Medalhas e Noite das Nações sacodem o Mundial de Natação no Rio de Janeiro

Rio de Janeiro O último dia de competições do Campeonato Mundial Escolar de Natação, que acontece no Rio de Janeiro, agitou as águas do Maria Lenk e comprovou a potência de países como Taipé Chinês, Turquia, Romênia e Brasil, que dominaram o pódio.

O atleta de Taipé Chinés Kuan-Hung Wang, por exemplo, levará cinco medalhas de ouro para casa. Ao ser questionado qual o segredo para a conquista de tantas medalhas, ele ressalta que muito treino, dedicação e amor pelo esporte.

“Treino muito porque gosto do esporte. Meus pais e minha treinadora são meus grandes incentivadores. Isso ajuda muito a conquistar as medalhas. Gostei muito do Rio de Janeiro e estou muito feliz com esta conquista”, disse Wang.

Mas não foi só preciso fôlego para conquistar medalhas. Após a competição, os nadadores participaram da Noite das Nações, evento no qual puderam conhecer os principais costumes de cada país participante, além das danças típicas.

Nesta quarta-feira (22), os nadadores participam ainda do Festival de Revezamento, um momento de confraternização no qual os atletas precisam nadar em equipe para conquistar melhores resultados, e do Dia Cultural, onde conhecerão o Cristo Redentor, cartão-postal do Rio de Janeiro e do Brasil. A cerimônia de encerramento acontecerá à noite e contará com a premiação dos países que tiveram as melhores colocações.

Sobre o evento

A 13ª edição do Campeonato Mundial Escolar de Natação é promovida pela Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF) e pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE). Cerca de 400 atletas, de 17 países, com idades entre 15 e 18 anos, participam do evento, que tem como principal objetivo promover o intercâmbio cultural e a saúde por meio do esporte escolar.

Ascom – Confederação Brasileira do Desporto Escolar
Foto: Cláudio Castro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *