Mundial de Voleibol: Brasil é um dos favoritos para sediar evento em 2020

06/10/2017
Mundial de Voleibol: Brasil é um dos favoritos para sediar evento em 2020

BRASÍLIA - Com o objetivo de aglutinar apoios para o lançamento oficial da candidatura do Brasil que visa ser o país sede do Mundial de Voleibol em 2020, o Presidente em exercício da CBDE, Robson Aguiar, viajou na última segunda-feira (04/10), até a cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, para ajustar os detalhes do anúncio oficial. Escolhida por ser uma das sete maravilhas da natureza, se concretizada a vitória do Brasil, a cidade de Foz do Iguaçu deverá reunir atletas escolares do mundo inteiro durante os dias do evento.

Mas para que isso ocorra, o Brasil terá primeiro que vencer a Croácia que também é pré-candidata para sediar a competição. A decisão será tomada na próxima reunião do Comitê Executivo da Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF), que será realizada na Ilha da Sardenha, no próximo dia 15, na Itália.

Fabulosa por suas inigualáveis cataratas, Foz do Iguaçu é uma das cidades turísticas mais visitadas do país. Entusiasmado com a candidatura brasileira, sobretudo em razão da escolha do Paraná para ser o estado sede do Mundial, Robson Aguiar não escondeu o entusiasmo de levar à ISF mais uma pré-candidatura verde e amarela.

- Sabemos que o desafio será grande, mas semelhante ao que já mostramos na prática em outras competições que realizamos, o Brasil está preparado para ser o país sede do Mundial de Voleibol em 2020. Por esse motivo me reuni com lideranças políticas de Foz do Iguaçu, justamente para ajustar os apoios e ir com mais confiança para a reunião do Comitê Executivo da ISF no próximo dia 15. Tive uma conversa com o Prefeito Chico Brasileiro que nos garantiu todo apoio para realizarmos em conjunto o evento. Destacou.

Além de Robson Aguiar, o Presidente da Federação do Desporto Escolar do Paraná (FDEPR), Clésio Prado, também participou do encontro. Satisfeito com o que foi alinhavado, o ex-atleta disse que o Brasil tem reais chances de vencer a Croácia em razão do que vem apresentando nos últimos anos. Ainda segundo Clésio, a capacidade de execução aliada a simpatia e hospitalidade do povo brasileiro são ingredientes que país nenhum do mundo possui.

Para conquistar o posto de cidade sede do Mundial de Voleibol em 2020, o Brasil precisa ter uma vitória simples na votação entre os países que compõem o Comitê Executivo da ISF. A reunião que ocorre de dois em dois anos e além de outras pautas define os países que sediarão as competições organizadas pela ISF, será acompanhada por representantes do Brasil que não medirão esforços para conseguir esse objetivo.


Departamento de Comunicação da CBDE
Coordenadação e texto: Jesus Filho
E-mail: imprensa.jesus@cbde.org.br
+ 55: 061 99136-0090 / + 55: 061 3967-7176
Endereço sede: SCN Quadra 01 - Ed. Central Park, Sala 108
Brasília/DF - CEP 70711-903


Outras notícias