FISEC 2017: Brasil é campeão geral na natação e faz bonito no atletismo

10/07/2017
FISEC 2017: Brasil é campeão geral na natação e faz bonito no atletismo

ITÁLIA - A delegação que representou o Brasil nos jogos Mundiais das Escolas Católicas voltou pra casa com a bagagem cheia de medalhas e boas histórias pra contar. A cerca de 100 km de distância de Veneza, na Itália, a pacata cidade de Lignano Sabbiadoro hospedou centenas de atletas escolares dos mais variados cantos do mundo que disputaram os jogos mundiais da FISEC, evento que há anos faz parte do calendário internacional do brasil.

A equipe brasileira se destacou nas duas modalidades que disputou: atletismo e natação. Composto por alunos de várias escolas do país, o time brasileiro fez bonito na natação, conquistando o primeiro lugar geral com a equipe masculina que venceu nos 4 x 100 livre, 4 x 100 medley, 4 x 100 livre misto e também nos 4 x 50 livre. Com esse resultado não teve pra ninguém e o Brasil conquistou o topo do pódio na classificação geral.

Além do primeiro lugar geral com a equipe masculina, o time canarinho foi vice-campeão com o feminino. E equipe mandou bem nos 4 x 100 livre, 4 x 50 livre e nos 4 x 100 medley. Ainda com a natação, o Brasil garantiu 23 medalhas no individual, sendo: 14 de ouro, 5 de prata e 4 de bronze.

Membro da delegação brasileira, Alexandre Traverzim, Presidente da Federação do Desporto Escolar de São Paulo (FEDEESP), falou que o Brasil superou todas as expectativas. Além disso, elogiou a estrutura disponibilizada pela Fisec e comemorou o número de medalhas conquistadas pelo Brasil.

- Foi uma experiência incrível, atletas se superando, a amizade entre as equipes rolando no máximo, pista e piscina de altíssima qualidade, organização nas competições nota dez, hospedagem e alimentação muito boas em uma cidade muitíssimo simpática que nos recebeu de braços abertos. Acredito ter sido não só para mim, mas para todos os envolvidos, uma experiência única. Quanto à participação brasileira, nossas medalhas falam por si, muito positiva tanto na natação quanto no atletismo, superando as expectativas. Resumindo foi uma participação brilhante em um torneio maravilhoso. Pretendo voltar nas próximas edições, trazendo escolas de São Paulo para participarem com suas equipes", disse.

Com o atletismo o sucesso da participação brasileira na FISEC foi semelhante. Ao todo, o Brasil conquistou 5 medalhas de ouro e 2 medalhas de prata no individual, e conquistou também 1 ouro no revezamento medley e uma prata no 4 x 100, ambos com o time feminino.

Presidente da Federação Regional do Desporto Escolar do Distrito Federal (FRDEDF), Marcelo Ottoline acompanhou o atletismo durante o evento. Satisfeito com os resultados, o professor falou sobre a experiência de participar deste evento que é sempre sinônimo de muitas medalhas para o Brasil.

“A Fisec é um charme a parte. Sempre que o Brasil participa, pode ter certeza que é pra vencer em todas as categorias que disputa e dessa vez não foi diferente. Conquistamos várias medalhas com o atletismo, inclusive um recorde mundial com a Giovana dos Santos nos 400 metros rasos e o primeiro lugar geral com a natação. É o desporto escolar brasileiro mais uma vez fazendo história”, destacou.

Conhecidos também como Jogos da Fraternidade, os Jogos Mundiais da Fisec aconteceram de 02 a 08 de julho e tiveram como palco a cidade italiana de Lignano Sabbiadoro. O evento reuniu cerca de 700 atletas de 14 a 17 anos, de vários países. Convocados pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), a delegação do Brasil contou com 30 pessoas entre atletas e a equipe técnica que trouxeram o título com a natação e várias medalhas com o atletismo.

Pedro Paulo de Jesus
Ascom - Confederação Brasileira do Desporto Escolar

Outras notícias