Antônio Hora Filho se reúne com presidente da CBG em Aracaju

Por: Jesus Filho

Uma parceria de longa data marcou o reencontro entre o presidente da Confederação Brasileira do Desporto Escolar – CBDE, Antônio Hora Filho e a presidente da Confederação Brasileira de Ginástica – CBG, Luciene Resende, na manhã desta terça (18), em Aracaju. Palco da Seletiva Nacional que irá formar a delegação que vai representar o Brasil na Gymnasíade disputada na França, em maio desse ano, o estado entre outras modalidades também irá realizar as ginásticas rítmica e artística razão que ocasionou a reunião.

Na oportunidade, Hora Filho falou sobre o evento que vai reunir milhares de estudantes-atletas na capital sergipana, enaltecendo o eficiente trabalho realizado por Luciane Resende à frente da CBG.

– A professora Luciane é uma das maiores gestoras esportivas do Brasil e uma enorme fonte de inspiração para todos nós oriundos dessa nova geração. Basta ver que antes de seu trabalho à frente da CBG, nosso país não tinha conquistado medalhas Olímpicas e hoje, através da eficiência de sua gestão, a ginástica tornou-se uma potência esportiva capaz de revelar novos talentos e muitas medalhas, inclusive Olímpicas.

Com uma parceria de sucesso que começou lá atrás, a participação da CBG na Seletiva Nacional para a Gymnasíade da França coloca o evento em outro patamar e potencializa o seu sucesso.

– A excelente relação entre a CBG e a CBDE vem de longa data, como em 2013, em Brasília, oportunidade em que a jovem estudante-atleta, Rebeca Andrade, conquistava a sua primeira medalha em um torneio internacional colaborando para que poucos anos depois ela se tornasse o fenômeno que é hoje. E eu não tenho dúvidas de que em Aracaju, graças a essa parceria de sucesso, a ginástica será uma das modalidades mais disputadas.

Em 2016, durante a Gymnasíade realizada em Trabzon, na Turquia, a ginástica teve uma participação importante no desempenho dos brasileiros na competição, fator que acabou sendo decisivo para que o Brasil conquistasse o topo do mundo garantindo o primeiro lugar geral.

Com a presença de estudantes-atletas de todos os estados, a competição promete agitar o país durante o período de disputas. Além das ginásticas, também farão parte da seletiva: atletismo, vôlei de praia, tênis de mesa, judô, wushu, natação, xadrez, taekwondo, wrestling e basquete 3×3.

ASCOM – Confederação Brasileira do Desporto Escolar

Estudantes-atletas do JEB´s são recebidos pelo Presidente Jair Bolsonaro

A convite da CBDE e da Secretaria Especial do Esporte, estudantes-atletas que estiveram nos Jogos Brasileiros Escolares – JEB´s 2021 participaram, na tarde de ontem (16/12), de um evento no Palácio do Planalto com a presença do Presidente da República Jair Messias Bolsonaro. O encontro, especialmente preparado para eles, foi marcado por muita emoção e descontração.

Meninas e meninos do Tocantins, Amazonas, Pernambuco, Espírito Santo e Distrito Federal representaram os mais de 5 mil atletas que estiveram no Rio de Janeiro. Assistiram à cerimônia de abertura, ouviram o Ministro da Cidadania, João Roma, o Secretário Especial do Esporte, Marcelo Magalhães, e o Presidente da Confederação Brasileira de Desporto Escolar, Antônio Hora Filho, e prestaram bastante atenção nos conselhos do Presidente Bolsonaro sobre a importância da prática de esportes e a dedicação que cada aluno deve ter em sala de aula.

“As pessoas mais importantes aqui não somos nós. São vocês”, disse ele, um pouco antes de fazer um convite especial aos atletas: conhecer o gabinete presidencial. Lá, em meio a brincadeiras e sorrisos, aconteceu a entrega de presentes, recados gravados pelo Presidente para os pais dos alunos e sessão de fotos – muitas fotos! Confira alguns dos momentos desse dia que ficará marcado na memória dos estudantes-atletas do JEB´s:

Contas 2020 da CBDE são aprovadas por unanimidade pelo Conselho Nacional do Esporte

O Conselho Nacional do Esporte (CNE) aprovou por unanimidade, na manhã de hoje, as contas de 2020 da Confederação Brasileira do Desporto Escolar – CBDE. A 53ª reunião da CNE foi realizada de forma on-line e conduzida pelo Ministro da Cidadania, João Roma, e acompanhada pelo Secretário Especial do Esporte, Marcelo Magalhães, e pelo Presidente da CBDE Antônio Hora Filho, membro permanente do CNE.

A análise do relatório de aplicação de recursos da CBDE feita pela Secretaria de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis), apresentada por Suzana Gonçalves Laranja, Secretária Interina da Secretaria Especial do Esporte, não apontou irregularidades, improbidades, ilegalidades ou vícios na utilização dos recursos por parte da entidade, ou seja, a destinação da verba pública seguiu os padrões exigidos pelos órgãos de controle, sendo assim 100% aprovada pelos membros do CNE presentes na videoconferência.

“Fazer bom uso dos recursos públicos é uma premissa inegociável da nossa gestão e a transparência continua sendo o maior compromisso da CBDE. Não abrimos mão desse comprometimento e da confiança depositada na Confederação”, disse Hora.

O orçamento da CBDE para 2022 foi aprovado, também por unanimidade, durante a Assembleia Geral Ordinária, que aconteceu em Brasília no dia 11 de dezembro na presença das entidades que representam o esporte escolar nacional e os estudantes-atletas. Com isso, espera-se que 11 competições previstas para o ano que vem poderão ser realizadas de acordo com o calendário.

Assembleia Geral Ordinária aprova por unanimidade orçamento 2022 da CBDE

Por: Carolina Martinez
Fotos: Jorge Henrique Oliveira e Cléber Lopes

Entidades que representam o esporte escolar nacional se reuniram hoje (11), em Brasília, para participar da Assembleia Geral Ordinária da Confederação Brasileira de Desporto Escolar – CBDE. O presidente da instituição, Antônio Hora Filho, conduziu os trabalhos. Robson Aguiar, vice-presidente, Francisco Braz, segundo vice-presidente, e Sergio Rufino, ex-presidente da CBDE e membro do Conselho Administrativo, fizeram parte da mesa.

Entre as pautas do encontro estavam o calendário de ações, apresentado por Luiz Carlos Delphino, CEO da entidade, e o orçamento da Confederação para 2022, exposto por José Maria Santucci, Diretor Financeiro, ambos aprovados por unanimidade pelos presentes.

Os Jogos Escolares Brasileiros (JEB´s), o trabalho de governança e complaince realizado pela CBDE, as experiências sobre a viagem recente à Sérvia, onde aconteceu o Mundial Escolar de Handebol e o Auxílio Brasil Esporte Escolar também foram temas brevemente explanados durante o encontro.

O presidente Hora encerrou as atividades do dia com a entrega das placas que homenageiam representantes de Federações pelos relevantes serviços prestados em benefício do desporto escolar durante os JEB´s 2021.

 CBDE reconhece Marcílio Ferreira pelos relevantes serviços prestados ao esporte nacional

O vereador paraibano Marcílio Ferreira foi homenageado pelo presidente Hora na despedida do cargo da Federação Paraibana do Deposto Escolar, cuja saída foi anunciada durante a Assembleia Ordinária da CBDE. Os principais momentos da trajetória de Marcílio à frente da Federação foram lembrados por Hora, que se emocionou no “até breve” do amigo de jornada. Robson Aguiar, vice-presidente, Francisco Braz, segundo vice-presidente, e Sergio Rufino, membro do Conselho Administrativo, agradeceram ao atual vereador pelos relevantes serviços prestados ao esporte nacional.

Comissão do Esporte faz balanço positivo dos Jogos Escolares Brasileiros

Por: Carolina Martinez

Fotos: Jorge Henrique Oliveira e Cleben Lopes

A Confederação Brasileira do Desporto Escolar – CBDE participou, na manhã da quinta-feira (09), em Brasília, de uma audiência pública na Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados, organizada pela Secretaria Especial do Esporte, órgão oficial do ministério da Cidadania, para apresentação do balanço dos Jogos Escolares Brasileiros – JEB´s 2021. Com a participação de representantes do governo federal, de governos estaduais, das federações de esporte escolar e dos atletas, a análise geral foi de que o evento foi bem-sucedido.

O Presidente da CBDE, Antônio Hora Filho, fez parte da composição da mesa, juntamente com os Deputados Felício Laterça (PSL-RJ) e Fábio Mitidieri (PSD-SE). Hora fez uma explanação sobre os pilares estratégicos utilizados para a realização dos jogos, o número de pessoas envolvidas, as entregas realizadas durante a competição e lembrou, ainda, as histórias emocionantes que surgiram durante o evento.

Nívia Vitória foi protagonista de uma dessas passagens. Estudante-atleta de atletismo, ela contou aos presentes sobre a experiência de competir pelo Maranhão nas pistas do Parque Olímpico. “O JEB´s mudou a minha vida para melhor, coisas boas começaram a acontecer depois dos jogos. Eu sou muito grata e quero dizer a todos que me ajudaram: eu vou continuar!”. Ao final do evento, Nívea ganhou uma medalha dos JEB´s das mãos do vice-presidente da CBDE, Robson Aguiar.

Hamilton de Moura, Presidente da Federação Maranhense do Desporto Escolar (FEMADE), Harlei Barroncas, técnico da dupla amazonense de vôlei de praia, Clay Rios, Superintendente de Esportes, Juventude e Lazer do Tocantins, Cristiano d´El Rei, Diretor de Esportes do Paraná, Ítalo Aguiar, Superintendente do Desporto Educacional, Arte e Educação do Goiás também fizeram apresentações sobre as iniciativas do esporte escolar realizadas em seus respectivos estados.

Para conferir a íntegra da audiência, clique no link: cd.leg.br/3oTSVAM

CBDE reúne participantes dos JEB’s para avaliação do evento

Por: Carolina Martinez

Foto: Jorge Henrique Oliveira e Cleben Lopes

A Confederação Brasileira do Desporto Escolar – CBDE reuniu hoje, em Brasília, os 27 Chefes de Delegação dos Estados participantes e convidados das instituições parceiras para a apresentação dos resultados da pesquisa de avaliação do evento. A pesquisa foi realizada pela Consultoria Véli RH entre os dias 19 e 26 de novembro, de forma independente e on-line. As impressões coletadas pelo levantamento subsidiarão os próximos Jogos Escolares Brasileiros, previstos para ocorrer no final de 2022. Esse encontro faz parte do calendário de ações da competição e fecha de forma oficial os JEB’s 2021.

“A avalição dos JEB´s é um procedimento metodológico. Estamos fazendo em etapas e, neste caso, envolvemos os chefes de delegação. São profissionais técnicos que atuam em seus estados e que se deslocam para a competição nacional; por isso, a opinião dessas pessoas é importante, pois eles são os atores principais dentro desse cenário de organização. Avaliar os JEB´s nesse espaço democrático é a melhor maneira de planejar o JEBs de 2022”, diz Antônio Hora Filho, Presidente da CBDE.

Após a apresentação dos resultados, o grupo participou de uma dinâmica para desenvolver habilidades que colaboram na construção coletiva de eventos grandes como o JEBs.

”Sextou” com vitórias brasileiras na Sérvia

Quem acordou cedinho nesta sexta-feira, 04, começou o dia feliz da vida com o desempenho dos representantes brasileiros no Mundial de Escolar de Handebol, que está sendo disputado em Belgrado, na Sérvia.
 
As meninas do Colégio Amorim entraram em quadra às 5h (horário de Brasília) e encerraram a participação com a segunda vitória consecutiva, dessa vez sobre a Dinamarca: 21X17. Os destaques da partida foram a goleira Rayane e a armadora Rayra. Com o triunfo, o Brasil conquistou a 9ª posição no feminino.
 
Às 8h (horário de Brasília), foi a vez dos meninos entrarem em quadra. Assim como na primeira fase, Brasil e Polônia fizeram um jogaço. No primeiro tempo, o time europeu abriu uma vantagem considerável de 15 x 9. Mas, com mais uma grande atuação do goleiro Nelsinho e com o jogo coletivo no ataque funcionando, os meninos viraram a partida e venceram por 22 x 21. Que jogo!
 
 
Os meninos voltam à quadra neste sábado, 04, às 6h30 (horário de Brasília) contra a Eslováquia ou Luxemburgo (em definição) na disputa pelo quinto lugar.
 

A gente já está ficando com gostinho de saudade do Mundial de Handebol. Então, vamos aproveitar esse último jogo do Brasil para fecharmos a participação do Brasil com chave de ouro. Fique ligado no Youtube da CBDE (youtube.com/c/Brasil). 

Texto: Airton Lima e Marcus Cicarini

Brasil se esforça, mas perde para o Egito no Mundial Escolar de Handebol

O time formado pelos alunos do Colégio Amorim entrou em quadra na manhã desta quinta-feira, 02, para o duelo que valia a classificação para as semifinais masculinas no Mundial Escolar de Handebol, que está acontecendo em Belgrado, na Sérvia. O adversário era o representante africano, o Egito.
 
Com marcação forte e ótimo aproveitamento no ataque, a equipe da terra dos faraós disparou no placar e fechou o primeiro tempo com sete gols de vantagem sobre o Brasil: 15 X 8. No segundo tempo, os adversários imprimiram um ritmo ainda mais forte e ampliaram a vantagem. Placar final: Brasil 14 x Egito 28. 
 
O time masculino permanece no campeonato e ainda pode conquistar o 5º lugar na competição. O próximo jogo acontece sexta-feira (04/12), às 8h (horário de Brasília): Brasil x Polônia.
 
Já o time feminino fez bonito e conseguiu uma grande vitória contra a Bulgária por 42 x 20. Destaque para a estudante-atleta Júlia Machado (pivô/ponta), que fez uma partida irretocável. Também nesta sexta-feira, 04, as meninas entram em quadra às 5h (horário de Brasília) contra a Dinamarca. Elas estão na disputa pela nona colocação no Mundial.
 
Então você já sabe: despertador cedinho e foco na torcida! Nosso “sextou” será de rodada dupla no Mundial Escolar de Handebol, com transmissões ao vivo pelo YouTube da CBDE (youtube.com/c/CBDEBrasil). 
 
Tome nota! Sexta-feira, 4 de dezembro:
 
– 5h: Brasil x Dinamarca (Feminino)

– 8h: Brasil x Polônia (Masculino)

Texto: Airton Lima e Marcus Cicarini

Romênia vence o Brasil, mas seleção feminina segue no Mundial Escolar de Handebol

Depois da estreia com derrota para as atuais campeãs mundiais, a Alemanha, a seleção feminina do Brasil voltou à quadra nesta terça-feira, 30, para enfrentar a Romênia, valendo vaga na fase de quartas de final.
 
O time voltou a ter dificuldade para marcar gols e viram a Romênia abrir boa margem no placar logo nos primeiros minutos em quadra.
 
Com um jogo consistente e uma defesa forte, a Romênia fechou o primeiro tempo vencendo por 12×5. Mesmo com grande desvantagem, o Brasil teve a atleta Livia como destaque, que marcou três gols, e a goleira Luísa, que defendeu dois tiros de 7 metros.
 
Com uma nova estratégia de jogo, a seleção igualou o nível contra as romenas e venceu a parcial no segundo tempo por 11×10, mas não foi o suficiente para reverter o placar. Placar final: Brasil 16 x 23 Romênia.
 
Com esse resultado, o time feminino não conseguiu avançar para as quartas de final, mas seguirá na competição para disputar do nono ao décimo segundo lugares. 
 
As meninas voltarão à quadra na quinta-feira, 02/12, ainda sem adversário definido.
 
Vale frisar que os torneios organizados pela ISF visam a integração e o intercâmbio como pontos principais, muito mais importantes do que qualquer resultado esportivo. Essa linha também é adotada pela CBDE, que procura formar cidadãos conscientes, instruídos e com vivências únicas que farão a diferença na formação como seres humanos.
 
Parabéns às meninas que estão representando o Brasil, único País das Américas a estar presente no evento.
 
Texto: Airton Lima e Marcus Cicarini

Mundial Escolar de Handebol: Brasil estreia no feminino e garante primeiro lugar no grupo no masculino

Uma segunda-feira de dobradinha brasileira nas quadras de Belgrado, na Sérvia. O Mundial Escolar de Handebol segue esquentando o gelado país do leste europeu. 
 
A seleção brasileira feminina finalmente estreou. Representada pelo Colégio Amorim, o time brasileiro teve uma difícil missão logo de cara: a Alemanha. Além de atuais campeãs do torneio, são elas as inventoras desse esporte que em 2021 completa 102 anos.
 
O Brasil teve dificuldades no setor ofensivo e viu as adversárias abrirem 4×1 logo nos primeiros minutos. A seleção tentava ataques, mas esbarrava na grande atuação da goleira alemã Richer. O primeiro tempo terminou com o placar de 16×12 para as alemãs.
 
A seleção mudou a forma de marcar e contou com a boa entrada e atuação da estudante-atleta Giovana Xavier, que com garra tentou colocar o Brasil no jogo. Porém, a Alemanha seguia letal no ataque e manteve a liderança até o final: placar de 22×15.
 
As meninas voltam à quadra nesta terça-feira, às 8h (horário de Brasília), em confronto direto contra a Romênia, valendo vaga nas quartas de final. Acompanhe a transmissão pelo YouTube da CBDE (YouTube.com/CBDE).
 
Quem não só garantiu vaga, como ficou em primeiro lugar do grupo foi a seleção masculina. Em um jogo emocionante, o Brasil terminou o primeiro tempo perdendo para a Polônia por 17×16. Porém, em uma virada histórica, venceu por 31×30, com direito a uma defesa espetacular do goleiro Nelsinho no último lance do jogo. 
 
Os meninos voltarão à quadra na quinta-feira. Eles aguardam o adversário que sairá do grupo que conta com Alemanha, Bulgária e Egito.
 
Texto: Airton Lima e Marcus Cicarini