CNE aprova por unanimidade as contas da CBDE

Por: Jesus Filho

O Conselho Nacional do Esporte (CNE) aprovou, por unanimidade, nesta quarta-feira, 21 de setembro, o relatório de aplicações de recursos da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), por unanimidade. Junto com a Secretaria Especial do Esporte, os órgãos analisam diversos requisitos previstos na lei, como o limite de gastos com a atividade-meio, a distribuição de recursos para as Confederações de maneira meritocrática, dentre outros.

“Austeridade e governança norteiam nossa gestão. E esse resultado mais uma vez comprova não só o respeito da CBDE pela coisa pública, como reafirma o nosso compromisso em priorizar a transparência como pilar essencial nas ações que são tomadas cotidianamente pelo nosso Conselho de Administração”, ressaltou o presidente Antônio Hora Filho. 

O encontro contou com a presença do ministro da Cidadania, Ronaldo Bento, do secretário Especial do Esporte, Marcello Magalhães, e do vice-presidente da CBDE, Robson Aguiar, que trouxe uma novidade importante para a comunidade escolar do Brasil. 

Durante a reunião, foram aprovadas as diretrizes do CEM, trata-se de um programa esportivo que busca viabilizar recursos do governo federal, através do ministério, para a criação de campeonatos municipais que irão servir como seletiva para as etapas estaduais dos Jogos Escolares Brasileiros (Jeb’s). “O desenvolvimento do esporte escolar nacional será muito impactado com a implementação desse programa. É uma ação de extrema importância sobretudo porque ela vai viabilizar que recursos cheguem na base fazendo a diferença no futuro de novas gerações. Tudo isso só é possível graças ao incentivo do governo brasileiro que entende que esporte não é despesa, mas investimento”, revelou Aguiar. 

O Conselho Nacional do Esporte é um colegiado de assessoria ao Ministro da Cidadania no desenvolvimento de políticas em prol do desporto nacional, representando um passo a mais na criação de novas perspectivas para o futuro do esporte no país. Criado pelo Decreto 4.201, de 18 de abril de 2002, o CNE tem por objetivo buscar o desenvolvimento de programas que promovam a prática intensiva e planejada da atividade física para toda a população, além da melhoria do padrão de organização, gestão, qualidade e transparência do setor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.