Estudantes-atletas do JEB´s são recebidos pelo Presidente Jair Bolsonaro

A convite da CBDE e da Secretaria Especial do Esporte, estudantes-atletas que estiveram nos Jogos Brasileiros Escolares – JEB´s 2021 participaram, na tarde de ontem (16/12), de um evento no Palácio do Planalto com a presença do Presidente da República Jair Messias Bolsonaro. O encontro, especialmente preparado para eles, foi marcado por muita emoção e descontração.

Meninas e meninos do Tocantins, Amazonas, Pernambuco, Espírito Santo e Distrito Federal representaram os mais de 5 mil atletas que estiveram no Rio de Janeiro. Assistiram à cerimônia de abertura, ouviram o Ministro da Cidadania, João Roma, o Secretário Especial do Esporte, Marcelo Magalhães, e o Presidente da Confederação Brasileira de Desporto Escolar, Antônio Hora Filho, e prestaram bastante atenção nos conselhos do Presidente Bolsonaro sobre a importância da prática de esportes e a dedicação que cada aluno deve ter em sala de aula.

“As pessoas mais importantes aqui não somos nós. São vocês”, disse ele, um pouco antes de fazer um convite especial aos atletas: conhecer o gabinete presidencial. Lá, em meio a brincadeiras e sorrisos, aconteceu a entrega de presentes, recados gravados pelo Presidente para os pais dos alunos e sessão de fotos – muitas fotos! Confira alguns dos momentos desse dia que ficará marcado na memória dos estudantes-atletas do JEB´s:

Contas 2020 da CBDE são aprovadas por unanimidade pelo Conselho Nacional do Esporte

O Conselho Nacional do Esporte (CNE) aprovou por unanimidade, na manhã de hoje, as contas de 2020 da Confederação Brasileira do Desporto Escolar – CBDE. A 53ª reunião da CNE foi realizada de forma on-line e conduzida pelo Ministro da Cidadania, João Roma, e acompanhada pelo Secretário Especial do Esporte, Marcelo Magalhães, e pelo Presidente da CBDE Antônio Hora Filho, membro permanente do CNE.

A análise do relatório de aplicação de recursos da CBDE feita pela Secretaria de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis), apresentada por Suzana Gonçalves Laranja, Secretária Interina da Secretaria Especial do Esporte, não apontou irregularidades, improbidades, ilegalidades ou vícios na utilização dos recursos por parte da entidade, ou seja, a destinação da verba pública seguiu os padrões exigidos pelos órgãos de controle, sendo assim 100% aprovada pelos membros do CNE presentes na videoconferência.

“Fazer bom uso dos recursos públicos é uma premissa inegociável da nossa gestão e a transparência continua sendo o maior compromisso da CBDE. Não abrimos mão desse comprometimento e da confiança depositada na Confederação”, disse Hora.

O orçamento da CBDE para 2022 foi aprovado, também por unanimidade, durante a Assembleia Geral Ordinária, que aconteceu em Brasília no dia 11 de dezembro na presença das entidades que representam o esporte escolar nacional e os estudantes-atletas. Com isso, espera-se que 11 competições previstas para o ano que vem poderão ser realizadas de acordo com o calendário.

Assembleia Geral Ordinária aprova por unanimidade orçamento 2022 da CBDE

Por: Carolina Martinez
Fotos: Jorge Henrique Oliveira e Cléber Lopes

Entidades que representam o esporte escolar nacional se reuniram hoje (11), em Brasília, para participar da Assembleia Geral Ordinária da Confederação Brasileira de Desporto Escolar – CBDE. O presidente da instituição, Antônio Hora Filho, conduziu os trabalhos. Robson Aguiar, vice-presidente, Francisco Braz, segundo vice-presidente, e Sergio Rufino, ex-presidente da CBDE e membro do Conselho Administrativo, fizeram parte da mesa.

Entre as pautas do encontro estavam o calendário de ações, apresentado por Luiz Carlos Delphino, CEO da entidade, e o orçamento da Confederação para 2022, exposto por José Maria Santucci, Diretor Financeiro, ambos aprovados por unanimidade pelos presentes.

Os Jogos Escolares Brasileiros (JEB´s), o trabalho de governança e complaince realizado pela CBDE, as experiências sobre a viagem recente à Sérvia, onde aconteceu o Mundial Escolar de Handebol e o Auxílio Brasil Esporte Escolar também foram temas brevemente explanados durante o encontro.

O presidente Hora encerrou as atividades do dia com a entrega das placas que homenageiam representantes de Federações pelos relevantes serviços prestados em benefício do desporto escolar durante os JEB´s 2021.

 CBDE reconhece Marcílio Ferreira pelos relevantes serviços prestados ao esporte nacional

O vereador paraibano Marcílio Ferreira foi homenageado pelo presidente Hora na despedida do cargo da Federação Paraibana do Deposto Escolar, cuja saída foi anunciada durante a Assembleia Ordinária da CBDE. Os principais momentos da trajetória de Marcílio à frente da Federação foram lembrados por Hora, que se emocionou no “até breve” do amigo de jornada. Robson Aguiar, vice-presidente, Francisco Braz, segundo vice-presidente, e Sergio Rufino, membro do Conselho Administrativo, agradeceram ao atual vereador pelos relevantes serviços prestados ao esporte nacional.

Comissão do Esporte faz balanço positivo dos Jogos Escolares Brasileiros

Por: Carolina Martinez

Fotos: Jorge Henrique Oliveira e Cleben Lopes

A Confederação Brasileira do Desporto Escolar – CBDE participou, na manhã da quinta-feira (09), em Brasília, de uma audiência pública na Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados, organizada pela Secretaria Especial do Esporte, órgão oficial do ministério da Cidadania, para apresentação do balanço dos Jogos Escolares Brasileiros – JEB´s 2021. Com a participação de representantes do governo federal, de governos estaduais, das federações de esporte escolar e dos atletas, a análise geral foi de que o evento foi bem-sucedido.

O Presidente da CBDE, Antônio Hora Filho, fez parte da composição da mesa, juntamente com os Deputados Felício Laterça (PSL-RJ) e Fábio Mitidieri (PSD-SE). Hora fez uma explanação sobre os pilares estratégicos utilizados para a realização dos jogos, o número de pessoas envolvidas, as entregas realizadas durante a competição e lembrou, ainda, as histórias emocionantes que surgiram durante o evento.

Nívia Vitória foi protagonista de uma dessas passagens. Estudante-atleta de atletismo, ela contou aos presentes sobre a experiência de competir pelo Maranhão nas pistas do Parque Olímpico. “O JEB´s mudou a minha vida para melhor, coisas boas começaram a acontecer depois dos jogos. Eu sou muito grata e quero dizer a todos que me ajudaram: eu vou continuar!”. Ao final do evento, Nívea ganhou uma medalha dos JEB´s das mãos do vice-presidente da CBDE, Robson Aguiar.

Hamilton de Moura, Presidente da Federação Maranhense do Desporto Escolar (FEMADE), Harlei Barroncas, técnico da dupla amazonense de vôlei de praia, Clay Rios, Superintendente de Esportes, Juventude e Lazer do Tocantins, Cristiano d´El Rei, Diretor de Esportes do Paraná, Ítalo Aguiar, Superintendente do Desporto Educacional, Arte e Educação do Goiás também fizeram apresentações sobre as iniciativas do esporte escolar realizadas em seus respectivos estados.

Para conferir a íntegra da audiência, clique no link: cd.leg.br/3oTSVAM

PRONUNCIAMENTO OFICIAL JEB’s 2021

A Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE) vem, por meio desta, prestar os devidos esclarecimentos e tranquilizar os pais e responsáveis de alunos-atletas sobre fatos registrados referentes à logística de hospedagem e de alimentação nos JEB´s. Tão logo tomou conhecimento dos fatos, a CBDE entrou em ação, objetivando solucionar as referidas questões.

Informamos ainda que, no momento, os atletas já estão sendo hospedados. Toda assistência está sendo fornecida aos mais de 6 mil participantes do evento, desde segurança, alimentação, hospedagem e transporte e, acima de tudo, proporcionando alegria, descontração e integração que só o esporte pode oferecer.

Questões pontuais estão sendo solucionadas com celeridade para garantir o pleno sucesso dos Jogos.

CBDE – Confederação Brasileira do Desporto Escolar

Inédito! Brasil conquista o direito de sediar os Jogos Mundiais Escolares Sub-15 em 2023

A candidatura do Brasil foi apresentada oficialmente nesta terça-feira (14.09) ao presidente da Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF, na sigla em inglês), Laurent Petrynka, pelo presidente da CBDE, Antônio Hora Filho, acompanhado do Secretário Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Marcelo Magalhães, que está na Sérvia acompanhado pelo secretário adjunto da pasta, André Alves.

A reunião de apresentação da candidatura brasileira contou ainda com a presença do vice-presidente da CBDE e vice-presidente da ISF, Robson Aguiar; e do CEO da CBDE, Luis Delfino.

“Estamos muito felizes com o sucesso de nossa missão em Belgrado”, celebrou Marcelo Magalhães. Para o secretário, o anúncio tem conexão direta com uma das prioridades da atual gestão da Secretaria Especial do Esporte, que é inverter a pirâmide esportiva brasileira e valorizar o desporto escolar e o esporte de base.

“No dia 29 de outubro começam, no Rio de Janeiro, os Jogos Escolares Brasileiros. Desde o ano passado, quando oficializamos o apoio à CBDE para a retomada dos JEB’s, temos trabalhado para fazer desta edição a melhor de todos os tempos. O resgate dos JEB’s, após um hiato de 17 anos sem a realização do evento, é o primeiro passo para fortalecermos a prática esportiva entre nossos estudantes”, afirmou o secretário Especial do Esporte.

“Em 2022, teremos os Jogos Escolares Sul-Americanos no Brasil. Agora, com os Jogos Mundiais Sub-15 garantidos no Rio em 2023, tenho certeza de que nossas crianças e jovens terão ainda mais motivação para se dedicarem aos estudos e às atividades esportivas”, completou.

O presidente da CBDE agradeceu o apoio recebido pela Secretaria Especial do Esporte e a maneira como o Governo Federal tem apoiado o desporto escolar. “Nossa ideia é contribuir para a formação integral das nossas crianças e jovens. O esporte escolar se coloca como uma ferramenta fundamental nesse processo. Estamos todos de parabéns, pois outros países manifestaram o desejo de receber os Jogos Mundiais Escolares de 2023, mas o Brasil se posicionou bem na forma como defendeu a candidatura”, afirmou Antônio Hora Filho.  

Primeira edição

A primeira edição dos Jogos Mundiais Escolares Sub-15 reúne cerca de 2.500 participantes, de 36 países, que disputam provas em 14 modalidades: atletismo, badminton, basquete, basquete 3 x 3, xadrez, futebol, judô, caratê, orientação, natação, tênis de mesa, taekwondo, vôlei e wrestling. O evento teve início no sábado (11.09) e segue até domingo (19.09).

No total, 27 estudantes do Brasil estão em Belgrado para a competição, o primeiro evento internacional da Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE) desde o início da pandemia, em 2020. O país compete na Sérvia no futebol feminino e no wrestling, tanto no masculino quanto no feminino.

“É uma sensação única representar o meu país. Sensação melhor, impossível! Estou muito feliz”, declarou a paranaense Aline Bergmann, que compete em Belgrado com a seleção feminina de futebol. “Estou feliz por representar o país e por mostrar o futebol do Nordeste aqui na Sérvia”, completou a maranhense Livia Gabrielle, companheira de time de Aline.

Correspondentes esportivos em Belgrado:

Alexandra Alves, Airton Lima (Queridão) e Marcus Cicarini.

Diretoria de Comunicação – Ministério da Cidadania

Francisco Braz, segundo vice-presidente da CBDE, recebe visita de representantes do Tocantins e de Roraima

Por: Wesley Soares

BrasíliaNa manhã desta terça-feira (14), o segundo vice-presidente da CBDE, Francisco Braz, recebeu a visita doSuperintendente de Esportes, Juventude e Lazer do Estado do Tocantins, Clay Rios e do Diretor do Instituto do desporto de Roraima, Dinaildo Barreto da silva.

Clay e Dinaildo conheceram a estrutura da entidade, e em seguida se reuniram com Braz e conversaram sobre o andamento e a importância da realização das seletivas para os JEBs em cada estado.

“Vamos trabalhar dialogando para ampliar as ações esportivas escolares em cada estado. Estou feliz por receber representantes dos estados do Tocantins e Roraima. Não mediremos esforços para que os nossos estudantes atletas possam continuar alcançando posições de destaque em todas as competições que participarem”, disse Braz.

Logo após a visita, Clay Rios e Dinaildo Barreto seguirampara outros compromissos em Brasília. Antes, porém, fizeramquestão de cumprimentar os colaboradores da CBDE conhecendo de perto cada setor. 

Ascom – Confederação Brasileira do Desporto Escolar

CBDE tem suas contas do exercício 2020 aprovadas por unanimidade

Por: Jesus Filho
 
Brasília – Entidades representativas do Desporto Escolar Nacional e Representantes dos Atletas se reuniram remotamente nesta sexta-feira (30), durante a Assembleia Geral promovida pela CBDE. O encontro contou com a presença do presidente Antônio Hora Filho que presidiu os trabalhos, e também de Robson Aguiar, vice-presidente da entidade. 
 
Seguindo as regras de compliance dando transparência as decisões que são tomadas visando difundir a prática esportiva nas escolas, a cada três meses a CBDE é submetida a uma rigorosa auditoria que visa dar à sociedade e aos órgãos de controle respostas sobre o que é feito com os recursos públicos que a entidade gere.
 
Durante a reunião, representantes dos atletas e os presidentes das federações filiadas, aprovaram por unanimidade as contas da CBDE do exercício de 2020, fator que comprova o compromisso da entidade com a lisura e respeito pela coisa pública.
 
Ainda durante o encontro, outros temas também foram discutidos, como: a aprovação e revisão do estatuto da entidade; aprovação do orçamento deste ano; validação do relatório de atividades do ano vigente; e, também, a apresentação e aprovação do plano estratégico quadrienal 2021 a 2024. 

Para a especialista em Governança e Processos da CBDE, Anne Affiune, os itens da pauta são temas tratados no Estatuto Social da Entidade, de competência exclusiva da Assembleia e cumprem o rito orientado pela legislação vigente. Affiune afirma ainda que as boas práticas de governança, que preveem que os órgãos coletivos das entidades, possuem o papel de participar da elaboração, execução e fiscalização das políticas esportivas e demais ações e aplicações financeiras promovidas pelas entidades. 

Com o objetivo de atuar com zelo na importante tarefa de fomento e administração do desporto escolar no país, a CBDE segue prezando pela ética, transparência e integridade em todos os seus atos.
 
Ascom – Confederação Brasileira do Desporto Escolar 

Com a presença do Presidente Antônio Hora, Bolsonaro assina decreto que cria o Programa Integra Brasil

Por: Jesus Filho

(Brasília – DF, 17/03/2021) Lançamento do Programa Integra Brasil. Foto: Isac Nóbrega/PR

Brasília – Na tarde desta quarta-feira (17.03), o presidente Jair Bolsonaro instituiu por meio de um decreto o ‘Programa Integra Brasil’ que visa sensibilizar, promover e enfrentar violações de direitos humanos, ampliar o acesso e o alcance da prática esportiva no país e prevenir o uso de álcool e outras drogas nos diversos espaços e ambientes esportivos. Agora, o Integra Brasil deixa de ser projeto ministerial para se tornar programa governamental, o que dá ainda mais força à iniciativa. Além disso, a ação ganhou mais dois parceiros: o Ministério da Educação e a Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE).

“Para nós, que compomos a Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE), é uma honra e um privilégio unir esforços com o Governo Federal e algumas entidades privadas no sentido de estabelecer uma política pública com pilares estratégicos bem definidos para proteger nossos jovens”, disse Antônio Hora Filho.

Além de Hora Filho, a cerimônia realizada no Palácio do Planalto, em Brasília, contou com a presença do ministro da Cidadania, João Roma; da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves; do ministro da Educação, Milton Ribeiro; do presidente da CBF, Rogério Caboclo; além de secretários das pastas envolvidas, como Marcelo Magalhães, da Secretaria Especial do Esporte; e Ronaldo Lima, da Secretaria Nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, ambos do Ministério da Cidadania.

“A proposta é muito nobre. Ele foi criado para tornar o futebol um aliado da luta por um país com mais direitos humanos, menos drogas, menos violência e mais educação e possibilidade de um futuro melhor para nossos jovens. Ele está totalmente alinhado com o pensamento do presidente Jair Bolsonaro e o decreto assinado hoje é a prova disso”, contou o secretário especial do Esporte, Marcelo Magalhães.

(Brasília – DF, 17/03/2021) Lançamento do Programa Integra Brasil. Foto: Isac Nóbrega/PR

A proposta foi lançada em 2019 e promulgada em 2020 como projeto da Secretaria Nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, em parceria com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Além do decreto, foram assinados dois Acordos de Cooperação Técnica entre o Ministério da Cidadania, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e o Ministério da Educação com a Confederação Brasileira de Futebol e a Confederação Brasileira de Desporto Escolar. Os acordos visam a implementação de ações conjuntas que promovam os direitos humanos e a defesa dos direitos do torcedor por meio de todas as modalidades do futebol.

“É um grande orgulho estar aqui representando o futebol do Brasil em um projeto de inclusão social que se relaciona com educação, com o afastamento dos jovens das drogas, entre outros”, contou Rogério Caboclo.

Com foco na promoção de ações que buscam prevenir à violência doméstica e nos estádios durante os jogos de futebol, o programa estimula o enfrentamento as violações dos direitos humanos. Além disso, pretende auxiliar na redução de violações de direitos das crianças e dos adolescentes, na redução da discriminação racial, na redução da violência contra a mulher, na promoção da igualdade de oportunidades e na promoção do esporte para pessoas com deficiência e em situação de vulnerabilidade social.

Ascom – Confederação Brasileira do Desporto Escolar

CBDE inova mais uma vez na elaboração do orçamento participativo 2021

Por: Wesley Soares

Brasília – Prezando sempre pela transparência e eficiência da gestão do desporto escolar nacional, a CBDE se reuniuontem (18/11), para definir e priorizar recursos referente ao orçamento participativo do ano de 2021. 

Para a condução dos trabalhos, a CBDE contou com o auxílio do renomado consultor, professor José Finocchio, que utilizou as mais modernas técnicas para o bom andamento das atividades.

Participaram dessa reunião o presidente Antônio Hora, o Vice-presidente Robson Aguiar, o CEO Luiz Delphino, oDiretor de Administrativo Financeiro José Maria Santucci, a especialista em governança processos, Anne Affiune e os representantes da Secretaria Especial de Esportes, Carlos Lombardi e Mario Vaz.

Ao final da reunião foram elencados os projetos que receberão prioritariamente os recursos no orçamento de 2021.

Remotamente também participaram, os membros da comissão de atletas, do conselho de administração e ospresidentes das federações.

Ascom – Confederação Brasileira do Desporto Escolar