu com os gerentes dos JEB’s em um ambiente harmonioso e cheio de expectativas. 

Sorriso no rosto e disposição para fazer deste mais um grande evento esportivo realizado pelo Time CBDE no Brasil, são quesitos fundamentais para que a competição possa ser o pontapé inicial no futuro de gerações. 

Ao todo, serão 17 modalidades, e mais 03 demonstrativas. Além de atividades esportivas, haverá também um momento cultural em que os estudantes-atletas poderão conhecer um pouco mais do Rio de Janeiro.

Os jogos seguem até o próximo dia 15 com a certeza de que o futuro do esporte começa na escola. 

JEB’s 2022 bate recorde de inscrições e terá a participação de estudantes de todos os estados do país

Por: Jesus Filho

Estudantes-atletas de todos os estados do Brasil e do Distrito Federal, como no ano passado após um hiato de 17 anos, terão novamente a oportunidade de participar dos Jogos Escolares Brasileiros. O evento é um esforço conjunto entre a Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), e o Governo do Brasil, através da Secretaria Especial do Esporte, órgão oficial do Ministério da Cidadania. 

“O nosso time segue trabalhando para que o Parque Olímpico do Rio de Janeiro seja palco de mais uma grande festa do esporte escolar nacional. Essa união institucional entre a CBDE, o Ministério da Cidadania, os governos estaduais com o apoio das nossas federações escolares, está sendo de fundamental importância para que pelo segundo ano consecutivo, o Brasil se encontre nos JEB’s com recorde absoluto de participação”, destacou Antônio Hora Filho, presidente da CBDE. 

Todas as 27 Unidades Federativas serão representadas e terão seus custos de viagem, hospedagem e alimentação, arcados pela organização do evento, colocando em prática um dos pilares da CBDE que é a democratização do esporte. 

“Também graças a nossa política de equidade de gênero, assim como na última edição, neste ano, as meninas participarão dos JEB’s em maior número, gerando expectativa para que as próximas gerações Olímpicas e de alto rendimento tenham uma representação feminina cada vez mais forte”, destacou Antônio Hora. 

Toda delegação participante terá uma equipe em cada gênero, para cada modalidade, garantindo assim um estímulo inicial fundamental à vida dos jovens estudantes-atletas, tantas vezes carentes de oportunidades, não só no esporte. 

Para que se tenha ideia do tamanho do evento este ano, em 2021, foram 5.114 estudantes-atletas que disputaram os JEB’s, já nessa edição a quantidade é ainda superior. Serão 5.646 brasileirinhos entre 12 e 14 anos que irão viver dias inesquecíveis na cidade maravilhosa, podendo contemplar o palco Olímpico de 2016. 

“É um sonho não só para eles, como também para todos nós que trabalhamos para que essa engrenagem funcione. Teremos ao longo dos jogos 17 modalidades, além de mais 03 demonstrativas. O Paralímpico também estará inserido ampliando não só as oportunidades, mas garantindo a inclusão dentro desse intercâmbio cultural repleto de oportunidades”, disse Hora Filho. 

O Rio de Janeiro possui uma enorme tradição esportiva, e como não poderia deixar de ser, recebe novamente mais uma edição dos Jogos Escolares Brasileiros. Além de aquecer a economia da cidade, o evento será seletiva para o campeonato sul-americano, realizado no fim de 2022, aqui no Brasil. 

Um detalhe especial é o apoio do Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer, bem como do SESC-Rio, do Banco do Brasil, Da Vale, e da Federação de Esportes Estudantis do Rio de Janeiro (FEERJ), que foram fundamentais para a realização do evento. 

As disputas dos Jogos Escolares Brasileiros serão transmitidas ao vivo através do canal da CBDE, no youtube. A entrada aos locais de competição é franca. 

JEB’s 2022: Saiba todos os detalhes sobre o evento que já começa agitar o Rio de Janeiro

Por: Jesus Filho

Entre os dias 31 de outubro e 15 de novembro, a cidade maravilhosa será palco da próxima edição dos Jogos Escolares Brasileiros, competição seletiva para o campeonato sul-americano disputado no final do ano no Brasil. O evento é realizado pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), em parceria com o Governo Federal, através da Secretaria Especial do Esporte, órgão oficial do Ministério da Cidadania. 

Ao todo, estima-se a participação direta de quase 8 mil pessoas entre árbitros, técnicos, delegados de quadra, colaboradores em geral e, claro, estudantes-atletas de todas as partes do país que contam os dias para o início das disputas. Um detalhe especial é a maior participação das meninas no evento, com mais de 2.500 estudantes. 

Os JEB’s deste ano serão realizados em 17 modalidades, são elas: badminton, ginásticas artística e rítmica, xadrez, tênis de mesa, vôlei, basquete, futsal, handebol, judô, taekwondo, karatê, wrestling, vôlei de praia, atletismo, ciclismo e natação. A novidade para essa edição é a inserção de modalidades demonstrativas como o surfe, skate e o break dance. 

Além do Parque Olímpico do Rio de Janeiro, a competição também ocorre na Universidade da Força Aérea (UNIFA), e no Complexo Esportivo de Deodoro, bairro localizado na Zona Norte carioca. A entrada nos locais de disputas é franca, mas você poderá acompanhar todas as emoções dos Jogos Escolares Brasileiros ao vivo, pelo canal da CBDE, no youtube.

Federações escolares falam sobre a expectativa para o início dos JEB’s

 

 

Por: Jesus Filho

Malas prontas rumo ao Rio de Janeiro e muita disposição para viver dias mágicos no palco que sediou as Olimpíadas de 2016 no Brasil. Representar sua escola nos JEB’s é o objetivo de estudantes-atletas de diversas regiões do país que buscam conter a ansiedade antes do início das disputas. 

Engrenagem que faz o Esporte Escolar acontecer, as federações escolares, em parceria com os Estados, realizaram nas últimas semanas seletivas para a competição. E a cada vitória conquistada, carimbar o passaporte para o Rio de Janeiro abre-alas para um misto de sensações. 

“A nossa cidade está de portas abertas para receber as delegações que irão desembarcar para a disputa dos Jogos Escolares Brasileiros. Junto com o Governo do Rio, fizemos uma ampla seletiva e eu acredito que como anfitriões, nossos estudantes irão buscar nas mais diferentes modalidades posições de destaque no pódio”, revelou Eduardo Domingues, presidente da Federação de Esportes Estudantis do Rio de Janeiro. 

Entusiasmo compartilhado com Fernando Mabilde, presidente da Federação do Desporto Escolar do Rio Grande do Sul (FDERS), que revelou a sua alegria em retornar aos Jogos Escolares Brasileiros. 

“Atuei durante muitos anos nos JEB’s como árbitro de basquete. E agora volto com uma nova geração que até sabe que a medalha é importante, mas que também quer ter a oportunidade de viver esse intercâmbio repleto de oportunidades”, disse.

O evento reunirá quase 8 mil pessoas no Rio de Janeiro entre os dias 31 de outubro e 15 de novembro. Para Gilson Pereira, presidente da Federação Paraense do Desporto Escolar (FPDE), a parceria entre a CBDE e o Governo do Brasil têm feito a diferença na formação do cidadão. 

“No Rio de Janeiro, mais uma vez o Brasil irá se encontrar por conta dessa oportunidade única que o Esporte Escolar oferece. Tudo feito com carinho para que os estudantes-atletas apenas se preocupem em competir. Iremos levar uma expressiva delegação aqui do Pará e eu estou muito feliz de ver crianças de todas as regiões do meu estado contempladas por essa união de esforços institucionais que faz completa diferença no futuro dessa juventude”, declarou. 

Ao todo, durante os JEB’s, 17 modalidades serão disputadas. A competição ocorre no Parque Olímpico do Rio, na Universidade da Força Aérea (UNIFA), e também no Complexo Esportivo de Deodoro. O evento será transmitido ao vivo através do canal da CBDE, no youtube.

Conselho de Ética da CBDE atua com zelo e eficiência no JEB’s 2021 no Rio de Janeiro

Conselho de Ética

Conselho de Ética da CBDE atua com zelo e eficiência nos JEB’s 2021 no Rio de Janeiro
Pouco conhecida devido ao trabalho discreto que desempenha na entidade, a Comissão de Ética da Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE), é um órgão independente, de assessoramento técnico do Conselho de Administração e tem como objetivo, deliberar sobre situações que envolvam questões relacionadas à ética dos membros dos poderes, colaboradores, atletas, técnicos e dirigentes, sem prejuízo à responsabilização civil por suas ações.
O Conselho de Ética tem ainda como finalidade, instruir procedimentos administrativos internos, decorrentes de atos antiéticos, que porventura ocorram e venham ferir o Estatuto Social da entidade. O órgão é composto por três membros, o presidente, empresário José Glenysson Mendonça Cruz, o analista Judiciário, José Valmir dos Santos Filho e o advogado Breno Gonçalves de Oliveira Porto.
Segundo o presidente Glenysson Cruz, nesses Jogos Escolares Brasileiros, o Conselho de Ética tem tido uma atuação destacada, avaliando, julgando e punindo quando se faz necessário. “Atuamos conforme o que determina o Código de Conduta da CBDE. O Conselho de Ética prima pelas regras de boa governabilidade, pelo fair play, contribuindo para o fortalecimento do segmento na sociedade”.
Para José Valmir, membro da Comissão de Ética da CBDE desde a sua criação, o órgão colegiado é de grande importância nessa competição, pois estará presente, para observar as relações entre os participantes, para que essa relação seja uma relação cordial, desportiva e de forma justa.
– É importante que todos levem em conta os valores de solidariedade, companheirismo e de cordialidade. Nós da Comissão de Ética, estamos atentos para que se mantenha essa situação e, que tenhamos jogos de toda a natureza, mas jogos cordiais. Primamos pelo fair play, não só nas competições, nas disputas, mas principalmente fora das quadras, fora dos campos, pistas e piscinas. Nós estamos observando esse fair play fora do ambiente de disputa. Que sejam corteses, não só o atletas, mas todos os participantes do evento – disse José Valmir.
Breno Porto tem uma visão quase parecida com os demais membros da Comissão. “A Comissão de Ética é um órgão que prima pela harmonia e o equilíbrio da competição, não só entre os atletas para respeitar as condutas, a ética, mas também todos os integrantes, aqueles que participam do evento como um todo, como chefe de delegação, colaboradores. Todos que fazem parte da competição, devem respeitar nosso Código de Ética e a gente como membro da comissão, analisamos todas as situações”, avaliou Breno Porto.
As observações e denúncias são feitas “de ofício”, se for observada por um membro da Comissão, ou quando chega alguma notificação junto à CBDE, alguma coisa mais formal. “Temos dois casos em andamento. Vamos lançar os resultados, para depois ver as providencias que serão tomadas. O regimento prevê punições que vão da advertência, até suspensões. Temos que ter cautela, apreciarmos com todo zelo, apurando todas as situações direitinho, para não apresentarmos um resultado precipitado, errado, que venha cometer injustiças”, concluiu Breno Porto.