CBDE promove Campeonato Brasileiro virtual em diferentes modalidades

Por: Jesus Filho

Brasília – Entre os dias 17 e 25 de julho, estudantes atletas de todo país são convidados a participar de mais um super desafio virtual promovido pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE). Dessa vez, em duas modalidades, os participantes terão a chance de concorrer a uma super premiação. Mas para participar é preciso ficar atento ao Regulamento Geral da Competição e praticar tanto o “Futebol Show – estilo freestyle”, quanto o “Karatê – estilo kata individual”.

O desafio será realizado virtualmente através de vídeos que podem levar até 55 segundos. A atividade precisa obrigatoriamente ser gravada em formato “horizontal”, sem qualquer tipo de edição. Durante as inscrições na fase nacional, as federações enviarão os vídeos através de uma plataforma que a CBDE orientará. A comissão organizadora será composta pelos colaboradores da coordenação técnica e de comunicação de nossa entidade.

Apenas estudantes matriculados em instituições de ensino autorizadas pelas federações locais poderão participar do desafio. Cada entidade estadual poderá indicar 01 (um) atleta por modalidade, gênero e categoria. Lembrando que para a postagem dos vídeos, o participante deverá seguir o perfil oficial da CBDE no instagram, “cbdeoficial”.

A primeira etapa da competição será realizada pela federação estadual do desporto escolar. Ficará a cargo da entidade local a realização de uma seletiva que irá classificar seus representantes para a 1ª fase da etapa nacional. Depois que receber os vídeos, a CBDE selecionará os melhores através do voto popular que classificará os estudantes atletas para as próximas fases do desafio.

Na disputa final, os participantes gravarão novos vídeos que serão exibidos ao vivo. A soma do voto popular e das notas técnicas definirá quem serão os vencedores do campeonato.

Então não perca tempo e participe!

Clique AQUI e confira o regulamento completo. 

Ascom – Confederação Brasileira do Desporto Escolar 

 

 

Novo presidente da FTDE, Lécio Guimarães visita sede da CBDE em Brasília

Por: Jesus Filho

Brasília – Na manhã desta quinta (08), o novo presidente da Federação Tocantinense do Desporto Escolar (FTDE), Lécio Guimarães, visitou na capital federal a sede da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE). Recepcionado pelo vice-presidente Robson Aguiar, o professor conheceu a estrutura da entidade e não escondeu o entusiasmo pela missão que lhe foi confiada. 
 
“Vamos trabalhar dialogando com a CBDE no sentido de ampliar as ações esportivas escolares em nosso estado. Estou feliz pela recepção e não medirei esforços para que os nossos estudantes atletas possam continuar alcançando posições de destaque tanto nas competições nacionais, quanto nas internacionais que participarem”, disse. 
 
Segundo Robson Aguiar, fortalecer as federações filiadas é imprescindível no desenvolvimento da base esportiva de nosso país. 
 
“Receber o novo presidente da FTDE é motivo de orgulho para todos nós da CBDE. Sabemos do seu compromisso com o esporte escolar e iremos aglutinar esforços para que o estado do Tocantins continue sendo esse importante elo na formação do cidadão de bem”, contou. 
 
Logo após a visita, Guimarães seguiu para outros compromissos em Brasília. Antes, porém, fez questão de comprimentar os colaboradores da CBDE conhecendo de perto cada setor. 
 
Ascom – Confederação Brasileira do Desporto Escolar 

Agora é oficial: Seletiva Nacional para a Gymnasíade é cancelada pela CBDE

Por: Jesus Filho

Brasília – Seguindo as orientações das autoridades públicas de saúde, tendo em vista a indefinição da Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF), quanto a realização da Gymnasíade prevista para ocorrer no fim deste ano, na China, a Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), informa que a Seletiva para o torneio, competição que ocorreria entre os meses de junho e agosto, em Aracaju, capital do estado de Sergipe, está cancelada. 

Em Nota Oficial assinada pelo presidente Antônio Hora Filho e enviada às entidades representativas do desporto escolar nacional, ficou definido, também, o adiamento do Mundial ISF de Vôlei para 2022. A competição segue mantida para ser realizada em Foz do Iguaçu, no Paraná. 
 
Clique AQUI e confira o documento. 
 
Ascom – Confederação Brasileira do Desporto Escolar  
 
 
 
 
 

Deputado Federal Júlio César Ribeiro visita sede da CBDE em Brasília

Por: Wesley Soares 

Brasília O Deputado Federal, Julio Cesar, vice-presidente da Comissão de Esportes da Câmara doDeputados, esteve na tarde desta quarta-feira (02), na sede da Confederação Brasileira do Desporto Escolar CBDE, em Brasília.

Recepcionado pelo presidente Antônio Hora Filho, conheceu as instalações ao lado do vice-presidente, Robson Aguiar. Simpático, o deputado cumprimentou funcionários e fez questão de enfatizar a importância do trabalho feito pela entidade na formação dos nossos jovens.

O esporte é uma atividade abrangente, engloba diversas áreas importantes para a humanidade, como saúde, educação e turismo. É importante destacar também o papel social que o esporte desempenha no desenvolvimento integral dos nossos jovens. A prática do esporte envolve a aquisição de habilidades físicas e sociais, valores, conhecimentos, atitudes e normas. O esporte é uma forma de sociabilização e de transmissão de valores”.

Após conhecer as instalações da CBDE, o Deputado Federal Julio Cesar se reuniu com o presidente Hora em seu gabinete e se comprometeram a trabalhar juntos pelo fortalecimento do Desporto Escolar Nacional. 

Ascom – Confederação Brasileira do Desporto Escolar 

 

Parceria entre CBDE e a CBF fomentará o futebol nas escolas

Por: Jesus Filho

Brasília – O presidente Antônio Hora Filho participou na manhã do dia 19 de maio, ao lado do CEO da CBDE, Luiz Delphino, de uma reunião virtual com membros do Governo Federal, e da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), visando ações de estímulo do futebol nas escolas.

A entidade protagonizou a reunião com o objetivo de implementação de núcleos de iniciação ao futebol com ênfase ao futebol feminino. O projeto piloto contemplará núcleos de até 80 crianças cada atendendo a faixa etária de 6 a 18 anos, além da capacitação de profissionais através da CBF.

Feliz com a iniciativa, o presidente Hora Filho sintetizou o objetivo do projeto: “A CBDE, colocando em prática os seus objetivos estratégicos, entende que a inclusão desportiva com equidade de gênero, tem no esporte, principalmente no futebol, um catalisador poderoso para impulsionar o desporto escolar e trazer habilidades de vida para crianças e adolescentes das escolas brasileiras”.

Na próxima semana, representantes da FIFA estarão presentes para integrar essa iniciativa ao programa Football for School. Neste contexto, a CBDE estabelece um termo de cooperação com a CBF para implementar núcleos de iniciação ao futebol em escolas públicas buscando os meios para efetivação dos pilares do novo planejamento estratégico da entidade, democratizando o esporte nas escolas objetivando criar mecanismos que ofereçam cultura, equidade de gênero e inclusão esportiva nas instituições de ensino de todo país.

Ascom – Confederação Brasileira do Desporto Escolar 

CBDE, Secretaria Especial do Esporte e SESC Rio firmam termo de cooperação técnica para os JEB’s 2021

Por: Jesus Filho

Rio de Janeiro – O presidente Antônio Hora Filho assinou na tarde desta sexta (14), no Rio de Janeiro, um termo de cooperação técnica com o SESC Rio para a realização dos Jogos Escolares Brasileiros – JEB’s. O evento contou com a presença do secretário especial do Esporte, Marcelo Magalhães; do secretário adjunto, André Alves; da secretária nacional do Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social, Fabíola Molina; do vice-presidente da Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF), Robson Aguiar; da Diretora Regional do Sesc Rio, Regina Pinho, e de diversos outros representantes do órgão.

A reunião ocorreu na sede da Fecomércio, em um bairro da Zona Sul da cidade. O documento também assinado pelo secretário Magalhães e, por Regina Pinho, revela a intenção das entidades de atuarem em parceria objetivando impulsionar não só a competição, prevista para ocorrer em outubro deste ano no Parque Olímpico do Rio, mas também, fortalecer a prática esportiva nas escolas.

Depois da assinatura do termo, Hora Filho ressaltou a importância do Sesc para o país e salientou a atuação da Secretaria Especial do Esporte na captação de parceiros que fazem a diferença.

– É mais um player de peso que vem fortalecer esse projeto que é maravilhoso. A atuação da Secretaria Especial do Esporte é decisiva para que possamos recrutar parceiros dessa estirpe. O Sesc tem um portfólio de serviços muito importante na área esportiva e educacional aqui no Rio e, por conta da não realização de alguns de seus projetos, devido à pandemia, chegamos ao entendimento que vamos unir projetos e fortalecer a realização dos JEB’s. O Sesc possui expertise muito grande, principalmente aqui na praça do Rio de Janeiro, e a CBDE vai ser beneficiada com mais esse pelotão de profissionais com competência e agregando mais uma marca muito forte ao nosso evento”, comemorou o presidente da CBDE.

No mesmo tom, o secretário especial do Esporte, Marcelo Magalhães, não escondeu o entusiasmo com a parceria agora formalizada. Segundo ele, Os JEB’s 2021 vão inaugurar um novo paradigma de tratamento em relação ao desporto escolar no Brasil.

– Sempre disse, desde a minha chegada à Secretaria Especial do Esporte, que precisávamos inverter a pirâmide do esporte brasileiro e priorizar o desporto escolar. É daí que sairão os atletas que chegarão ao alto rendimento para defender o Brasil nos grandes eventos mundiais em 2028, 2032 e assim por diante. O fato de estarmos agregando o apoio de parceiros tão fortes e tão compromissados com esse pensamento nos dá a certeza de que estamos no caminho certo. Os JEB’s 2021 vão inaugurar um novo paradigma de tratamento em relação ao desporto escolar no Brasil”, destacou o secretário.

Parceiro da CBDE e também da Secretaria Especial do Esporte, o presidente do Sistema Fecomércio – RJ, que inclui tanto o Sesc, quanto o Senac, também falou sobre a parceria.

“O Sistema Fecomércio RJ, por meio do Sesc RJ e do Senac RJ, vem empreendendo muitos esforços no combate à pandemia e, também na retomada da confiança e esperança por dias melhores. Os Jogos Escolares Brasileiros, que serão sediados aqui no Rio, não só simbolizam muito bem esse movimento, como contribuem para a difusão dos valores do esporte para milhares de jovens brasileiros, o que está em completa sintonia com o que o Sesc RJ faz no seu dia a dia”, contou o presidente do Sistema Fecomércio RJ, que inclui Sesc RJ e Senac RJ.

Disputados em outubro deste ano, no Rio, os Jogos Escolares Brasileiros prometem marcar época. Competição seletiva para os Jogos Sul-Americanos Escolares, previstos para serem realizados no fim do ano, em Brasília, a competição promete atrair estudantes atletas de todos os estados brasileiros que farão muita festa na cidade maravilhosa.

Ascom – Confederação Brasileira do Desporto Escolar

CBDE tem suas contas do exercício 2020 aprovadas por unanimidade

Por: Jesus Filho
 
Brasília – Entidades representativas do Desporto Escolar Nacional e Representantes dos Atletas se reuniram remotamente nesta sexta-feira (30), durante a Assembleia Geral promovida pela CBDE. O encontro contou com a presença do presidente Antônio Hora Filho que presidiu os trabalhos, e também de Robson Aguiar, vice-presidente da entidade. 
 
Seguindo as regras de compliance dando transparência as decisões que são tomadas visando difundir a prática esportiva nas escolas, a cada três meses a CBDE é submetida a uma rigorosa auditoria que visa dar à sociedade e aos órgãos de controle respostas sobre o que é feito com os recursos públicos que a entidade gere.
 
Durante a reunião, representantes dos atletas e os presidentes das federações filiadas, aprovaram por unanimidade as contas da CBDE do exercício de 2020, fator que comprova o compromisso da entidade com a lisura e respeito pela coisa pública.
 
Ainda durante o encontro, outros temas também foram discutidos, como: a aprovação e revisão do estatuto da entidade; aprovação do orçamento deste ano; validação do relatório de atividades do ano vigente; e, também, a apresentação e aprovação do plano estratégico quadrienal 2021 a 2024. 

Para a especialista em Governança e Processos da CBDE, Anne Affiune, os itens da pauta são temas tratados no Estatuto Social da Entidade, de competência exclusiva da Assembleia e cumprem o rito orientado pela legislação vigente. Affiune afirma ainda que as boas práticas de governança, que preveem que os órgãos coletivos das entidades, possuem o papel de participar da elaboração, execução e fiscalização das políticas esportivas e demais ações e aplicações financeiras promovidas pelas entidades. 

Com o objetivo de atuar com zelo na importante tarefa de fomento e administração do desporto escolar no país, a CBDE segue prezando pela ética, transparência e integridade em todos os seus atos.
 
Ascom – Confederação Brasileira do Desporto Escolar 

Escola pública de Chapecó – SC, Lourdes Lago vence desafio virtual da CBDE

Por: Jesus Filho

Comemoração do título Mundial ISF de Futsal, em 2018, no pátio da Lourdes Lago. Foto: arquivo pessoal da escola

Brasília – Uma instituição de ensino público que não se cansa de fazer história. Se há uma frase que melhor traduza a trajetória de sucesso da Escola Estadual Lourdes Lago, de Chapecó, em Santa Catarina, sem dúvidas é essa. Com o viés de apostar no esporte como ferramenta de inclusão através da educação, a ‘Lourdão’, como carinhosamente é chamada pelos alunos, depois de movimentar a cidade e conseguir formar uma corrente de engajamento nas redes sociais, foi a grande vencedora do segundo desafio virtual entre escolas promovido pela CBDE.

“Foi uma campanha linda. Nossos pais, alunos, professores e a própria população fizeram questão de participar. Chapecó foi a sensação. A Lourdes Lago foi a sensação! Estou muito emocionada com a conquista desse título virtual que movimentou a nossa cidade a ponto de a imprensa local ter nos apoiado. Realmente foi muito legal e quando a gente entra em uma competição, com certeza é para ganhar. Construímos uma rede do bem que nos ajudou vencer. Somos uma escola pública, com pouquíssimos recursos que fez história mais uma vez”, contou emocionada a diretora da escola, Susieli Casonatto.

Localizado no bairro Bela Vista, a Lourdes Lago possui uma metodologia de ensino reconhecida em todo país. Com 62 professores, a instituição conta com uma estrutura capaz de receber os 922 alunos que fazem o seu dia a dia acontecer. Do ensino fundamental ao médio, acreditar no esporte sempre foi uma de suas principais bandeiras.

“Sempre tivemos um olhar muito carinhoso pelo esporte escolar. Para que se tenha uma ideia, nossa escola tem uma diversidade cultural riquíssima, tendo em vista que muitas atletas de diversos estados do país, todos os anos vem para cá estudar conosco. Por isso, temos um olhar muito carinhoso por essas adolescentes que em muitos casos são oriundas de lugares onde a vulnerabilidade social é grande. Sempre fomos conscientes do nosso papel e as abraçamos como uma verdadeira família”, contou a diretora do Lourdão.

Comemoração do título Mundial ISF de Futsal, em 2018, no pátio da Lourdes Lago. Foto: arquivo pessoal da escola

Com um projeto esportivo que visa fomentar tanto o futebol, quanto o futsal feminino no Brasil, a Lourdes Lago possui em sua galeria de troféus títulos importantes, como o Mundial ISF de Futsal, realizado em 2018, na cidade de Rishon Le Zion, em Israel. Depois de uma campanha invicta sendo aplaudida de pé pela torcida israelense que pôde testemunhar o talento das alunas brasileiras, a equipe mais uma vez fez história desenvolvendo a base esportiva de nosso país.

O projeto desportivo liderado pelo professor Amauri Giordan, um dos mais importantes nomes do esporte escolar brasileiro segue rendendo bons frutos. Além do título mundial e diversos outros nacionais, regionais e estaduais, a Lourdes Lago segue estimulando a prática esportiva através da educação, condição para que as atletas possam viver esse sonho.

Em tempos de pandemia com a exigência das autoridades públicas de saúde para que se mantenha o distanciamento social, a escola também teve que se adequar a esse novo momento. Segundo a professora Susieli, o desafio de ensinar de maneira remota é estimulado pela certeza de que em breve tudo voltará ao normal.

“Nós ficamos praticamente um ano parados e tivemos que nos adaptar para que as aulas pudessem retornar. Demos a possibilidade de os pais escolherem se seus filhos teriam aulas presenciais ou remotas. Estamos buscando manter a qualidade de ensino, mesmo que de forma remota. Quanto ao esporte, todas as nossas alunas optaram pelo remoto em razão do indispensável, pelo menos neste momento, distanciamento social e pela maioria serem oriundas de outras cidades”, destacou.

Comemoração do título Mundial ISF de Futsal, em 2018, no pátio da Lourdes Lago. Foto: arquivo pessoal da escola

Com a vitória no desafio virtual da CBDE, a Lourdes Lago receberá mais uma premiação ao longo de sua história. Na decisão contra o Colégio Elite, do Rio de Janeiro, por uma diferença apertada de exatos 25 votos, a escola foi a grande campeã da disputa. A decisão acirrada entre as duas instituições de ensino comprova não só o espírito competitivo dos nossos atletas escolares que deram um verdadeiro show, como também, o sucesso de nossa campanha.

Ascom – Confederação Brasileira do Desporto Escolar

Com a presença do Presidente Antônio Hora, Bolsonaro assina decreto que cria o Programa Integra Brasil

Por: Jesus Filho

(Brasília – DF, 17/03/2021) Lançamento do Programa Integra Brasil. Foto: Isac Nóbrega/PR

Brasília – Na tarde desta quarta-feira (17.03), o presidente Jair Bolsonaro instituiu por meio de um decreto o ‘Programa Integra Brasil’ que visa sensibilizar, promover e enfrentar violações de direitos humanos, ampliar o acesso e o alcance da prática esportiva no país e prevenir o uso de álcool e outras drogas nos diversos espaços e ambientes esportivos. Agora, o Integra Brasil deixa de ser projeto ministerial para se tornar programa governamental, o que dá ainda mais força à iniciativa. Além disso, a ação ganhou mais dois parceiros: o Ministério da Educação e a Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE).

“Para nós, que compomos a Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE), é uma honra e um privilégio unir esforços com o Governo Federal e algumas entidades privadas no sentido de estabelecer uma política pública com pilares estratégicos bem definidos para proteger nossos jovens”, disse Antônio Hora Filho.

Além de Hora Filho, a cerimônia realizada no Palácio do Planalto, em Brasília, contou com a presença do ministro da Cidadania, João Roma; da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves; do ministro da Educação, Milton Ribeiro; do presidente da CBF, Rogério Caboclo; além de secretários das pastas envolvidas, como Marcelo Magalhães, da Secretaria Especial do Esporte; e Ronaldo Lima, da Secretaria Nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, ambos do Ministério da Cidadania.

“A proposta é muito nobre. Ele foi criado para tornar o futebol um aliado da luta por um país com mais direitos humanos, menos drogas, menos violência e mais educação e possibilidade de um futuro melhor para nossos jovens. Ele está totalmente alinhado com o pensamento do presidente Jair Bolsonaro e o decreto assinado hoje é a prova disso”, contou o secretário especial do Esporte, Marcelo Magalhães.

(Brasília – DF, 17/03/2021) Lançamento do Programa Integra Brasil. Foto: Isac Nóbrega/PR

A proposta foi lançada em 2019 e promulgada em 2020 como projeto da Secretaria Nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, em parceria com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Além do decreto, foram assinados dois Acordos de Cooperação Técnica entre o Ministério da Cidadania, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e o Ministério da Educação com a Confederação Brasileira de Futebol e a Confederação Brasileira de Desporto Escolar. Os acordos visam a implementação de ações conjuntas que promovam os direitos humanos e a defesa dos direitos do torcedor por meio de todas as modalidades do futebol.

“É um grande orgulho estar aqui representando o futebol do Brasil em um projeto de inclusão social que se relaciona com educação, com o afastamento dos jovens das drogas, entre outros”, contou Rogério Caboclo.

Com foco na promoção de ações que buscam prevenir à violência doméstica e nos estádios durante os jogos de futebol, o programa estimula o enfrentamento as violações dos direitos humanos. Além disso, pretende auxiliar na redução de violações de direitos das crianças e dos adolescentes, na redução da discriminação racial, na redução da violência contra a mulher, na promoção da igualdade de oportunidades e na promoção do esporte para pessoas com deficiência e em situação de vulnerabilidade social.

Ascom – Confederação Brasileira do Desporto Escolar

100% dos estados aderem aos Jogos Escolares Brasileiros

Por: Jesus Filho

Brasília – Entidades representativas do desporto escolar nacional seguem trabalhando em conjunto para que atletas escolares de todo país, possam viver as emoções dos Jogos Escolares Brasileiros, competição seletiva para os Jogos Escolares Sul-americanos, previstos para serem realizados no fim do ano, na capital federal.

Realizados pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), em parceria com a Secretaria Especial do Esporte, órgão oficial do Ministério da Cidadania, o evento está de volta depois de 17 anos sem ser disputado. Além do apoio do governo federal, a competição conta também com a participação do governo do estado do Rio de Janeiro, da prefeitura municipal da cidade e, também, da Federação de Esportes Estudantis do Rio (FEERJ).

Com previsão de receber milhares de estudantes na capital que em 2016 sediou os Jogos Olímpicos, todo o instrumento esportivo utilizado na competição estará à disposição dos atletas escolares durante o evento que promete fortes emoções.

Com apoio total das federações escolares, o evento contará com a participação de todos os estados brasileiros que aderiram a competição, através dos governos locais que nas últimas semanas assinaram um termo de cooperação técnica garantindo a participação dos estudantes no evento.

A grandeza dos números comprova não só o crescimento do esporte escolar nacional, como também, a capacidade de articulação política, aliada a credibilidade tanto da CBDE, quanto de suas federações que seguem trabalhando em conjunto, com os estados, para que a competição seja o sucesso que todos esperam.

Ascom – Confederação Brasileira do Desporto Escolar