Federações escolares falam sobre a expectativa para o início dos JEB’s

 

 

Por: Jesus Filho

Malas prontas rumo ao Rio de Janeiro e muita disposição para viver dias mágicos no palco que sediou as Olimpíadas de 2016 no Brasil. Representar sua escola nos JEB’s é o objetivo de estudantes-atletas de diversas regiões do país que buscam conter a ansiedade antes do início das disputas. 

Engrenagem que faz o Esporte Escolar acontecer, as federações escolares, em parceria com os Estados, realizaram nas últimas semanas seletivas para a competição. E a cada vitória conquistada, carimbar o passaporte para o Rio de Janeiro abre-alas para um misto de sensações. 

“A nossa cidade está de portas abertas para receber as delegações que irão desembarcar para a disputa dos Jogos Escolares Brasileiros. Junto com o Governo do Rio, fizemos uma ampla seletiva e eu acredito que como anfitriões, nossos estudantes irão buscar nas mais diferentes modalidades posições de destaque no pódio”, revelou Eduardo Domingues, presidente da Federação de Esportes Estudantis do Rio de Janeiro. 

Entusiasmo compartilhado com Fernando Mabilde, presidente da Federação do Desporto Escolar do Rio Grande do Sul (FDERS), que revelou a sua alegria em retornar aos Jogos Escolares Brasileiros. 

“Atuei durante muitos anos nos JEB’s como árbitro de basquete. E agora volto com uma nova geração que até sabe que a medalha é importante, mas que também quer ter a oportunidade de viver esse intercâmbio repleto de oportunidades”, disse.

O evento reunirá quase 8 mil pessoas no Rio de Janeiro entre os dias 31 de outubro e 15 de novembro. Para Gilson Pereira, presidente da Federação Paraense do Desporto Escolar (FPDE), a parceria entre a CBDE e o Governo do Brasil têm feito a diferença na formação do cidadão. 

“No Rio de Janeiro, mais uma vez o Brasil irá se encontrar por conta dessa oportunidade única que o Esporte Escolar oferece. Tudo feito com carinho para que os estudantes-atletas apenas se preocupem em competir. Iremos levar uma expressiva delegação aqui do Pará e eu estou muito feliz de ver crianças de todas as regiões do meu estado contempladas por essa união de esforços institucionais que faz completa diferença no futuro dessa juventude”, declarou. 

Ao todo, durante os JEB’s, 17 modalidades serão disputadas. A competição ocorre no Parque Olímpico do Rio, na Universidade da Força Aérea (UNIFA), e também no Complexo Esportivo de Deodoro. O evento será transmitido ao vivo através do canal da CBDE, no youtube.

Paula Hernandez fala sobre a importância do time de voluntários nos JEB’s

Por: Jesus Filho

Personagens que não ganham medalhas, mas fazem total diferença em um mega evento do tamanho dos Jogos Escolares Brasileiros, os voluntários são fundamentais para que a competição seja um sucesso. Mas para isso ocorrer, existem algumas regras fundamentais que estimulam homens e mulheres apaixonados pelo esporte a se deslocar do país inteiro rumo ao Parque Olímpico do Rio de Janeiro. 

Experiente no ramo, a mineira Paula Hernandez que pelo segundo ano consecutivo é a gerente dos voluntários dos JEB’s, enfatizou não só a importância do setor, como trouxe detalhes de como serão as ações esse ano. 

“Para ser voluntário a disponibilidade de tempo e  experiência contam muito. Entretanto, é necessário tratá-los bem para que eles possam voltar. Esse ano a expectativa é a de termos entre 350 a 400 pessoas nos ajudando em todas as áreas do evento. Minha equipe e eu fizemos um levantamento e há candidatos a voluntários de todo o Brasil, o que enche nosso coração de alegria e mostra a diversidade do Programa de Voluntários, mas que também acaba aumentando a nossa responsabilidade”, destacou. 

A novidade para esse ano é a parceria que foi feita com universidades do Rio de Janeiro, que irão divulgar e incentivar os acadêmicos para participar dos Jogos. Segundo Paula Hernandez, as inscrições podem ser realizadas até o próximo dia 23 de outubro.

“O candidato que quiser fazer parte do nosso time pode fazer a sua inscrição através do nosso site. Aqui, além do uniforme, credencial e um certificado de participação, os voluntários recebem, também, alimentação e um auxílio transporte para ser utilizado no seu deslocamento durante seu período de trabalho”, contou. 

Os Jogos Escolares Brasileiros são realizados pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), em parceria com a Secretaria Especial do Esporte, órgão oficial do Ministério da Cidadania. O evento ocorre entre os dias 31 de outubro e 15 de novembro, no Rio de Janeiro. A entrada aos locais de competição é franca, mas as modalidades disputadas serão transmitidas ao vivo no canal da CBDE, no youtube. 

Para se tornar um voluntário dos JEB’s, CLIQUE AQUI.

 

Brasil estreia com vitórias no Mundial ISF de Basquete

Por: Jesus Filho / Foto: Lucas Vasconcelos 

A delegação brasileira começou bem a sua participação no mundial escolar de basquetebol, evento realizado pela Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF), que acontece ao longo desta semana na cidade de Belgrado, na Sérvia. 

Alunas do Colégio Betta, do Paraná, as meninas do Brasil enfrentaram e venceram a Irlanda em um jogo bonito de assistir. Com o placar elástico de 60 a 39, a vitória verde e amarela foi consolidada pelo talento individual da equipe que fez bonito em sua estreia. 

Liderados pelo experiente técnico Márcio Izidro, o time masculino do Brasil formado por estudantes do Colégio Amorim, de São Paulo, em seu primeiro compromisso na competição, pegou o Chile. Em um jogo tecnicamente superior para a equipe tupiniquim, os brasileiros não tiveram problemas para vencer a partida em 73 a 41. 

Nesta quinta-feira, 22 de setembro, o Brasil enfrenta a França pelo masculino, às 5h30, e a Sérvia, pelo feminino, às 8h, horário de Brasília. Os dois jogos serão transmitidos ao vivo, através do canal oficial da CBDE, no youtube.



CNE aprova por unanimidade as contas da CBDE

Por: Jesus Filho

O Conselho Nacional do Esporte (CNE) aprovou, por unanimidade, nesta quarta-feira, 21 de setembro, o relatório de aplicações de recursos da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), por unanimidade. Junto com a Secretaria Especial do Esporte, os órgãos analisam diversos requisitos previstos na lei, como o limite de gastos com a atividade-meio, a distribuição de recursos para as Confederações de maneira meritocrática, dentre outros.

“Austeridade e governança norteiam nossa gestão. E esse resultado mais uma vez comprova não só o respeito da CBDE pela coisa pública, como reafirma o nosso compromisso em priorizar a transparência como pilar essencial nas ações que são tomadas cotidianamente pelo nosso Conselho de Administração”, ressaltou o presidente Antônio Hora Filho. 

O encontro contou com a presença do ministro da Cidadania, Ronaldo Bento, do secretário Especial do Esporte, Marcello Magalhães, e do vice-presidente da CBDE, Robson Aguiar, que trouxe uma novidade importante para a comunidade escolar do Brasil. 

Durante a reunião, foram aprovadas as diretrizes do CEM, trata-se de um programa esportivo que busca viabilizar recursos do governo federal, através do ministério, para a criação de campeonatos municipais que irão servir como seletiva para as etapas estaduais dos Jogos Escolares Brasileiros (Jeb’s). “O desenvolvimento do esporte escolar nacional será muito impactado com a implementação desse programa. É uma ação de extrema importância sobretudo porque ela vai viabilizar que recursos cheguem na base fazendo a diferença no futuro de novas gerações. Tudo isso só é possível graças ao incentivo do governo brasileiro que entende que esporte não é despesa, mas investimento”, revelou Aguiar. 

O Conselho Nacional do Esporte é um colegiado de assessoria ao Ministro da Cidadania no desenvolvimento de políticas em prol do desporto nacional, representando um passo a mais na criação de novas perspectivas para o futuro do esporte no país. Criado pelo Decreto 4.201, de 18 de abril de 2002, o CNE tem por objetivo buscar o desenvolvimento de programas que promovam a prática intensiva e planejada da atividade física para toda a população, além da melhoria do padrão de organização, gestão, qualidade e transparência do setor.

Delegação feminina do Brasil vai à Bélgica participar do ‘She Runs’

Por: Jesus Filho
 
Entre os dias 12 e 17 de setembro a Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF), realiza pela primeira vez uma competição exclusivamente voltada para as mulheres. O She Runs é uma corrida internacional única que promove o bem-estar e liderança feminina através do esporte escolar, promovendo a igualdade de gênero ao mesmo tempo que cria e desenvolve uma rede de jovens mulheres líderes no segmento em todo o mundo.
 
A delegação brasileira será formada apenas por estudantes-atletas mulheres que carimbaram o passaporte através das seletivas realizadas pelas federações escolares em seus estados. Entre os seus pilares estratégicos, a equidade de gênero tem feito a diferença nas competições que a CBDE realiza no Brasil ou participa em todo o mundo. 
 

Com a certeza de que será um inesquecível intercâmbio cultural, o evento contará com a participação de diversos países de todos os continentes que junto do Brasil prometem realizar uma linda festa em Bruxelas. 

Confira abaixo a composição da delegação: 
 
 
 
 

Pará e Santa Catarina vencem a ‘Série Ouro’ do Brasileirão Escolar de Futsal

Por: Jesus Filho

Finais e premiação do Brasileirão Escolar de Futsal. Foto: Filipe Carrapato/CBDE

Em uma semana esportiva histórica na linda cidade de Balneário Camboriú, escolas de todo país se despediram de uma das competições mais disputadas dos últimos anos. Modalidade entre as mais populares do país, o futsal abriu alas para o talento de estudantes-atletas que elevaram o nível e fizeram uma bonita festa em Santa Catarina. 

Desde a fase classificatória até os jogos finais, respeito e disciplina deram o tom em uma competição escolar onde a democratização do esporte oportunizou que o Brasil se encontrasse no sul do país. Com um nível técnico elevadíssimo, 56 equipes lutaram pelo título nacional em jogos que fizeram a família brasileira sentar no sofá e acompanhar a transmissão ao vivo realizada pela CBDE em seus canais oficiais de comunicação. 

Pela “Série Cobre” a equipe feminina do colégio Ateneu, do Ceará, venceu por 6 a 5, a escola Oquerlina Torres, de Tocantins, e garantiu o título brasileiro. Já pelo masculino a conquista ficou com a escola Médio Félix Camôa que passou pela escola Cândido Mariano com o elástico placar de 8 a 4, conquistando a desejada medalha de ouro. 

Finais e premiação do Brasileirão Escolar de Futsal. Foto: Filipe Carrapato/CBDE

A escola amapaense Sônia Barreto foi a campeã da Série Bronze. As meninas venceram o colégio Dom Pedro, de Goiás, por 3 a 1 e levaram o título. No masculino, a disputa acirrada ficou entre as escolas Major Guapindaia, de Rondônia, e Batista Mineiro, de Minas Gerais. Em um jogo disputado, quem levou a melhor foi o time rondoniense que voltou para casa campeão nacional após vencer a partida por 4 a 3. 

Na disputa da “Série Prata”, o colégio Odete São Paio, do Rio de Janeiro, levou o ouro feminino depois de vencer o Recanto, do Amazonas, por 3 a 1. Já o time masculino do colégio Intensivo, de Alagoas, venceu por 7 a 4 a equilibrada equipe da escola Emir Gomes, do Espírito Santo, conquistando o troféu. 

Finais e premiação do Brasileirão Escolar de Futsal. Foto: Filipe Carrapato/CBDE

Na disputa da série ouro, como não poderia ser diferente, as finais foram eletrizantes. No feminino o Brasileirão foi conquistado pelo time da escola Joaquim Ramos, de Santa Catarina que venceu a disputa contra a escola Nip, de Pernambuco, por 5 a 2. 

Já no masculino, a partida que encerrou o campeonato foi decidida nos pênaltis. E o colégio Santa Rosa, do Pará, embalado por ter vencido o bicampeão brasileiro, o Colégio Amorim, de São Paulo, na semifinal, foi o grande vencedor. No tempo regulamentar foi um gol para cada lado, mas nos pênaltis, não deu para a escola Giardini Lenzi que mesmo lutando bravamente não conseguiu segurar o embalado time paraense que voltou para casa Campeão do Brasil. 

Finais e premiação do Brasileirão Escolar de Futsal. Foto: Filipe Carrapato/CBDE

Durante a premiação, o presidente da CBDE, Antônio Hora Filho agradeceu as escolas pela participação no campeonato e desejou um bom retorno às delegações em sua volta para casa. O evento terminou com a alegria dos estudantes-atletas que independente da medalha, retornam com a bagagem repleta de conhecimento.

CBDE promove ‘Dia Cultural’ para estudantes-atletas no Beto Carrero

Por: Jesus Filho

Dia Cultural para os estudantes-atletas que participam do Brasileiro Escolar de Futsal. Foto: Filipe Carrapato/CBDE

Participar das competições realizadas pela CBDE no Brasil é muito mais do que disputar uma medalha. Ter a chance de viver uma atmosfera única onde se divertir é o principal objetivo, vem sendo o desejo de estudantes-atletas de todo país que têm a chance de estarem nos nossos eventos esportivos.

Durante o Brasileiro Escolar de Futsal, promovido em Balneário Camboriú, as delegações deram uma pausa nas confrontos para conhecerem o parque temático do Beto Carrero. E já que a ordem era aproveitar o dia, as escolas representadas pelos estudantes-atletas não se importaram com as longas filas e viveram um dia pra lá de especial. 

Dia Cultural para os estudantes-atletas que participam do Brasileiro Escolar de Futsal. Foto: Filipe Carrapato/CBDE

Aos 16 anos, a estudante Amazonense Cláudia Silva expressou em poucas palavras o que viveu neste dia cultural que ela promete jamais esquecer. “Graças a CBDE estou realizando o sonho de estar aqui. Nunca imaginei. Estou feliz e realizada não só por conhecer a cidade de Balneário Camboriú, como também por estar no Beto Carrero”, disse. 

Presidente da Federação Cearense do Desporto Escolar, Átila Bessa falou com alegria sobre mais uma competição realizada pela confederação no Brasil. Segundo o dirigente conhecido pelo seu bom humor, a parte pedagógica é fundamental para que os estudantes possam ter uma formação que lhes permita ampliar os horizontes e continuar sonhando com um futuro melhor. 

Dia Cultural para os estudantes-atletas que participam do Brasileiro Escolar de Futsal. Foto: Filipe Carrapato/CBDE

Entre os brinquedos mais desejados durante o passeio pelo Beto Carrero, a “Big Tower” foi o ponto de encontro da galera que fez questão de encarar os 100 metros de altura em queda livre sem o menor medo. Estudante-atleta do Pará, Gabriel Santos foi um dos corajosos que brincaram no “elevador”. “Foi muito massa! Quero ir de novo”, revelou. 

O Dia Cultural terminou com sorriso no rosto, muita alegria e a satisfação de ter participado de um momento único que só o esporte escolar é capaz de traduzir.

Abertura oficial e disputas eletrizantes marcam início do Brasileiro Escolar de Futsal

Por: Jesus Filho

Brasileirão Escolar de Futsal. Foto: Filipe Carrapato/CBDE

Delegações de todas as partes do Brasil estão em Balneário Camboriú onde disputam as emoções do Brasileiro Escolar de Futsal. O evento conta com a participação de cerca de mil pessoas entre estudantes-atletas, arbitragem, professores, dirigentes e o time de colaboradores que faz a engrenagem desse grande evento acontecer. 

Realizada no ginásio Sérgio Lorenzatto, a Cerimônia Oficial que abriu o campeonato contou com a presença do presidente da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), Antônio Hora Filho, e também de seu vice-presidente, Robson Aguiar, que fizeram questão de homenagear o diretor da Fundação Catarinense de Esportes (Fesporte), Kelvin Nunes, pelas ações conjuntas que estimulam a prática esportiva nas escolas e promovem eventos esportivos como o Brasileiro em Santa Catarina. 

Com direito a ‘Pira Olímpica’ acesa, juramento de atletas e dos árbitros, a cerimônia mostrou não só a alegria das delegações oriundas de todas as partes do país que participam da competição, como também revelou a euforia dos estudantes com o início das disputas. 

Brasileirão Escolar de Futsal. Foto: Filipe Carrapato/CBDE

E se a abertura foi um verdadeiro sucesso, dentro de quadra com a bola rolando o nível técnico ficou evidente. Grande campeã brasileira, o Colégio Amorim chegou com a vontade de manter-se no topo do país. Nas últimas duas edições dos mundiais escolares de futsal, a escola representou o Brasil e levou o título. Fato que não o torna favorito nesta edição, segundo disse o técnico Vinícius Moraes.

– Do último mundial escolar até aqui passaram quatro anos. Temos um novo time, uma outra formação e as escolas se prepararam para esse brasileiro. Um dos grandes times que vi aqui é o do Colégio Santa Rosa, do Pará, que veio forte, assim como as equipes de Minas Gerais e de Santa Catarina. 

Brasileirão Escolar de Futsal. Foto: Filipe Carrapato/CBDE

Pelo formato de disputas, as escolas competem em quatro séries, podendo levar a medalha de ouro. São elas: ouro, em que lutam pelo título brasileiro, além das de prata, bronze e também de cobre, oportunidade em que irão disputar uma medalha e a posição no pódio. 

Artilheiro da equipe masculina de Santa Catarina, o camisa número 11, Custódio, disse que os primeiros jogos já mostram uma tendência de que as disputas serão ainda mais difíceis. “O nosso time veio forte, mas as demais equipes também. Isso deixa a competição mais atrativa e nos estimula a continuar lutando pelo título nacional”, contou. 

Brasileirão Escolar de Futsal. Foto: Filipe Carrapato/CBDE

O Brasileiro Escolar de Futsal ocorre até o próximo dia 31, em Balneário Camboriú. O evento conta com a participação de 56 equipes, 28 no gênero masculino e, outras 28, no feminino. A entrada nos ginásios é franca, mas os jogos para quem estiver fora da cidade serão transmitidos ao vivo pelos nossos canais oficiais de comunicação.  

 

Começa o Brasileiro Escolar de Futsal em Balneário Camboriú

Por: Jesus Filho

Delegações desembarcam em Balneário Camboriú para a disputa do Brasileiro Escolar de Futsal. Foto: Filipe Carrapato/CBDE

Estudantes-atletas de todas as partes do Brasil desembarcaram neste domingo (24), onde disputam o Brasileirão Escolar de Futsal. O evento é realizado pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), em parceria com a Federação do Desporto Escolar de Santa Catarina (FCDE). Com apoio do Ministério da Cidadania, do Governo do Estado de Santa Catarina, da Prefeitura Municipal de Balneário Camboriú, e da Univale, as delegações terão apenas um único objetivo: se divertir. 

Essa é a primeira vez que a CBDE realiza uma competição escolar em Balneário Camboriú. Ao todo, são 56 equipes divididas entre os gêneros: masculino e feminino. Além do título brasileiro, nas quatro séries de disputas (ouro, prata, bronze e cobre), os estudantes lutarão por uma posição de destaque no pódio. 

A expectativa é que esse seja o maior campeonato escolar de futsal já realizado no país pela CBDE. Com recorde absoluto de participantes, o evento ocorre simultaneamente em cinco ginásios esportivos, com destaque para o Sérgio Lorenzatto, em Balneário Camboriú, onde irão acontecer as cerimônias de abertura e de encerramento do evento. 

Segundo Ítalo Aguiar, diretor de operações da CBDE, já está tudo pronto para o início das disputas. “As instalações estão preparadas e todo o nosso time também. Queremos que os estudantes tenham uma excelente experiência e estamos trabalhando para que isso aconteça”, disse. 

Você acompanha as emoções do Brasileiro Escolar de Futsal, ao vivo, através dos nossos canais oficiais de comunicação. 

Campeonato Brasileiro Escolar de Futsal promete agitar Balneário Camboriú

Por: Jesus Filho 

Crédito: Tiago Ciccarini

Entre os dias 24 e 31 de julho, estudantes-atletas de todos os estados do país irão disputar o Campeonato Brasileiro Escolar de Futsal. O evento é realizado pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar – CBDE, e conta com o apoio da Federação Catarinense do Desporto Escolar – FCDE, e também, por meio da Fesporte (Fundação Catarinense de Esporte), órgão oficial do Governo do Estado de Santa Catarina.

Ao todo, a estimativa é que a competição reúna mil pessoas entre atletas, técnicos, arbitragem e todo o time de colaboradores que trabalha nos últimos detalhes para o início das disputas. Essa é a primeira vez que um evento escolar é promovido pela CBDE em Balneário Camboriú. Cidade entre as mais visitadas do Brasil em razão de suas belezas naturais, o esporte terá mais uma vez a missão de promover um amplo intercâmbio socioeducativo com o objetivo de auxiliar o jovem em sua formação.

Além da Arena CBDE, montada dentro do Complexo de Multieventos Sérgio Lorenzato, em Balneário Camboriú, as disputas ocorrerão simultaneamente em outras duas cidades. Nos ginásios da Universidade do Vale, e de Itamirim, em Itajaí, e também, no Ginásio de Esportes Vereador Luis Augusto Ribeiro (Guga), no município de Camboriú. A entrada para os confrontos é franca, mas quem não puder ir, pode acompanhar as emoções do brasileiro através dos canais oficiais de comunicação da CBDE.