Show da natação brasileira nas piscinas dos Jogos Sul-Americanos Escolares

Por: Givaldo Batista e Dimas Ferreira

Assunção – A natação foi um dos destaques da delegação brasileira, nos XXV Jogos Sul-Americanos Escolares, que acontecem em Assunção no Paraguai. O dia de ouro da natação foi representado pela conquista 10 medalhas, sendo cinco douradas, três de prata e duas de bronze. somando-se às conquistas do primeiro dia de competição, a Natação do Brasil já soma 22 medalhas, dez de ouro, seis de prata e sete de bronze.

As provas acontecem no Centro Aquático Nacional do Banco Central do Paraguai, com suas arquibancadas sempre cheias e o público paraguaio prestigiando e aplaudindo os nadadores brasileiros.

A equipe de natação é formada 16 alunos dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espirito Santo, Brasília, Paraíba e Pernambuco, tendo à frente o professor Alexandre Pussieldi. As provas são disputadas em dois períodos. Pela manhã, a fase de classificação e à tarde as finais, em seguida a premiação. Neste segundo dia de competições, os alunos atletas do Brasil demonstraram um alto nível técnico nas provas e mostraram que vieram dispostos a conquistar muitas medalhas.

As promessas da natação brasileira estão em busca de ouros e as medalhas estão chegando a cada dia a cada prova disputada, muitos deles inclusive, superando as expectativas.

Provas – Na fase de classificação das provas 50m livre feminino, classificaram para a final Gabriela do Amaral e Beatriz Bezerra. Nos 200m Luzia Correa da Silva de Souza e Isabela Bressan dos Santos e na categoria masculina, nos 50m livre, Gustavo Henrique Cornelius e Vinicius Andrade Flintz e nos 200m, Daniel Azevedo Macena Gomez e Artur B. de Souza e Silva.

Segundo o professor Daniel Bellini, nossos alunos atletas para obterem bons resultados nas piscinas, treinam pesado. Nos últimos três meses eles treinaram até seis vezes por semana, de segunda a sábado e três vezes, em dobras no período noturno. Neste segundo dia de competições, os alunos atletas vem demonstrando alto nível nas provas com muito treinamento e concentração. O sonho de todos estes jovens tem um objetivo final. Ser um profissional da natação”, afirmou o professor Daniel Bellini, de São Paulo, um dos técnicos da Natação.

Os jogos Sul-Americanos Escolares são uma oportunidade que a Confederação Brasileira de Desporte Escolar realiza para mostrar novos talentos desportivos ao Brasil. Nas finais deste segundo dia de competição, o Brasil só não foi ouro na categoria feminina 50m livre.

Os medalhistas do Brasil neste segundo dia das provas de Natação foram:

50mlivre – Feminino – medalhas de parara e bronze para Beatriz Bezerra e Thaiana Gabriel do Amaral, respectivamente.

50m livre – Masculino – Ouro e prata para o Brasil com Gustavo Henrique Cornelius e Vinicius Andrade Flintz.

200m CI – Feminino – ouro e bronze para o Brasil com Luiza Comini da Silva de Souza e Isabela Bressan dos Santos.

200m CI – Masculino – ouro e prata para o Brasil com Daniel Azevedo Macena Gomez e Artur B. de Souza e Silva.

200m CL estilo livre – feminino – ouro para o Brasil com Thaiana Gabriel do Amaral, Sophia Ferreira, Laís Gasparini e Silva e Beatriz Ferreira.

200m CL estilo livre – Masculino – ouro para o Brasil com Gustavo Henrique Cornelius, Vinicius Andrade Frintz, Vinicius Marquez Rizza e João P. de Gruttola Campos.

Hoje o Brasil compete ainda em provas de Natação e a perspectiva segundo os técnicos é da conquista de um bom número de medalhas, contribuindo de forma decisiva, para que o Brasil venha a ser mais uma vez campeão geral dos Jogos Sul-Americanos Escolares.

Ascom – Confederação Brasileira do Desporto Escolar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *