Mundial ISF de Voleibol é aberto com muito samba e alegria em Foz do Iguaçu

Por: Jesus Filho

Autoridades esportivas prestigiam a cerimônia de abertura do Mundial ISF de Voleibol – Foto: Filipe Carrapato

Delegações de vários continentes estão no Brasil para a disputa do Mundial Escolar de Voleibol. Na noite desta segunda-feira (20), ocorreu na Arena CBDE, montada dentro de um hotel de Foz do Iguaçú onde a competição acontece, a cerimônia que abriu oficialmente o evento. E como não poderia ser diferente, a alegria dos brasileiros contagiou o público que literalmente caiu no samba. 

O evento contou com a presença do presidente da CBDE, Antônio Hora Filho que fez questão de recepcionar o presidente da Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF), Laurent Petrynka, e também o governador de la Província de Misiones, na Argentina, Oscar Herrera Huad. Além deles, diversas autoridades autoridades políticas, esportivas e acadêmicas também fizeram questão de prestigiar a cerimônia. 

Autoridades esportivas prestigiam a cerimônia de abertura do Mundial ISF de Voleibol – Foto: Filipe Carrapato/CBDE

Sempre muito simpático, Laurent disse que a alegria do povo brasileiro “é imbatível”, destacando ainda a credibilidade do Time CBDE que mais uma vez realiza um evento internacional no Brasil. 

– Os brasileiros possuem uma imbatível alegria que nos faz sempre querer voltar. Estou muito feliz com a realização de mais um mundial aqui e quero destacar a excelente gestão que meu vice-presidente, Antônio Hora, faz à frente do esporte escolar nacional. 

Depois de declarar oficialmente aberto o mundial, o dirigente francês caiu no samba ao lado de Antônio Hora e dos estudantes-atletas que em cada sorriso pareciam não acreditar no momento ímpar que estavam vivendo. 

Delegações de várias partes do mundo disputam o mundial escolar em Foz do Iguaçú – Foto: Filipe Carrapato/CBDE

Feliz com o que viu, o presidente da CBDE fez questão de salientar o árduo trabalho que é realizado para os resultados alcançados superem as expectativas esperadas. “Trabalhamos muito, lutamos muito para chegarmos até aqui. É a consolidação de um sistema. E como resultado é a satisfação dos estudantes-atletas que são os nossos protagonistas. Tudo que a CBDE faz é pensando em dar a melhor condição de participação dos nossos atletas. Nós temos a consciência que daqui do esporte escolar surgirão os próximos atletas Olímpicos e mesmo que muitos não sigam esse caminho, formarão uma sociedade mais preparada para a vida”, destacou Hora Filho. 

País sede no mundial escolar, o Brasil é representado por duas escolas, tanto no feminino, quanto no masculino. Grande campeão brasileiro, o Colégio Campos Salles, de São Paulo, forma a equipe A do Brasil no mundial. Já as escolas campeãs da Seletiva Paranaense, integram a equipe B tupiniquim na competição. Os times são compostos por estudantes-atletas dos colégios: São Vicente de Paula, da cidade de Nova Esperança, e também da Associação Educacional e Assistencial Martin Luther, do município de Marechal Cândido Rondon. 

Abertura oficial do Mundial ISF de Voleibol – Foto: Filipe Carrapato/CBDE

Acompanhe a cobertura completa de mais esse evento em nossos canais oficiais de comunicação. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.