Capítulo 1, “O Desporto Escolar mudou minha vida” - Ronald Carvalho

16/08/2018
Capítulo 1, “O Desporto Escolar mudou minha vida” - Ronald Carvalho


São Paulo - Desde pequeno ele queria ter a chance de mudar de vida fazendo o que milhares de jovens em todo Brasil amam que é jogar futebol. De família humilde morador do Guarujá, litoral de São Paulo, Ronald Carvalho deu os seus primeiros passos no esporte através de competições escolares em que o seu colégio o levava para participar.

“Comecei cedo em competições escolares. Tive a chance de ganhar dois brasileiros, um com o futebol, e outro, com o futsal, conquistando assim a chance de representar o Brasil lá fora”, destaca.

Em 2016, Carvalho vestiu a camisa do Brasil no Mundial Escolar de Futsal. O evento, promovido pela Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF), aconteceu na cidade de Porec, na Croácia, oportunidade que o atleta teve de conhecer não só o exterior, como também de representar o seu país em uma competição internacional.

“Foi através do incentivo do Colégio Amorim e, claro, da oportunidade que a CBDE me deu, que tive a chance de representar o Brasil em dois mundiais escolares. O primeiro foi em 2016, na Croácia com o futsal. Timaço. Ganhamos o título e fomos aplaudidos na final. Já o segundo mundial foi meio amargo para nós, mas valeu pela experiência”, disse.

A competição ao qual ele se refere foi no ano passado em Praga, na República Tcheca, com o futebol. Embora o Brasil tenha conquistado a 4ª colocação na competição, a derrota para a Alemanha no shout out, acabou encerrando o sonho da equipe brasileira de brigar pelo título.

“Sabíamos que não seria fácil. Alemanha e o Catar, que fizeram a decisão, estavam com suas seleções principais da categoria que disputávamos. Mas mesmo assim conseguimos apresentar um futebol de qualidade, e só perdemos para os alemães em razão da disputa pelos shout out, algo que nós não havíamos treinado”, lamenta.

Com um currículo importante no Desporto Escolar, Ronald completou 18 anos em maio deste ano e por isso deu adeus às competições escolares. Atleta contratado do Corinthians, sua carreira em um dos clubes mais populares do país continua de vento em popa, razão pelo qual se orgulha de dizer que tudo isso só foi possível graças ao incentivo recebido na escola.

“Se cheguei onde estou hoje, agradeço ao Colégio Amorim pela bolsa de estudos e também as pessoas que acreditaram no meu talento. Sei que a vida de jogador de futebol não é fácil, mas o meu sonho de voltar vestir a camisa do Brasil, só que dessa vez na seleção principal do meu país, continua firme e forte. Por isso treino todos os dias e me preparo para evoluir como homem e como atleta”, contou.

Feliz por suas conquistas, o atleta fez questão de incentivar outros jovens a praticarem o esporte nas escolas.

“Se eu não tivesse me interessado pelos estudos, o meu caminho com certeza teria sido mais difícil. Por isso, sempre digo que o Desporto Escolar mudou a minha vida, pois foi através dele que eu conheci pessoas e lugares maravilhosos, além de ter tido a chance de ganhar um, dos dois mundiais que participei. Tudo vale a pena quando você ama o que faz”, destacou.

Ronaldo Eugênio de Carvalho é zagueiro da equipe sub-20 do Corinthians. Em 2016 foi campeão sub-17 da Copa do Brasil e, no ano seguinte, foi o capitão da equipe na mesma competição. Este ano atuou em sua primeira Copa São Paulo de Futebol Júnior, passo importante na carreira.

No Desporto Escolar ganhou os dois campeonatos brasileiros que participou - futebol e futsal - atuando na conquista do título mundial do Brasil com o futsal, em 2016, na Croácia. E como capitão da equipe brasileira no mundial de futebol, em Praga, na República Tcheca, conquistando a 4ª colocação no torneio.

Departamento de Comunicação da CBDE
Jornalista responsável: Jesus Filho
Foto: ISF/Divulgação
E-mail: imprensa@cbde.org.br
+ 55: 061 99136-0090 / + 55: 061 3967-7176
Endereço sede: SCN Quadra 01 - Ed. Central Park, Sala 108
Brasília/DF - CEP 70711-903

Outras notícias