logo
 Noticias On-Line
 Resultados On Line e Álbum

ÁLBUM DE FOTOS
CBDE- Mundial de
Futebol

ÁLBUM DE FOTOS
CBDE- Sul-Americano 

 Menu
 Sistema Inscrição

Sistema de Inscrição
 Calendário

Calendário 2014-CBDE

Calendário 2014-Mundias - ISF

 

 

 

 Autorização de viagem
Reconhecer firma no cartório por AUTENTICIDADE ou VERDADEIRO. Não pode ser por SEMELHANÇA, pois se for por SEMELHANÇA não embarca para fora do país. A autorização também pode ser dada pelo juizado de menores caso não queiram fazer no cartório.Leia mais....
 Contador
 

Novo telefone CBDE

 (61) 3967-7176

 Usuários online
11 visitantes online (7 na seção: Notícias)

Usuários: 0
Visitantes: 11

mais...
 

contador gratis

  
(1) 2 3 4 ... 9 »
CBDE : JOGOS DA CPLP

Alegria angolana marca abertura dos Jogos da CPLP 2014

 

Cerimônia aconteceu no Pavilhão Multiuso de Luanda com a presença do presidente da república.

Foi dada a largada para os IX Jogos Desportivos CPLP Angola 2014, que acontecerão entre os dias 26 de julho e 02 de agosto na capital Luanda. A cerimônia de abertura contou com a presença de todas as delegações participantes, além da presença de chefes de estado, entre eles o Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos e o Secretário de Esportes do Brasil, Ricardo Capelli que fez uma análise do evento: “A abertura foi um momento muito importante dos jogos, primeiro pela presença do Presidente da República Popular de Angola, Jose Eduardo dos Santos, ter a presença em uma abertura o chefe de estado de uma nação tão importante como angola, valoriza muito a importância dos jogos, isto sem falar na belíssima apresentação cultural, proporcionada pelo Governo angolano, na presença de todas as delegações”, afirmou o Secretário. Capelli destacou ainda a alegria do povo angolano presente no evento: “O que me chamou atenção foi a alegria da população de angola em sediar este evento aqui.Esta abertura consolida o espírito central dos jogos que é a integração dos países de língua portuguesa, a união, troca de experiências e reconhecimento destes povos. Como brasileiro, é impossível não se reconhecer na CPLP” encerrou Capelli.Alegre como o povo angolano esta, sem dúvidas, foi a maior marca registrada da abertura oficial dos jogos. Vários grupos de danças se entrelaçavam na quadra do Pavilhão Multiuso em coreografias tradicionais do país com direito a máscaras e indumentárias características. Para Rita de Cássia, atleta brasileira do vôlei de praia que participa pela primeira vez do campeonato, o bailado africano foi de encher os olhos: “ É muito bonito assistir a dança daqui, principalmente porque é muito diferente do que temos no Brasil. A mesma impressão teve o angolano Eurico Bento, que estava acompanhando familiares no evento: “É muito bonito ver a expressão de nosso país ser demonstrada para o mundo” e ainda provocou os brasileiros dizendo que espera que Angola vença o Brasil em todas as modalidades.Mas, o dia primeiro dia de competições trouxe ótimos resultados para a Delegação Brasileira. Dos quatro jogos disputados, apenas um não obteve a vitória nesta primeira rodada. O vôlei de praia feminino enfrentou os donos da casa e perderam por um placar de 2 sets a 1. A equipe masculina venceu Angola por um placar de 2 sets a 0. No basquete masculino o placar para o Brasil foi tranqüilo encerrado a partida em 64 x 49, também para Angola.Vale destacar que participam do campeonato sete países de língua portuguesa: Angola, Brasil, Cabo Verde, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.A CPLP (Comunidade de Países de Língua Portuguesa) organizadora do evento, espera receber um público de aproximadamente 600 pessoas entre atletas e comissão técnica. Serão disputadas dez modalidades, para atletas entre 14 e 16 anos de idade, de ambos os gêneros sendo: handebol, atletismo, atletismo PCD, basquete, futebol, judô, natação em águas abertas, tênis de mesa, tênis e vôlei de praia.

A comissão brasileira é composta por 99 pessoas, sob a responsabilidade da CBDE – Confederação Brasileira do Desporto Escolar, juntamente ao Ministério do Esporte. 

Brasil inicia campeonato liderando quadro de medalhas

 

País se estabelece como potência esportiva da competição 

Final de semana agitado para os quase 80 atletas da delegação brasileira em Angola que durante todo o dia participam nas modalidades de vôlei de praia, judô, natação em águas abertas, atletismo e atletismo PCD, basquete, tênis de mesa, tênis e handebol.Na natação em águas abertas, modalidade inserida no Campeonato a partir deste ano e que aconteceu na Ilha de Luanda, o grande desafio enfrentado pelos atletas foi a temperatura das águas. A época conhecida como caçimbo (inverno) deixa a temperatura das águas em torno dos 17ºC aumentando o risco de hipotermia, pois os atletas chegam a passar entre 35 e 45 minutos na água dependendo do nível da competição.A equipe brasileira é formada por quatro atletas. No feminino Isabelly Andrade da cidade de Itabuna na Bahia e Eduarda Jorge de Salvador. A dupla masculina é formada pelos atletas paulistas Giovanny Neves e Gustavo Kolonko. Mas a temperatura das águas não deixou interferir na performance do Brasil em sua estréia na modalidade levando para casa três medalhas. Prata com Giovany Lima e bronze com Gustavo Kolonko e Eduarda Jorge.Também na Ilha de Luanda, ao lado a competição de natação, estavam as duplas do vôlei de praia. Depois de uma vitória ontem para a dupla angolana, William Bruno e Gabriel Candido, ambos atletas do Rio de Janeiro, voltaram a brilhar vencendo a equipe Portuguesa e a equipe de São Tomé e Princípe por dois sets a zero. No feminino, Rita de Cássia e Aninha Almeida (atletas de Aracajú) deram a volta por cima, após a derrota contra Angola e venceram, como o mesmo placar do masculino, também as duplas de Portugal e São Tomé e Príncipe.O técnico da delegação, Gilberto Bello, acredita que Portugal e Brasil são as equipes mais fortes do torneio com grandes chances de chegar a final e elogia a infra-estrutura montada pela CPLP: “A organização do torneio está ótima. Temos uma boa infra-estrutura para a área de descanso com barracas e cadeiras, um suporte com água e delimitação da arena que arrisco em dizer que algumas competições no Rio de Janeiro não apresentam”, afirmou o técnico. E não foi só na natação que o Brasil garantiu medalhas, o atletismo e judô também chancelaram seu lugar no pódio. Nas provas do atletismo que aconteceram hoje no Estádio dos Coqueiros, foram cinco medalhas, sendo três ouros, uma prata e um bronze. Valquiria Aparecida Meurer conquistou o ouro no arremesso de peso, seguida por Jefferson Santos nos 800 metros rasos e Luiz Matias também no arremesso de peso. A prata foi para Gabriela Mourão nos 200 metros rasos e o bronze ficou com Aurea Tornial nos 800 metros rasos.Na modalidade PCD mais ouro para o Brasil, do total de seis medalhas conquistadas. Thalita Silva e Leonardo Sabino ficaram em primeiro lugar no salto a distância. Thalita garantiu mais um ouro nos 200 metros rasos, prova que no masculino teve David Souza como o primeiro lugar. Leonardo Sabino também garantiu mais uma medalha, o bronze, nos 200 metros rasos prova que também garantiu o terceiro lugar para Bruna Lemos.Mas quem abriu e encerrou com chave de ouro sua participação nos Jogos da CPLP foi a equipe do judô, com um total de quatro medalhas de ouro e o título de campeão geral na modalidade. O sucesso da participação deve-se aos atletas Bruno Watanabe (categoria 55kg), Jeferson Santos Jr (categoria 66kg), Gabriela Clemente (categoria 48kg) e Viviane Fernandes (categoria +70kg). Os técnicos da delegação brasileira de judô, Paulino Namie e Paulo Alvin eram só sorrisos com o resultado que veio a consolidar a forte formação dos atletas: “Trouxemos os melhores atletas, os campeões do último JEBs (Jogos Escolares Brasileiros) e que detêm outros títulos internacionais. O nível da competição estava forte com bons atletas tanto de Angola como Portugal”, disse Paulino Namie. A modalidade também teve sua estreia no campeonato.Paulo Alvim também elogiou o nível da competição, porém criticou a forma como os pesos de categorias foram escolhidos: “Na minha opinião, a determinação que foi feita na escolha da categoria de peso baseada no staff de atletas angolanos ranqueados na África, aumentou o nível da competição, tanto que começamos perdendo e viramos no último momento, garantido a medalha e valorizando ainda mais o título de nossos atletas”, disse o técnico.

Segundo dia de competições é marcado por grande número de vitórias

Equipes brasileiras deram show de resultados nas modalidades individuais e coletivas

O Brasil continua fazendo uma ótima campanha nos IX Jogos da CPLP Angola 2014, através de sua delegação comandada pela CBDE - Confederação Brasileira do Desporto Escolar, composta por uma equipe de 100 pessoas entre atletas e comissão técnica. Somente na manhã de hoje, no atletismo, foram 13 medalhas garantidas no Estádio dos Coqueiros, em Luanda. Um das provas mais emocionantes foi o Medley masculino onde os atletas se revezam nos 400 e 800 metros rasos. O Brasil conquistou o ouro com um tempo de 2’02”60 vencendo Portugal por uma diferença de apenas um décimo. No feminino, a equipe brasileira ficou em segundo lugar com o tempo 2’24”01.Tivemos ouro ainda com Bruno Benedito da Silva nos 400 metros rasos com o tempo de 49”92, Werbesson Silva, com dois ouros nos 100 metros rasos com o tempo 11”12 e no salto a distancia com a marca de 7m01.Nos 100 metros rasos, a atleta Gabriela Mourão garantiu a prata com o tempo de 12”60 e o bronze foi para Mariana Estevão com o tempo 12”61. No salto a distância, Lais Abreu ficou com o bronze com a marca de 5m36.No atletismo PCD (Pessoas com Deficiência), David Hulck ficou com o primeiro lugar nos 400 metros com o tempo de 53"68 e prata nos 100 metros com 12"00. Leonardo Sabino ficou com o bronze nos 100 metros com o tempo 12"23. No feminino, Bruna de Oliveira, garantiu o terceiro lugar nos 400 metros com o tempo 1'12"30 e nos 100 metros com 16"04. Mas foi com Thalita Silva que o ouro despontou nas pistas, vencendo a prova dos 100 metros rasos com 13"32.Para os técnicos do atletismo PCD Cássio Damião e Silvia Piantino Silveira o maior desafio que o Campeonato trouxe foi a possibilidade da troca de experiências com os outros países. “O nível da competição esta bom, com Portugal como um forte adversário assim como Angola e Moçambique mesmo com as limitações que este últimos possuem tanto em infra estrutura física como em capital humano qualificado” disse Cássio. A técnica Silvia, sugere a realização de um seminário com a comissão técnica para estreitar estas trocas: “Seria legal existir um seminário ou a elaboração de um material específico que fosse distribuído aos profissionais que trabalham com o atleta deficiente, para que possa ser feito um trabalho mais estruturado com estes adolescentes”,afirmou a técnica.E no Clube de Tênis de Luanda, a equipe brasileira passou fácil pelo adversário do dia: Moçambique. Tanto o masculino como feminino a vitória veio foi garantida por um placar de 3 x 0. Amanhã, os atletas brasileiros enfrentam na semifinal a forte equipe de Angola que além de técnica tem a força da torcida local ao seu lado: “Amanhã a semifinal vai ser dura, pois a exemplo da partida contra Portugal, os angolanos são presença massiva no Clube de Tênis o que pode desestabilizar um pouco os atletas, mas acreditamos na preparação da equipe brasileira e temos grande chance de chegar a final”, disse o técnico da equipe David Carmona. A equipe do tênis conta ainda com o suporte do Delegado Mauro Cabral.No Tênis de Mesa por equipes, o Brasil garantiu o ouro tanto no masculino como feminino, vencendo as duas equipes de Angola. O segundo lugar, em ambos os gêneros, foi para Portugal e o bronze para Angola. Amanhã terão inicio as partidas individuais. O vôlei de praia masculino e feminino também teve vitórias no dia de hoje. Ambos venceram Moçambique e Cabo Verde com um placar de 2 sets a 0. Com a vitória eles garantiram o primeiro lugar na classificação. Amanhã as duplas enfrentam Moçambique na semifinal. Com uma vitória arrasadora, a equipe do basquete masculino comandada pelos técnicos Marcio Pereira e Vinicius Giovanini e pelo Delegado Luis Claudio, passaram fácil pelo time de São Tomé e Príncipe, encerrando o jogo em 102 x 29. Na equipe brasileira, destaque para Lucas Cauê cestinha até agora no campeonato com mais de 60 pontos nos três jogos. O Brasil já esta classificado para as finais que acontecem no dia 01 de agosto no Estádio Nacional.E encerrando o dia, a equipe feminina do handebol sobre o olhar atendo da técnica Jaqueline Silva e Bruno Pilon, além do Delegado da modalidade, Armindo Rogério Moreira venceram a equipe de São Tomé e Príncipe por 34 x 19, no Estádio Nacional.Amanhã, grande parte da delegação participará do Dia Cultural que prevê visitas a museus da cidade como o Memorial Agostinho Neto e Museu Nacional de História Militar além de apresentações culturais e artísticas no Complexo do Futungo, local de alojamento dos atletas.

 

Vôlei de Praia: Brasil vence Portugal e garante o ouro no Campeonato

 

Duplas masculina e feminina encerram sua participações com chave de ouro 

O tempo na Ilha de Luanda estava bom. Sem sol, chuva e com temperaturas entre 23ºC e 24ºC, mas dentro de quadra as duplas ferviam nas finais e semi do vôlei de praia pelos IX Jogos da CPLP.Após uma vitória para Angola, a dupla feminina Ana Almeida e Rita de Cássia, ambas de Aracaju enfrentaram a equipe Portuguesa. O jogo foi tranqüilo garantindo a vitória brasileira por 2 sets a 0. Ana Almeida, que acaba de vencer o mundial escolar na Itália falou sobre o novo título: “Significa uma grande experiência, o resultado de tudo que a gente treinou, quando a gente estava perto de ganhar, no último ponto, começou a passar um filme na cabeça de como foi pra conseguir a vaga e vamos levar uma grande experiência daqui, além do crescimento, como aconteceu com a nossa derrota no primeiro jogo, mas conseguimos dar a volta por cima e hoje levamos o ouro”, disse a atleta.Rita de Cássia falou da experiência de participar pela primeira vez de uma competição internacional e dá força e vibração da torcida: “Foi minha estréia em uma competição deste nível, estou muito feliz com o resultado, de ter feito esta parceria com a Aninha e contente com a vibração da torcida aqui pelo Brasil, tanto dos nossos colegas, mas também dos angolanos, da equipe de Moçambique, que mesmo tendo sido derrotada pela gente, externou sua torcida pelo Brasil e até alguns portugueses”, disse a atleta entre gargalhadas.O técnico da dupla feminina, Paulo Magalhães, fez uma análise da modalidade no campeonato: “Dentro das competições que temos participado, o campeonato da CPLP teve o mesmo padrão, não teve nada a desejar, a competição foi bem organizada, com duas quadras rodando ao mesmo tempo, um sistema de apoio bem bacana e é claro, o ótimo resultado que conseguimos com a vitória brasileira” disse o técnico. Magalhães destacou ainda, o trabalho realizado com a dupla em Aracaju que tem rendido ótimos resultados e como lidar com o nervosismo antes do jogo: “Nos treinamos todos os dias, sempre levando em conta os horários de aulas e estudos. Perto das competições nos temos todo um cuidado nutricional de suspender refrigerantes, ter uma alimentação ainda mais balanceada e como reforço, além dos treinos diários, elas participam de alguma competição no final de semana. Quanto ao nervosismo, todo atleta fica nervoso antes de competição, de um jogo. O que eu procuro fazer é conversar sempre com a dupla. Como nos passamos muito tempo juntos, eu costumo até dizer que eu não vejo os meus filhos crescerem, mas vejo os meus atletas, tudo isto cria um elo de confiança e cumplicidade entre a gente, que possibilita uma conversa mais tranquilizadora antes dos jogos”, disse o técnico.No masculino, William Bruno e Gabriel Candido, também enfrentaram os portugueses. Após um primeiro set tranqüilo, o Brasil cometeu alguns erros na troca de lances e deixou a disputa mais acirrada. Mas com um placar final de 21/9 e 21/14, o ouro mais uma vez foi brasileiro.

Dia Cultural tem visita a museus e a apresentações moçambiquenhas

Os atletas dos oito países participantes dos IX Jogos da CPLP Angola 2014 que tem como tema “Jogos da Diversidade”, puderam vivenciar as diferenças e, igualdades culturais durante toda a tarde de ontem.O passeio incluiu uma visita ao Museu Nacional de História Militar instalado na antiga Fortaleza de São Miguel de Luanda, um local muito visitado por aqueles que têm interesse em conhecer um pouco sobre a História do país, que há apenas 14 anos encerrou seus conflitos civis, além de ser um espaço para a população local recordar a história de seus heróis nacionais. A atleta brasileira Gabriela Clemente ficou surpresa com o local: “Eu não imaginava visitar um país que já tivesse passado por uma guerra tão recente. Achei muito bonito o local, ver de perto canhões e até aviões utilizados durante a guerra”, disse a atleta.Além de vários equipamentos de guerra em exposição o que chama muito a atenção dos turistas que visitam o local é a vista que a antiga Fortaleza tem sendo de um lado parte da península e do outro os prédios de um país a se reerguer. As delegações visitaram também o Memorial “Dr.Agostinho Neto” que foi o primeiro Presidente da República do país e responsável pela descolonização de Angola de Portugal no ano de 1974. O museu conta com um espaço que mostra a história de Angola antes e pós independência. Também ali estão os restos mortais do herói nacional, Agostinho Neto, além de um galeria de exposição de artigos usados pelo Presidente além de bibliotecas, videoteca e centro de documentação. A equipe de judô que encerrou suas participações no primeiro dia do campeonato teve a oportunidade de realizar um pequeno city tour pelo país. Para Jeferson Santos, alguns bairros de Luanda lembram muito Salvador: “Fizemos hoje um passeio pela Ilha de Luanda e caminhamos um pouco pelas ruas do bairro, fiquei impressionado como algumas casas se parecem com as de Salvador, principalmente as ruas. Achei muito legal ver as pessoas nas portas de casa, cantando e dançando, o povo daqui é muito alegre”, disse o atleta.No retorno a Vila Olímpica os atletas participaram ainda da cerimônia de premiação das modalidades de atletismo, natação em águas abertas e judô. O Brasil foi presença massiva no pódio com um total, até o momento de 34 medalhas, sendo 18 de ouro, 04 prata e 12 bronze.

Depois da cerimônia os atletas fizeram a festa com o DJ local que tocou músicas de todos os países, mas o que mais foi tocado foi o famoso kuduru. 

 Políticas Públicas brasileiras servem de exemplo para a CPLP

Ministro da Juventude e Desporto de Angola, falou das boas práticas desportivas do Brasil.

O Ministro da Juventude e Desporto de Angola, Gonçalves Manuel Muandumba, esteve ontem nas finais do vôlei de praia pelos IX Jogos da CPLP Angola 2014, que aconteceram na Ilha de Luanda. Gonçalves Manuel assistiu a disputa do terceiro lugar na modalidade entre Angola e Moçambique que infelizmente foi derrotada por 2 sets a 1. Ele também, juntamente ao Ministro da Comunicação, Juventude e Desporto de São Tomé e Príncipe, Danipson Cotú, do Chefe de Missão do Brasil, Marco Maia e do Presidente das Américas do ISF, Robson Aguiar fez a entrega das premiações aos atletas vencedores.O ministro Gonçalves Manuel Muandumba, em entrevista a impressa brasileira, falou da importância em sediar um evento desportivo da CPLP: “Em Angola nos temos um lema, o desporto como um fator de inclusão social, ou seja, o desporto esta na agenda do governo como prioridade. A realização destes jogos se enquadra neste lema, pois estamos num grande desafio de desenvolver e aperfeiçoar o desporto escolar, como o que acontece com esta competição que envolve os nossos estudantes. Esta é uma ótima oportunidade de colocar os nossos estudantes para competir com outros países, sobremaneira com o Brasil que tem uma boa estrutura desportiva, um bom nível competitivo e uma ótima oportunidade para os nossos jovens aprenderem não só com o Brasil, mas com outros países como Portugal, Moçambique, Timor-Leste, São Tomé e Principe, enfim, todos que aqui estão”, afirmou Muandumba.O Ministro falou também do exemplo de políticas públicas existentes no Brasil, como o programa Segundo Tempo que servem de base para o desenvolvimento de novos projetos de crescimento e inclusão social em Angola: “Há um convênio desportivo entre Angola e Brasil e, reconheço que nos não temos aproveitado bem em nível das Federações, dos Clubes esta oportunidade, mas vamos tentar incrementar cada vez mais e aproveitar esta parceria entre os dois países aproveitando as experiências e capacidade de organização e formação no desporto que o Brasil possui. Aqui em Angola nos temos um programa chamado Despontar, que é o desenvolvimento do desporto nas comunidades através da inclusão social pelo esporte como forma de combater a violência, a marginalidade, o crime e com ele possibilitar a geração de novos empregos a exemplo de programas muito bem sucedidos no Brasil, como o Segundo Tempo e o Pintando a Liberdade” disse o Ministro.Na noite de ontem, reuniram-se ainda, para uma entrevista na rádio local de Angola, os Chefes de Missão de Timor-Leste, Portugal, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e Brasil, além do Diretor Geral de Esportes de Angola. No formato de mesa redonda, o programa, comandado pelo locutor Mario Rosa que também é vice-presidente do Comitê Olímpico Angolano (COA), debateu os caminhos trilhados no esporte dos países pertencentes a CPLP e perspectivas para as próximas edições.O debate foi iniciado colocando-se em pauta a discussão sobre a nova Lei do Desporto Angolano que foi aprovada no país vetando a lei anterior que nunca foi colocada em prática. Para o Presidente do COA, uma das grandes preocupações com a nova Lei é que desta vez os novos direcionamentos no setor vigorem sempre dentro das respectivas regulamentações estabelecidas. Neste sentido, os gestores elogiaram bastante a forma de atuação do Brasil com políticas claras e objetivas tanto para o esporte de alto desempenho como o desporto escolar. A instituição de Federações ligadas ao esporte e desporto brasileiros foi amplamente reforçada como solução para a ampliação e melhor qualificação de atletas nas diversas modalidades.Marco Maia, Chefe da Delegação Brasileira nos Jogos, representado na ocasião a CBDE falou sobre os projetos de sucesso do Ministério dos Esportes como o Segundo Tempo e Programa Atleta na Escola: “No Brasil, como é de conhecimento, temos alguns programas de sucesso que visam a democratização do esporte à toda população, sobremaneira àquelas que vivem em áreas de vulnerabilidade. É o caso do Segundo Tempo, sempre citado aqui em Angola nas discussões sobre o desporto, que visa a prática de alguma atividade esportiva no contra-turno das aulas, ou seja, em horário diferente daquele que a criança ou adolescente estejam estudando. Temos também o Programa Atleta na Escola, que trabalha em duas principais vertentes: promover campeonatos escolares estaduais que sirvam de base para seletivas nacionais e a seleção de potenciais atletas que passarão a receber um bolsa de incentivo do Governo para aperfeiçoamento esportivo”, explicou o representante brasileiro.

O desempenho do Brasil, durante os IX Jogos da CPLP tem servido de exemplo também a outros países de língua portuguesa que não possuem federações ou instituições que trabalham exclusivamente com o esporte escolar e, participam dos jogos com as seleções oficiais de seus países e, mesmo assim, em algumas modalidades não tem alcançado os resultados do Brasil, como no Judô, Tênis de Mesa e Natação em Águas Abertas.

 

Brasil lidera quadro de medalhas e soma mais vitórias.

No quarto dia de competições, as equipes brasileiras mostraram que não estão para brincadeira.

E no penúltimo dia de competições, as equipes brasileiras conquistam mais medalhas totalizando 47, em sua participação no IX Jogos da CPLP Angola 2014. Ontem foi o dia do tênis de mesa. A equipe comandada pelo técnico Walter Rocha e pelo Delegado Aurélio dos Santos, ambos da comissão técnica da CBDE, conquistou medalhas em todas as provas.Os atletas Pedro Rodrigues (Santos), Victor Santos (São Paulo), Sofia Calderano (Santos) e Dani Hikari (Londrina) obtiveram medalhas em todas as modalidades que participaram. No masculino foram 04 medalhas de ouro, 01 de prata e 01 bronze. No feminino, 02 ouros, 02 pratas e 01 bronze. Destaque para o atleta Pedro Rodrigues que foi eleito o “Jogador Fair play” da competição.No Tênis Clube de Luanda, as equipes de Brasil, Portugal e Angola disputavam as finais e semifinais do campeonato. Em disputas acirradas, a equipe feminina encerrou sua participação na competição conquistando o segundo lugar no pódio. O mesmo aconteceu com o masculino, ambos tendo como os primeiro lugares, a equipe de Portugal. A equipe do tênis brasileiro tinha a frente o técnico David Carmona e o suporte do Delegado Mauro Cabral.No handebol feminino, vitória brasileira sobre Moçambique por um placar de 36 x 11. Hoje as brasileiras enfrentam, em uma partida que vale vaga para final, a forte equipe de Angola.No quadro geral de medalhas dos IX Jogos da CPLP Angola 2014, temos a seguinte colocação:

1º Lugar - Brasil – 47 medalhas

2º Lugar – Portugal – 41 medalhas

3º Lugar – Angola – 30 medalhas

4º Lugar – Moçambique – 17 medalhas

5º Lugar – Cabo Verde – 07 medalhas

6º Lugar – São Tomé e Príncipe – 03 medalhas

7º Lugar – Timor Leste – nenhuma medalha 

Leia mais... |
CBDE : FISEC/FICEP
 

 

O Brasil participou dos Jogos Mundiais das Escolas Católicas, em Viena - Austria de 09 a 14 de julho, que foram realizados pela FISEC/FICEP. Tivemos no futsal masculino a final com as duas equipes do Brasil do qual garantiram as medalhas de ouro e prata. Na final o Colégio Nossa Senhora das Graças do DF, venceu por 3x2 ao Colégio HBE da Paraíba e obteve também o trofeu Fair Play. No vôlei feminino o Colégio Nossa Senhora das Graças do DF venceu por 3x2 a equipe da Bélgica. No vôlei Masculino, o CEL do RJ, venceu por 3x0 a Austria que eram os donos da festa. No atletismo, tivemos o atleta Rodrigo Valério (Vila Tupi- SP) obtendo o ouro nos 800m, nos 1.500m e nos 3.000m. O Atleta Rafael Fernandes Barbosa (E.E. Oswaldo Aranha-SP) obteve o ouro no lançamento de dardo. O atleta Dérick de Douza Silva (CIEP Rubens Paiva - RJ) obteve o ouro nos 100m e 200m. O atleta Rafael Henrique Campos Pereira (Colégio COTEMIG- SP) obteve o bronze nos 400m e 110m com barreiras. O Atleta Clverson Pereira Oliveira (E.E. Prof. José Brancaglione-SP) obteve a prata no arremesso de peso e bronze no lançamento de dardo. O Brasil ainda ganhou o ouro no revezamento 4x100m. As meninas do atletismo fizeram bonito também, pois a atleta Alessandra Silva Candido (E.E. Messias Pedreira - SP) obteve o ouro nos 800m e o bronze nos 400m. A atleta Alexandra Maria Pimenta (E.E. Virgílio Perilo - MG) obteve ouro no lançamento de dardo e prata no arremesso de peso. A Atleta Jessica Sena da Silva (E.E. Mahatma Gandhi - RJ) obteve prata no salto em distância e no salto triplo. A atleta Daysiellen Atla Dias (E.E. Walter Magrelli - SP) obteve o ouro nos 100m, 200m e a prata nos 400m. No tênis, obteve prata nas duplas com os atletas Lucca Mannarelli e Lucas Angelotti (Colégio Objetivo de São Caetano do Sul) e o atleta Eduardo Marino (Colégio Objetivo de São Caetano do Sul) obteve o ouro nas simples.

MATERIA

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2014/07/16/interna_cidadesdf,437599/brasilienses-vencem-jogos-mundiais-das-escolas-catolicas-na-austria.shtml#.U8aEDVhojUs.facebook 

Seguem os boletins diários abaixo.

Bulletin english_Thursday.pdf

Bulletin_Wednesday_englisch.pdf   

Bulletin englisch_Friday.pdf 

Bulletin englisch_Saturday.pdf   

Segue o lInk da pagina ofical do evento abaixo:

http://ficepfisecsummergames2014.sportunion.at/start.php?contentID=110028

Leia mais... |
CBDE : CAMPEONATO MUNDIAL ESCOLAR DE HANDEBOL
 

O Brasil foi representando no Mundial Escolar de Handebol, realizado em Trabzon - Turquia pelo CAIC do Piauí no masculino e pelo Colégio Anglo Líder no femininino. As meninas ficaram com a sexta colocação e os meninos conseguiram o inedito segundo lugar da modalidade para o Brasil.

 

RESULTADO FINAL.doc 

Leia mais... |
CBDE : CAMPEONATO MUNDIAL ESCOLAR DE FUTSAL
 

O Brasil no masculino, se sagrou campeão do mundial de futsal, ao vencer a forte equipe do Irã por 9x8. O Colégio Amorim de São Paulo foi quem representou o nosso país. Já as meninas, conseguiram a terceira colocação, ao vencer a França por 4x0 e o Colégio Madre Celeste do Pará foi quem representou o nosso país.

Acompanhem tudo o que acontece no mundial na pagina: www.isfcagliari.it

 

Vejam as fotos:  http://www.edoardomarzi.com/site/isf-futsal-2014-world-championship 

 

  

Leia mais... |
CBDE : I CAMPEONATO BRASILEIRO ESCOLAR DE BASQUETE 3X3
 

 

Senhores Presidentes; dirigentes; técnico; professores e atletas, seguem os informativos do I Campeonato Brasileiro Escolar de Basquete 3x3. O evento será realizado em Lindoia - São Paulo de 24 a 27 de abril. 

Nota Oficial Brasileiro Basquete 3x3.pdf 

Ficha de inscrição basquete 3x3.doc 

Termo atleta.doc

Termo técnico e ou dirigente.doc

 

 

 

Leia mais... |
CBDE : I CAMPEONATO BRASILEIRO ESCOLAR DE BADMINTON
 

Senhores Presidentes; dirigentes; técnico; professores e atletas, seguem os informativos do I Campeonato Brasileiro Escolar de Badminton. O evento será realizado em Lindoia - São Paulo de 7 a 10 de abril. 

 

INFORME BADMINTON.pdf

 

Nota Oficial Brasileiro Badminton site.pdf

Regulamento badminton.pdf

Ficha de inscrição equipe badminton.pdf

Termo atleta.pdf 

Termo técnico e ou dirigente.pdf 

 

 

 

Leia mais... |
CBDE : IV CAMPEONATO BRASILEIRO ESCOLAR DE HANDEBOL
 

O IV Campeonato Brasileiro Escolar de Handebol foi realizado em Guarapari. Estiveram participando 271 pessoas incritas de 18 escolas, representando 10 estados (DF, ES, MA, MG, PE, PI, PR, RJ, RN e SP). 

Tivemos as finais e as disputas pela terceira colocação com um bom público. Na disputa caseira pelo terceiro lugar no feminino, o Colégio Job Pimentel-ES venceu a disputa pelo placar de 24 x 19 o Colégio de Santa Adame-ES. Na grande final feminina o Colégio Anglo Líder de Pernambuco venceu por 17 x 14 o Conego Joaquim Monteiro-MG. No masculino na disputa de terceiro lugar, o Instituto Educacional o Mestre - RN venceu por 16 a 13 o C.E Antonio da Silva - RJ. Na final masculina, o  CAIC - PI venceu por 17 a 14 o Colégio Castro Alves do Espírito Santo.

As equipes campeãs obtiveram a classificação para disputar o mundial de handebol em Trabzon - Turquia no período de 20 a 28 de junho.

A CBDE parabeniza a todos os atletas, dirigentes, técnicos, árbitros, em especial a FECADE no nome do Presidente Lidimar e toda a sua equipe pela excelente competição. Mostraram competência e perfeição nos mínimos detalhes. 

BOLETIM 5 HANDEBOL.pdf  

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.588670254560170.1073741844.428305737263290&type=1

 

 

 

 

Leia mais... |
CBDE : MUNDIAL ESCOLAR DE VOLEIBOL
 

GRUPOS DO MUNDIAL ESCOLAR DE VOLEIBOL, QUE SERÁ REALIZADO EM ESPINHO - PORTUGAL NO PERÍODO DE 09 À 17 DE ABRIL, JÁ TEM O SEUS GRUPOS DEFINIDOS.

 

Leia mais... |
CBDE : 1ª COPA BRASIL ESCOLAR DE FUTEBOL FEMININO
 

Presidente Hora Filho com a ex-jogadora Michael Jackson na abertuta da 1ª Copa Brasil Escolar de Futebol Feminino.

 

SUCESSO NA 1ª COPA BRASIL ESCOLAR DE FUTEBOL FEMININO. 

A 1ª Copa Brasil Escolar de Futebol Feminino que foi realizada em Sergipe - Aracaju no período de 9 à 14 de dezembro, foi avaliada como positiva. A competição contou com 12 estados participantes do qual tivemos um total de 240 atletas. A equipe do Rio de Janeiro, representada pela equipe do Colégio Vasco da Gama se sagrou campeã ao vencer na final a equipe de Pernambuco representada pela equipe do Colégio Estadual de Paulista somente nos penaties depois de empatarem no tempo normal por 0 (4) x 0 (2).  Na decisão de terceiro lugar, a equipe de Minas Gerais representada pelo Colégio Batista Mineiro venceu por 1 x 0 a equipe do Pará que foi representada pelo Colégio Educacional Madre Celeste e que foi o representante do Brasil no último mundial da categoria em 2013 em Bordeaux - França. Tivemos como artilheira da competição a atleta Karla Beatriz do Colégio Estadual de Paulista com 5 gols e como goleira menos vazada a atleta Maria Gabriela Batista também do Colégio Estadual de Paulista. A competição teve a participação efetiva na organização da ex-atleta da seleção brasileira Michael Jackson e assistindo a todos os jogos, da técnica da seleção brasileira feminina.

http://youtu.be/eFN2VfgJ3BU

http://youtu.be/kxIgFYT2qnU 

http://www.youtube.com/watch?v=qxcZPr5l_GA 

 

Boletim 01 - Copa Brasil Escolar de Futebol Feminino 2013.pdf   

Boletim 02 - Copa Brasil Escolar de Futebol Feminino.pdf   

Boletim 03 - Copa Brasil Escolar de Futebol Feminino.pdf 

Boletim 04 - Copa Brasil Escolar de Futebol Feminino.pdf   

Boletim 05 - Copa Brasil Escolar de Futebol Feminino.pdf    

Boletim 06 - Copa Brasil Escolar de Futebol Feminino.pdf   

Leia mais... |
CBDE : Jogos Sul-Americanos Escolares Mar del Planta (Argentina)
(1) 2 3 4 ... 9 »
 Pesquisa

Pesquisa avançada

 CBDE Redes Sociais


 E-MAIL CBDE
CBDE
cbde@cbde.org.br
Presidencia
sergio@cbde.org.br
Vice Presidencia
horafilho@cbde.org.br
Secretaria
robson@cbde.org.br
Tesouraria
jeandummar@cbde.org.br
Diretoria Tecnica
rafael@cbde.org.br
Suporte Informática
suporte@cbde.org.br

 Clima Capitais

 Nos Apoiamos essa Idéia






  

CBDE Endereço: SCS Quadra 02 Bloco C Ed. São Paulo Sala 108 - Asa Sul - Brasília/DF Cep: 70300-000 Tel (61) 3967-7176 Copyright © 2008