Campeão Brasileiro Escolar de Handebol será conhecido hoje na capital federal

Por: Jesus Filho

Foto: Paulo Pestana

Brasília – Um misto de sensações. Não há frase que melhor defina o que se viu durante as disputas da semifinal do Campeonato Brasileiro CBDE de Handebol. Jogos de alto nível, perseverança e muita determinação foram três dos vários fatores que fizeram desta quarta-feira (9) ensolarada na capital do país, um dia que entra para a história do Desporto Escolar Nacional.

Seguindo o regulamento do torneio, as escolas disputaram as três séries (ouro, prata e bronze) para que ficassem definidas as equipes que irão lutar, hoje, não só pela medalha, mas também pelo título brasileiro e pela vaga no Mundial ISF de Handebol, evento promovido pela Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF), que ocorre no fim do próximo mês de junho, na Sérvia.

Série Ouro

O primeiro confronto do dia válido pela ‘Série Ouro’ foi entre as equipes dos Colégios: Amorim (SP) e Castro Alves (ES), historicamente rivais na modalidade. E como não poderia ser diferente, o primeiro tempo começou nervoso, com erros de passe e muita coprreria, tendo em vista que o jogo credenciaria a equipe feminina vencedora para a decisão do torneio.

Foto: Paulo Pestana

Mantendo a calma e seguindo as instruções da técnica Carla Antonucci, o Amorim conseguiu deter os chutes ajustados da equipe capixaba e, a cada contra-ataque, não desperdiçava as chances de gol, fator que garantiu a vitória por 25 a 11 para a equipe de São Paulo.

O segundo confronto do dia foi entre Santa Catarina e Rio de Janeiro. Embaladas após a vitória nas quartas de final contra o Rio Grande do Sul, as cariocas entraram em quadra buscando a cada minuto o resultado. Organizado e bastante concentrado, o time gaúcho partiu para o ataque durante praticamente todo o jogo, mas com a exposição, passou abrir brechas para que o Rio de Janeiro pudesse jogar.

Com 7 bolas de diferença, as meninas da Escola Suzano Costa (RJ) venceram o jogo por 28 a 21, garantindo assim a vaga para a decisão de hoje, oportunidade em que luatarão pela vaga no Mundial.

O terceiro certame do dia válido pela semifinal do Brasileiro CBDE de Handebol, foi entre a Escola Caic Balduíno (PI) e Colégio Amorim (SP). jogo que, para muitos, foi a final antecipada da competição. A forte equipe de São Paulo tinha pela frente a árdua tarefa de enfrentar a atual equipe tetracampeã do Brasil, representante nos últimos quatro Mundiais. Mas isso não incomodou os paulistas que que optaram por um jogo mais fechado, atacando com qualidade.

Foto: Paulo Pestana

Com o ginásio do Cruzeiro praticamente lotado, a equipe do Colégio Amorim abriu o marcador após uma bobeira da defesa piauiense. Depois disso, o nervosismo bateu nos estudantes do Caic Balduíno que nos sete primeiros minutos de jogo e, perdendo por 1 a 0, não conseguiam achar o caminho do gol. E como no esporte que não faz, leva, a equipe do Amorim acertou o passe e sufocou a ´Laranja Mecânica do Sertão´ que pela primeira vez em quatro brasileiros consecutivos, não disputará uma decisão.

São Paulo venceu o jogo por 26 a 16, para a tristeza do técnico Giuliano Rocha que reconheceu a derrota para a equipe paulista e abraçou os atletas do Piauí após o jogo. “Foi uma disputa de igual para igual. Erramos bastante na finalização e isso foi determinante para o resultado negativo. Lamento, mas a vida continua. Agora é treinar e pensar no próximo brasileiro”, declarou.

Para fechar as semifinais da Série Ouro, o Colégio Nacional (MG) enfrentou e venceu por 30 a 16 os alunos da Escola Laercio Caldeira (SC). Embora o grupo catarinense tenha procurado não se expor durante a partida, Minas Gerais arriscou mais e mostrou a exuberância física da equipe que embora seja relativamente nova, apresentou um handebol muito bem treinado física, técnica e taticamente, garantindo assim a vaga na decisão.

Nesta quinta-feira (10), teremos dose dupla do Colégio Amorim (SP) nas finais do Brasileiro CBDE de Handebol. Às 15h15, o confronto feminino será entre São Paulo x Rio de Janeiro. Em seguida, a partida que encerra a competição será entre os alunos do Colégio Nacional, de Minas gerais, às 16h30, contra o time masculino do Amorim.

Série Prata

Na Série Prata, o time da Escola Estadual Professora Julia Nunes (PI), venceu por 32 a 17, as estudantes da Escola Estadual 13 de Maio (MT) e, com o resultado, irá enfrentar na decisão a forte equipe do Colégio Anglo Líder, de Pernambuco, que venceu as alunas do Motiva João Pessoa (PB), por 38 a 11. 

Pelo masculino, os altetas escolares do Colégio Educacional O Mestre (RN), fizeram um jogo acirrado contra o NIP, de Pernambuco. Por quatro bolas de diferença deu Rio Grande do Norte que venceu o jogo no detalhe com o placar de 22 a 18. Com isso, enfrenta na decisão desta quinta (10), a equipe da Escola Estadual 13 de maio (MT), que passou pelo Colégio Michelângelo vencendo o jogo por 20 a 25.

Série Bronze

Quatro jogos também definiram os finalistas da Série Bronze. Hoje você vai acompanhar “ao vivo” pela fanpage oficial da CBDE, no facebook, todas as finais do Brasileiro Escolar de Handebol. Entre elas, o confronto válido pela decisão da Série Bronze, entre as alunas da Escola Salatiel de Almeida (MG), contra a equipe do Instituto Dom Fernando Gomes (SE). Em seguida, pelo masculino, jogam os atletas do Recriando (RJ) vs o Motiva João Pessoa (PB).

Realizado pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), em parceria com a Federação Regional do Desporto Escolar do Distrito Federal e Entorno (FRDEDF), o evento reúne estudantes de todos os estados do país que lutam não só pelo título brasileiro, como também pela vaga no Mundial ISF da modalidade que ocorre em 2020, na Sérvia.

Confira abaixo a agenda de transmissões, bem como o boletim 8 com todos os resultados da competição até aqui.

BOLETIM-8-HANDEBOL-2019

Ascom – Confederação Brasileira do Desporto Escolar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *