Confederação Brasileira do Desporto Escolar comemora 20 anos de fundação

Por: Jesus Filho

Durante o Mundial ISF de Natação, no Rio de Janeiro, em 2019, o presidente Antônio Hora Filho premiou, ao lado da lenda viva da natação mundial, Ana Marcela, as atletas brasileiras que medalharam na competição. Foto: Cláudio Franco | CBDE

Brasília – Hoje é um dia especial para todos que fazem a engrenagem do esporte estudantil no Brasil. Há exatos 20 anos, a Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), era fundada com o objetivo de qualificar, incentivar e, acima de tudo, difundir o segmento fazendo a diferença na vida de milhares de jovens de escolas públicas e particulares que desde então fazem a nossa história acontecer.

O início desse sonho partiu das mãos de Heleno Lima, primeiro presidente da entidade antes mesmo de sua fundação. Com a necessidade de se criar um órgão específico do desporto escolar no país, à época as coisas não eram fáceis, mas todo seu empenho e dedicação foram de fundamental importância para o que antes era apenas um sonho, pudesse se tornar realidade.

Com foco na realização de competições escolares no Brasil e na participação em torneios internacionais, ser um estímulo na formação do cidadão fazendo com que a sua iniciação esportiva seja de fundamental importância na construção de uma sociedade justa com mais oportunidades e menos desigualdade social, sempre foram os principais pilares da CBDE desde a sua fundação.

De 2000 até então, a Confederação Brasileira do Desporto Escolar protagonizou diversos momentos épicos no esporte brasileiro, como em 2013, quando pela primeira vez no Continente Americano, sediou a maior competição escolar do mundo, a Gymnasíade, realizada pela Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF), cujo a CBDE é a única entidade brasileira filiada. O evento aconteceu em Brasília-DF, reunindo milhares de estudantes de todo o planeta na capital federal.

Registro histórico durante o Seminário Nacional do Desporto Escolar realizado no ano passado, em Brasília: Antônio Hora Filho (presidente da CBDE), Heleno Lima (ex-presidente da CBDE), Robson Aguiar (vice-presidente da ISF) e Sérgio Rufino (ex-presidente da CBDE). Foto: Arquivo CBDE

Além de aquecer a economia das cidades-sede em que nossas competições foram realizadas ao longo da história e promover o conhecimento através do esporte proporcionando que o jovem possa conhecer pessoas e lugares, essa atmosfera até hoje tem feito a diferença na vida do estudante brasileiro que volta para a casa com a bagagem cheia de conhecimento e boas histórias para contar.

O trabalho vencedor realizado pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar no Brasil, consolida não só a gestão por excelência do professor sergipano Antônio Hora Filho à frente da entidade, como a importância de nossas federações filiadas que em seus estados seguem esse mesmo modelo de atuação priorizando a responsabilidade com a coisa pública com foco no fortalecimento da base esportiva em nosso país.

Ascom – Confederação Brasileira do Desporto Escolar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *