Dia Cultural e Noite das Nações agitam o Mundial Escolar de Futsal

JERUSALÉM – Ter a chance de voltar milhares de anos no tempo visitando lugares por onde Jesus andou é uma das atrações da “Terra Santa”. E foi justamente este um dos passeios que a delegação do Brasil, que participa do Mundial Escolar de Futsal realizado em Israel, fez durante o dia de ontem.

A cada passo nas vielas de Jerusalém, uma emoção diferente. Com direito a paradas em Santuários históricos que recriam momentos narrados na bíblia como a vida de João Batista, Santo Mártir da Igreja Católica, os alunos visitaram a igreja que leva o nome do Santo e tiveram uma grande surpresa, como conta a ala do Brasil, Laura Gieseler.

“Assim que entramos na Igreja de São João Batista um Frei brasileiro nos acolheu. Foi um momento lindo, pois além de nos explicar detalhes sobre a história do Santo, ele nos conduziu a um momento de reflexão com direito a uma benção especial. Foi um momento de fé, alegria e muita emoção”, contou.

Próximo ao “Muro das Lamentações” e ao “Monte das Oliveiras”, local narrado no velho testamento onde Jesus de Nazaré subiu aos céus tempos após sua ressurreição, os alunos ouviam atentamente as explicações do guia que de maneira detalhada contava ponto a ponto a importância histórica dos locais por onde os brasileiros passavam.

Atleta do time masculino, Lucas Siqueira foi às lágrimas após a benção recebida na Igreja de São João Batista, não diferente do técnico Vinicius Moraes que lembrou da família no momento em que a água benta escorria em sua face.

“Como não se emocionar em um momento histórico como esse? A felicidade é enorme e nos revigora para continuarmos firmes em busca do tetracampeonato para o Brasil. Viver tudo isso nos faz lembrar das pessoas que mais amamos. Com certeza todos os nossos familiares estão felizes com o que estamos vivendo em Israel”, declarou.

Noite das nações tem apresentação do Brasil com música de ‘Michel Teló’

Os 16 países que participam do Mundial Escolar de Futsal se encontraram na noite de ontem (17) em uma universidade da cidade de Rishon Lezion, em Israel, para a “Noite das Nações”. A proposta do evento é a de fazer os atletas interagirem entre eles conhecendo um pouco da cultura de cada país.


Na tenda do Brasil, além de doces, refrigerantes e objetos que lembram a folia brasileira, a delegação levou também uma de suas principais características na visão do mundo: a alegria.

Diretor de relações internacionais da CBDE, Luiz Delphino disse que esse momento é o que melhor traduz o real sentido do Desporto Escolar. Para o brasileiro, que ocupa uma das cadeiras no Comitê de Futsal da ISF, a noite das nações mantém uma tradição que a cada ano evolui.

“Esse conceito segue uma tradição que a ISF propõe quando mescla a competição com o conhecimento cultural de quem representa o seu país em uma disputa desse porte. As tendas mostram muito mais do que as guloseimas oferecidas. O impacto positivo causado nesses encontros é algo que certamente fica como maior legado para quem tem a chance de participar dele”, disse.

Após o dia cheio de atividades sociais e culturais, a delegação brasileira que na noite das nações apresentou um número musical sob o som do cantor brasileiro Michel Teló, regressou ao hotel onde está hospedada na cidade de Bat Yam, em Israel.

Departamento de Comunicação da CBDE
Coordenação e texto: Jesus Filho
Foto: ISF/Divulgação
E-mail: imprensa@cbde.org.br
+ 55: 061 99136-0090 / + 55: 061 3967-7176
Endereço sede: SCN Quadra 01 – Ed. Central Park, Sala 108
Brasília/DF – CEP 70711-903

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *