Salvador será a cidade sede do Brasileiro Escolar de Basquete 3×3

Por: Jesus Filho

Brasília – A capital baiana foi escolhida pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), para ser a cidade sede da próxima edição do Brasileiro Escolar de Basquete 3×3 que ocorre de 04 a 09 de novembro e promete fortes emoções. Entre os roteiros turísticos mais populares do país, além do fator hoteleiro e da malha aérea diversificada, pesou também o fato de o Governo do Estado, através da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), não só acreditar no esporte estudantil, como o de apoiar, nesta edição, o evento que promete atrair centenas de estudantes para as disputas.

Objetivando trabalhar em conjunto buscando o fortalecimento do esporte estudantil nacional, CBDE e Sudesb atuam afinadas em prol do segmento, promovendo juntas, o maior Brasileiro de Basquete 3×3 já realizado no Brasil. O evento credenciará os campeões da “Série Ouro” para o Mundial ISF da modalidade que ocorre em 2020, na Índia. Mas para conseguir o carimbo no passaporte, os estudantes primeiro precisam passar pela seletiva nacional que deve não só bater recorde de participantes, como também de superação.

Para Fernando Mabilbe, uma das personalidades mais respeitadas do basquetebol nacional, a seletiva este ano deve mostrar um alto nível técnico, fator que será preponderante no que se refere a participação brasileira na Índia.

– A expectativa é altamente positiva, sobretudo pelo fato do basquete 3×3 ter se tornado uma modalidade Olímpica. Por isso, iremos promover o maior brasileiro desta modalidade já realizado no Brasil, para que os estudantes possam competir em alto nível. Esclareço, ainda, que não só entendo a decisão de mudar a sede da competição do Rio Grande do Sul, para a Bahia, como desejo e, irei trabalhar, para que o evento seja um sucesso – revelou o professor que será um dos responsáveis técnicos do torneio em Salvador.

Técnico brasileiro no último Mundial disputado na Sérvia, o paulista, Márcio Izidro, experiente em torneios estudantis nacionais e internacionais, disse que a evolução do basquetebol brasileiro está atrelada ao trabalho que é realizado na base.

– O futuro de qualquer esporte começa na base. Por isso, as competições realizadas pela CBDE, no Brasil, são importantíssimas para que possamos continuar cada vez mais conquistando posições de destaque em âmbito internacional. Tenho certeza que a seletiva nacional será um sucesso, garantindo uma excelente participação verde e amarela na Índia ano que vem – sentenciou.

No último Mundial ISF de Basquete 3×3 realizado em Belgrado, na Sérvia, o Brasil ficou na 10ª colocação com a equipe feminina e, na 16ª posição, com o time masculino. Na oportunidade, a delegação brasileira foi composta por estudantes do Colégio Amorim, de São Paulo, que fizeram uma honrosa campanha na Europa.

Feliz pelo momento positivo ao qual atravessa o Desporto Escolar Nacional, Antônio Hora Filho falou com entusiasmo sobre a realização do 3×3 na Bahia. Segundo o presidente da CBDE, a expectativa, sobretudo após o anúncio da parceria com a Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), é de uma etapa nacional que proporcione uma experiência única para as delegações participantes.

Clique abaixo e veja a NOTA OFICIAL e o REGULAMENTO do Brasileiro Escolar de Basquete 3×3.

2019-09-20-Nota-Oficial-Basquete-3x3_v2-1

2019-09-20-Basquete-3×3-Regulamento_v4-1

Ascom – Confederação Brasileira do Desporto Escolar