Federações escolares criam desafios virtuais para estimular atletas escolares na quarentena

Por: Jesus Filho

Brasília – A pandemia causada pela Covid-19 no Brasil fez que com que o esporte estudantil se adequasse a esse novo momento. Com a orientação das autoridades brasileiras de saúde para que o distanciamento social se tornasse um hábito em nosso dia a dia, ficar em casa passou a ser fundamental para que esse momento de incertezas pudesse logo ser superado.

Em tempos onde a tecnologia muda a rotina das pessoas a cada momento, potencializar a autoestima do atleta escolar foi o grande desafio tanto dos pais, quanto dos técnicos durante a quarentena. Com um calendário repleto de atividades suspenso, as atividades on-line andam fazendo a diferença na rotina dos estudantes.

Com a utilização dos recursos oriundos do Programa de Apoio às Federações (PAF), subsidiado pela CBDE, entidades filiadas em todo país iniciaram uma série de atividades on-line que visam estimular os atletas escolares nessa pandemia. Com a necessidade de se ficar em casa seguindo o isolamento social, as disputas podem ser remotas, mas os desafios são inúmeros.

Craques de embaixadinhas ou de habilidades do basquetebol e até do próprio xadrez e do handebol estão fazendo sucesso nas redes sociais. Além deles, movimentos de artes marciais e votações por preferência de modalidades seguem ditando moda nessa quarentena. Tudo isso para que a base esportiva de nosso país possa cada vez mais mostrar o seu talento, sem correr nenhum risco.

Ascom – Confederação Brasileira do Desporto Escolar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *