Uma tarde de superação nas vitórias de Pernambuco e Mato Grosso do Sul

Aracaju – Após uma viagem cansativa e repleta de obstáculos até chegarem à Aracaju na madrugada de sexta-feira, 21, a equipe que representa o estado do Pernambuco não imaginava vencer o Pará por 2 x 0.

Eram 14h30 de uma tarde calorosa quando o jogo começou no estádio Sabino Ribeiro no bairro Industrial de Aracaju. A temperatura alta exigiu que os atletas atuassem como verdadeiros atletas profissionais e resistentes, eles permaneciam dessa forma durante toda a partida.

A equipe do Colégio Santa Emília, que representa o estado do Pernambuco passou por uma viagem longa e cansativa, chegaram por volta das 3h da manhã, não tiveram tempo para descansar e enfrentaria seu primeiro adversário, algumas horas depois de sua chegada.

O delegado da equipe pernambucana explicou o ocorrido.

– Tivemos algumas dificuldades na saída. Houve um atraso do transporte que era para chegar às 11h30 e só acabou chegando às 14h30. Até chegarmos a Aracaju tivermos outros problemas, alguns acidentes na BR, que atrasaram nossa chegada também. Além do pneu do nosso ônibus que furou mas, que por sorte foi perto de uma borracharia. Com isso chegamos aqui em torno das 3h da manhã.

A equipe teve pouco tempo para se recuperar da viagem exaustiva, mesmo assim mantiveram um posicionamento de contra-ataque bem ofensivo e as faltas começaram a ser frequentes. O atleta Caio César da equipe de Pernambuco levou dois cartões amarelos e consequentemente foi expulso do jogo. Mesmo com um jogador a menos, a determinação pernambucana foi maior e logo Eyvson Medeiros abriu o placar para a equipe de Pernambuco.

Após o primeiro gol, a regra era manter o placar já que a equipe do Pará estava bastante incisiva no jogo, contando com a possibilidade de poder empatar o jogo, o que não aconteceu.

No segundo tempo, Felipe de Oliveira marca o segundo para o Pernambuco e fim de jogo. Pernambuco 2 x 0 Pará.

O autor do primeiro gol do Pernambuco, o atacante Eyvson Medeiros se sentiu aliviado após conquistar a primeira vitória.

– Estou mais tranquilo com essa vitória. Nós encontramos muitas dificuldades para chegar até aqui, chegamos tarde, dormimos mal. Mas graça a Deus e na raça conseguimos a vitória. Nós estamos bem empenhados para ganhar este campeonato e graças a Deus, pude abrir o placar para que a equipe pudesse avançar bem, para o próximo jogo. Desabafou o camisa 7 da equipe de Pernambuco.

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira do Desporto Escolar
Informações: +55: 061 99136-0090 / +55: 061 3967-7176 – Jesus Filho
E-mail: imprensa@cbde.org.br
Texto: Givaldo Batista / Carol Vieira
Foto: Maria Odília
Endereço sede: Setor Bancário Norte, Quadra 2, Lote 12
Bloco F, Brasília – Distrito Federal

Brasileiro Escolar de Futebol Masculino reúne mais 700 atletas em Aracaju

Sergipe – Uma das propostas do governador Belivaldo Chagas é a captação de grandes eventos esportivos para o Estado de Sergipe. E a Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), através da Superintendência Especial de Esportes, está empenhada no cumprimento dessa missão. Uma prova disso, foi trazer para Sergipe, o IX Campeonato Brasileiro Escolar de Futebol, que acontecerá entre os dias 21 e 28 de fevereiro.

Nesta quinta-feira, 21, os atletas, técnicos e dirigentes de 25 estados mais o Distrito Federal desembarcam no Aeroporto de Aracaju. Nesta quinta-feira também, às 20h00, aconteceu o Congresso Técnico, quando foram definidos os detalhes da competição.
A bola começa a rolar na manhã da sexta-feira, 22, com jogos na Arena Batistão, estádio Sabino Ribeiro e campo da Unit (Aracaju) e estádio João Cruz (Barra dos Coqueiros).

Captação de eventos – A competição que reúne mais de 700 participantes contará com a participação de 26 estados da federação, mais o Distrito Federal, totalizando 28 equipes, uma vez que o estado anfitrião (Sergipe) entra com duas equipes. O IX Campeonato Brasileiro de Futebol Escolar é uma iniciativa da Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE), em parceria com o Governo do Estado e Federação Sergipana de Futebol (FSF).

– O governador Belivaldo Chagas, quando candidato, apresentou no Tribunal Regional Eleitoral uma proposta de governo e nela, consta no segmento de esportes, entre outras ações, a captação de eventos esportivos para o Estado de Sergipe. Essa captação tem vários objetivos: favorecer aos nossos atletas, porque quando eles se deslocam para outros estados para competirem, deixam de ter o apoio da torcida e já estão adaptados ao clima as condições de competições locais. Então, há um benefício favorável aos nossos atletas, esse é o principal objetivo. Outro objetivo muito importante é o de divulgar nosso estado, como potencial turístico. Os atletas que passam por aqui nos eventos retornam aos seus estados levando a informação de que nossa cidade é limpa, é tranquila, é organizada, que o povo é acolhedor, temos riquezas naturais. Então, trazer eventos esportivos como este para Sergipe, significa divulgar o nosso turismo esportivo – comentou o superintendente de Esportes Antônio Hora.

A mobilização de cerca de 700 pessoas dos diversos pontos do país para Sergipe, agregará recursos à economia e promoverá o desenvolvimento do segmento turístico. “Nós estamos incrementando o comércio local, a rede hoteleira se beneficia, assim como os restaurantes e toda infraestrutura de acolhimento ao turista”, ressaltou o superintendente Antônio Hora.

O evento que conta com duas equipes sergipanas, carrega em si uma outra relevância: ele é seletivo para o Campeonato Mundial, que acontecerá em Belgrado na Sérvia entre 6 e 14 de abril. Quem ganhar o Campeonato Brasileiro estará representando o Brasil no Mundial.

Sergipe estará na disputa do título de campeão brasileiro com participação das equipes do Colégio Estadual Gumercindo Bessa, escola da rede pública estadual de Estância, e a equipe do Instituto Dom Fernando Gomes, colégio da iniciativa privada da capital sergipana.

Jesus Filho
Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira do Desporto Escolar
Informações: +55: 061 99136-0090 / +55: 061 3967-7176
E-mail: imprensa@cbde.org.br
Texto: Givaldo Batista / Carol Vieira
Foto: Maria Odília
Endereço sede: Setor Bancário Norte, Quadra 2, Lote 12
Bloco F, Brasília – Distrito Federal

Delegações desembarcam em clima de euforia em Aracaju

Sergipe – Delegações de diversas localidades do país desembarcaram em Aracaju na manhã desta quinta-feira (21), para participar do IX Campeonato Brasileiro Escolar de Futebol, evento promovido pela Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE), em parceria com a Federação Sergipana de Desportos Escolares (FSDE), que acontece na capital sergipana entre os dias 21 e dia 28 de fevereiro.

Entre os entusiastas estava o delegado da equipe do Espírito Santos, Luís Fernandes de Oliveira, que ressaltou logo de início, a principal motivação de sua equipe. “Primeiro fazer um belo intercâmbio já que essas atividades da CBDE são de grande importância para o engrandecimento de cada atleta, seja no social e até mesmo no futebol, já que eles são apaixonados por essa modalidade. Temos a expectativa de fazermos um bom intercâmbio tanto que alguns deles já se conheceram, por fazerem testes em clubes. Então, temos certeza que este intercâmbio influenciará até mesmo no futebol deles”, disse.

Entre as delegações que pisaram em solo sergipano na manhã desta quinta-feira (21), estava o técnico do Centro Educacional Senador Camará, representante do Rio de Janeiro, o professor Michel Gustavo. Questionado sobre a definição de sua equipe em campo durante a competição, ele foi incisivo. “A equipe é bem qualificada. Temos jogadores de vários clubes do Rio de Janeiro que estudam na escola e a gente faz um bom trabalho no esporte. Acreditamos sim que temos potencial para sermos campeões e representar o Brasil na Sérvia”. Contou.

Para o atleta carioca Bruno Viana, de 16 anos, que faz parte do time de base do Nova Iguaçu, o evento promovido pela CBDE tem uma importância especial. “Minha expectativa com o evento é que algum olheiro me veja e possa me levar para um clube maior”, declarou o lateral esquerdo, que sonha com o futebol profissional desde os 4 anos de idade.

Um dos favoritos ao título de campeão brasileiro é o time de São Paulo, representado pela Instituição de Ensino Colégio Amorim, que é um dos modelos de referência quando o assunto é desporto escolar. O técnico Vinicius Giovanini de Morares posou ao lado dos atletas e revelou o porquê de a equipe ser conhecida por seu favoritismo.

– Acredito que o número de competições escolares em São Paulo, e a boa participação do Amorim, acabou contribuindo para isso. Entretanto futebol se ganha em campo, fazendo gols. Viemos preparados e espero poder fazer mais uma grande exibição.

Ainda sobre o trabalho desenvolvido pela escola na área do esporte, Vinicius foi categórico.

– O segredo é alinhar o pedagógico com o esporte, já que se trata de um colégio, então os alunos têm que ter esse entendimento de que estudar é o primeiro passo. Depois é ter um carinho com o esporte, que é uma ferramenta que a gente utiliza nos últimos 15 anos e vem dando muito certo. Revelou o técnico da equipe do Instituto de Ensino Colégio Amorim, de São Paulo.

Reflexo do trabalho exercido pelo Colégio, o meio campista Matheus Araújo já atua na base de um dos times de maior torcida do país, o Corinthians Paulista. O atleta soube de prontidão destacar seus pontos fortes que, segundo ele, farão a diferença dentro da competição.

– Sou um jogador ofensivo, gosto de verticalizar o jogo. Parto para cima o tempo todo e gosto de dar os passes finais para os meus companheiros. Assim se descreveu o atleta paulista Matheus Araújo.

Jesus Filho
Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira do Desporto Escolar
Informações: +55: 061 99136-0090 / +55: 061 3967-7176
E-mail: imprensa@cbde.org.br
Texto: Givaldo Batista / Carol Vieira
Foto: Maria Odília
Endereço sede: Setor Bancário Norte, Quadra 2, Lote 12
Bloco F, Brasília – Distrito Federal

Tudo pronto para o início do Brasileirão Escolar de Futebol

Aracaju – Malas prontas, passagens nas mãos e a expectativa pela estreia na que já é considerada a maior competição escolar de futebol no Brasil, só cresce a cada minuto antes do embarque. Entre os dias 21 e 28 de fevereiro, alunos de escolas públicas e particulares dos quatro cantos do Brasil irão se encontrar em Aracaju e Maceió, simultaneamente, onde disputam não só o título nacional, como também o carimbo no passaporte para representar o Brasil em Belgrado, no Mundial na modalidade promovido pela Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF).

Além de aquecer a economia da cidade que recebe um evento desse porte, o brasileiro é também uma maneira eficaz de promover o esporte nas escolas oportunizando que jovens entre 15 e 18 anos possam participar de um intercâmbio sociocultural que os auxilia a desenvolver não só a vontade pela prática esportiva, mas também pelo estudo.

A cidade de Aracaju recebe a edição masculina do evento. Ao todo, 28 equipes disputam as séries: bronze, prata e ouro, esta última, classificatória para o Mundial. Não diferente do que ocorre no feminino que receberá 23 equipes. Vale lembrar que os vencedores das séries bronze e prata também concorrem a medalhas de ouro, prata e bronze, entretanto, apenas os que se classificarem para a série ouro lutarão pelo título nacional.

Para o presidente da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), Antônio Hora Filho, a disputa saudável pela vitória é importante, entretanto o gol que ele quer ver é o do conhecimento.

– Trabalhamos duro para que o evento possa atender às expectativas e seja mais uma grande festa do Desporto Escolar. As delegações começam os desembarques nesta quinta (21), e a minha expectativa é alta não só pelo nível técnico, como também pelo interesse que eles terão por esse intercâmbio de atividades que teremos em Aracaju e Maceió nos próximos dias.

Ainda segundo Hora Filho, o Brasil nunca conquistou o título mundial com o futebol escolar, hegemonia que se depender da torcida do presidente, deve acabar no próximo mês de abril em Belgrado.

– No último mundial batemos na trave em uma disputa acirrada contra a Alemanha na semifinal. Perdemos no detalhe e acabamos ficando na honrosa 4ª posição com a equipe feminina, à época, representada por uma escola de Santa Catarina. Com o masculino também tivemos um bom desempenho, mas ainda não conseguimos o esperado título. Espero que os vencedores do brasileiro possam fazer bonito na Sérvia e, quem sabe, nos alegrarem com o título mundial.

O Brasileirão Escolar de Futebol ocorre em Aracaju e em Maceió entre os dias 21 e 28 de fevereiro. Competição seletiva para o Mundial ISF de Futebol que deve reunir mais de mil participantes entre equipe de trabalho, técnicos, árbitros e atletas de todos os estados do Brasil nas duas capitais do Nordeste.

Abaixo você confere o boletim 1 da competição, além do Regulamento Geral da Competição.


Boletim 1 – Masculino

Boletim 1 – Feminino
Regulamento Geral da Competição

Jesus Filho
Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira do Desporto Escolar

Informações: +55: 061 99136-0090 / +55: 061 3967-7176
E-mail: imprensa@cbde.org.br
Foto: Arthur Leite
Endereço sede: Setor Bancário Norte, Quadra 2, Lote 12
Bloco F, Brasília – Distrito Federal

Sorteio ‘ao vivo’ define os grupos do Brasileiro Escolar de Futebol

Aracaju – A Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE) deu a largada oficial para a realização IX Campeonato Brasileiro Escolar de Futebol. Na manhã desta segunda-feira (18), a entidade promoveu em Aracaju o sorteio dos grupos. A solenidade aconteceu na Arena Batistão e contou com as presenças do presidente da CBDE, Antônio Hora Filho, do presidente da Federação Sergipana de Desportos Escolares (FSDE), Walter Thiessen, da diretora de esportes da Superintendência Estadual de Esportes, Mariana Dantas, Edmo Oliveira, presidente da Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol (CEAF-SE) e Flávio Oliveira, da Comissão Organizadora Local. O evento foi transmitido ao vivo para todo o Brasil, através das redes sociais da CBDE.

Competição acontece simultaneamente em Aracaju (masculino) e Maceió (feminino) entre os dias 21 e 28 de fevereiro. As equipes campeãs garantem vaga no Mundial de Futebol Escolar, que será realizado no período de 6 a 14 de abril em Belgrado, na Sérvia. A competição conta com um número recorde de participantes. São 28 equipes no nipe masculino e 23 no nipe feminino, com representantes de todos os estados brasileiros.

– É a primeira vez que a competição conta com um número tão expressivo de participantes, com representantes dos 26 estados brasileiros mais o Distrito Federal. Por isso mesmo, acreditamos no sucesso da competição. E, no que depender da CBDE faremos o possível para que este, que já é o maior, seja também o melhor Brasileiro de Futebol Escolar de todos os tempos – comentou Antônio Hora Filho, presidente da CBDE.

Regulamento

As 28 equipes masculinas foram divididas em oito grupos, sendo quatro com quatro equipes e quatro com três equipes, que jogam entre si no rodizio simples. As duas primeiro classificadas de cada grupo passam à fase seguinte e vão para o grupo ouro e disputam o título de campeã. Terceiras classificadas vão para o grupo prata e as classificadas em quarto lugar disputam o grupo bronze. O mesmo acontece com as 23 equipes do nipe feminino, que será disputado em Maceió.

No masculino, os grupos ficaram definidos da seguinte forma:

GRUPO A
Santa Catarina
Mato Grosso do Sul
Amazonas

GRUPO B
São Paulo
Rio de Janeiro
Paraíba

GRUPO C
Rio Grande do Norte
Pernambuco
Pará

GRUPO D
Tocantins
Ceará
Maranhão

GRUPO E
Distrito Federal
Alagoas
Piauí
Bahia

GRUPO F
Sergipe 2
Rio Grande do Sul
Paraná
Amapá

GRUPO G
Sergipe
Roraima
Espírito Santo
Minas Gerais

GRUPO H
Goiás
Rondônia
Mato Grosso
Acre

Já no feminino o chaveamento ficou assim:

GRUPO A
Paraíba
Paraná
Roraima

GRUPO B
Minas Gerais
Amapá
Sergipe

GRUPO C
Distrito Federal
Rio Grande do Sul
Amazonas

GRUPO D
Pará
Maranhão
Rio de Janeiro

GRUPO E
Ceará
Mato Grosso
Rondônia

GRUPO F
Santa Catarina
Espírito Santo
Alagoas 2
Mato Grosso do Sul

GRUPO G
Alagoas
Piauí
Pernambuco
Acre

As delegações chegam a Aracaju na próxima quinta-feira (21) e na manhã da sexta-feira a bola já começa a rolar na Arena Batistão, estádio João Cruz, na Barra dos Coqueiros, Complexo da Unit e estádio Sabino Ribeiro. A solenidade de abertura está marcada para a noite da sexta-feira (22) no campo da Unit. A partida final do masculino será disputada no dia 27 de fevereiro na Arena Batistão, na preliminar de Confiança e Lagarto.

Não difefefente do que vai ocorrer em Maceió que realizará a final do feminino no Estádio Rei Pelé, popularmente conhecido como trapichão.

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira do Desporto Escolar
Informações: +55: 061 99136-0090 / +55: 061 3967-7176 – Jesus Filho
Texto: Givaldo Batista
E-mail: imprensa@cbde.org.br
Foto: CBDE/divulgação
Endereço sede: Setor Bancário Norte, Quadra 2, Lote 12
Bloco F, Brasília – Distrito Federal

Etapa nacional definirá os representantes do Brasil no Mundial de Futebol

Brasília – Atletas escolares dos quatro cantos do país treinam forte para a seletiva nacional que definirá os representantes do Brasil na próxima edição do Mundial Escolar de Futebol. O evento, promovido pela Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF), será realizado entre os dias 06 e 14 de abril, em Belgrado, na Sérvia, cidade histórica que sediou no fim do ano passado o Mundial Escolar de Basquete 3×3.

O Campeonato Brasileiro será realizado em duas capitais do país simultaneamente: Maceió, que realizará a etapa feminina, e Aracaju, a masculina. Mas antes de disputarem a vaga para o mundial, as equipes precisam fazer o seu papel dentro de casa ganhando as seletivas estaduais promovidas pelas federações escolares filiadas.

Além de movimentar a economia da região e gerar empregos diretos e indiretos, as competições escolares que em 2019 devem atrair milhares de atletas nos 10 brasileiros previstos, servem também como intercâmbio para que os estudantes além de competir, possam fazer novos amigos e colecionar boas histórias.

Presidente da Federação Sergipana de Desportos Escolares (FSDE), o professor Walter Thiessen disse que o estado está preparado para sediar mais um evento de grande porte.

– Sergipe já realizou competições importantes do Desporto Escolar. Em 2014, sediamos o Sul-Americano que reuniu 1.800 atletas na cidade. Fizemos também, em 2015, o Mundial de Vôlei de Praia que foi um sucesso. Além dessas duas importantes jornadas, em 2017 foi a vez de recebermos o Mundial Escolar de Triathlon que superou as expectativas. Portanto, com o futebol não será diferente. Já estamos trabalhando, seguindo as normativas da CBDE, em parceria, para que o evento seja um sucesso em todos os sentidos.

Não diferente do que ocorre em Maceió, que de 21 a 28 de fevereiro vai sediar a etapa feminina do Brasileiro Escolar de Futebol. Com os últimos ajustes sendo realizados, o presidente da Federação Alagoana de Esportes Colegiais (FAEC), Irã Candido, não escondeu o entusiasmo em receber na sua cidade as delegações que irão chegar de várias partes do país.

É uma enorme satisfação receber na cidade que é tida como \”paraíso das águas, do sol e da cultura\” jovens estudantes de todas os lugares do nosso Brasil. Estamos trabalhando para que as delegações possam competir em alto nível oferecendo o que temos de melhor. O torneio serve como seletiva para o mundial e por isso deve gerar uma expectativa grande nos participantes, pois além do título brasileiro, eles poderão acabar com um tabu que já dura anos, já que o Brasil ainda não conseguiu uma medalha de ouro com o futebol. E eu tenho certeza que os vencedores irão fazer bonito na Europa.

Na última edição do Mundial Escolar de Futebol, realizada em Praga, na República Tcheca, o Brasil ocupou a 4ª posição tanto no masculino, quanto no feminino, retrospecto que se depender da torcida verde e amarela pode ser diferente em Belgrado.

Jesus Filho
Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira do Desporto Escolar

Informações: +55: 061 99136-0090 / +55: 061 3967-7176
E-mail: imprensa@cbde.org.br
Endereço sede: Setor Bancário Norte, Quadra 2, Lote 12
Bloco F, Brasília – Distrito Federal